Translate

quinta-feira, 24 de janeiro de 2019

Mais um guerreiro fora de órbita! Parabéns SRIF365!


Hoje a blogosfera amanheceu com mais um soldado fora da batalha pelo dinheiro e pela sobrevivência básica, o SRIF365.

Melhor do que conversar muita besteira e querer vender PDF como muitos fazem por aí, é dar o exemplo. Apesar de ser novo na blogosfera, o SrIF chegou aqui nos 40´´ do segundo tempo e mostrou serviço. Sem segredos, atalhos, ativos doidos, apostas malucas e aporrinhação financeira. Erros? Cometeu alguns claro, assim como todo mundo, comprou carro zero e vendeu a preço de banana e ainda levou uma machadada num divórcio antigo. Acertos, sim, programação, paciência, disciplina, foco nos aportes, controlar o consumo e focar na meta.

Eu fico muito feliz em saber que mais alguém atingir essa marca, nunca mais vai precisar se preocupar em ganhar dinheiro, e por isso que estou aqui, para mostrar a minha luta e acompanhar a de vocês, eu leio todos os blogs que estão no meu blogroll (e é pra isso que eles estão ali).

Alguns blogueiros já conseguiram essa façanha:

Rover (projeto freelifestyle), Soul Surfer (pensamentos financeiros), Corey (blog do Corey), Viver de Renda (viver de renda.blogspot.com), André (Viagem Lenta), Executivo Investidor, Heavy Metal e agora o SRIF365.

O Rover foi viver nos EUA e continua empreendendo e fazendo mais dinheiro (embora isso não seja mais obrigação pra ele), o Soul continua no Brasil e agora tem uma filha, o Corey se mandou pra Portugal, Viver de Renda continua resistindo no Brasil, assim como André e Heavy Metal, vai entender. O Executivo Investidor já tem dinheiro pra estar na IF mas preferiu empreender no Canadá e está se dando muito bem por lá, e agora o SR IF vai viajar pelo mundo até parar em algum canto, Bali ou Portugal segundo ele.

Muito bem meus amigos, parabéns para todos vocês e continuem sendo inspiração para milhares que passam por aqui e obrigado por compartilharem aqui suas histórias (tá parecendo reunião do AA mas tudo bem). É bom ter exemplos reais para se inspirar.

A gente sabe que pro SrIF não foi fácil, pois teve que ir morar no Oriente Médio, pilotar em altas madrugadas e ferrar com a própria saúde física e mental pra aguentar o tranco da profissão de piloto de avião (muita, muita responsabilidade com vidas humanas), vivendo longe da família e tendo que se virar num país tão diferente do Brasil. É o que eu digo, certas coisas exigem sacrifício e não se pode chegar num lugar tão longe se fizer a mesma coisa que todo mundo. Agora é colocar a cabeça em dia, fazer exercícios, comer e dormir melhor, o resto se ajeita.

Eu também trabalho muitas horas, inclusive de madrugada e estou bem longe da minha terra natal, apesar de estar no Brasil é longe mesmo assim, pois o Brasil é um país continental, e inclusive a cultura interna muda bastante dependendo da região (eu já morei nas 5).

A preocupação da pós IF é acompanhar a carteira, escolher hotel, avião, restaurante pra almoçar e jantar e qual praia ficar nesse ou naquele mês.

Por falar nisso achei um site legal e bem simples pra vocês brincarem com simulação de investimentos: http://www.subterfugios.net/traq/calculador-de-rendimentos/

Amigo SrIF365, como pra mim é impossível comentar no seu blog fica aqui os meus sinceros parabéns pela missão cumprida e lhe desejo tudo de bom nessa nova fase da sua vida.

Agora é acompanhar o desenrolar da IF e de como será a nova vida nesse estágio fantástico.

Grande abraço!
Frugal.

Dívida Bruta = 296k

sábado, 19 de janeiro de 2019

Minha breve história no mundo dos investimentos


Nesse post vou explicar um pouco sobre os meus seis anos completos de investimentos.

Sempre tem gente nova chegando aqui no blog e muita gente me pergunta coisas de meu passado recente por ainda não terem lido meus posts antigos. Vou colocar também proventos, livros e o caminho que segui.

Eu trabalho basicamente desde os 16/17 anos e sempre fiz bicos durante a época da faculdade, mas era coisa de sobreviver e muito mal, então não dá pra contar. Comecei ganhar melhor apenas em 2009 após formado por um breve período de tempo, após concluir minha pós graduação e me mudar de cidade foi que comecei a trabalhar full time e começar a ter dinheiro sobrando (antes era só aluguel, supermercado e gasolina do popular 1.0 pelado (12k) que eu tinha na época).

No segundo semestre de 2013 comecei a investir na nossa bolsa de valores. A primeira ação que comprei foi Banco do Brasil analisando basicamente PL e dividendos (nível sardinha 1000). Naquela época eu li todos os livros do Bastter, vi muitos vídeos dele no canal do youtube e também li os clássicos O investidor Inteligente e os livros do Peter Lynch (todos os quatro).

Com essa base me senti bem preparado para estar no mercado e seguia lendo o forum e os balanços de minhas empresas. Foi uma época de muito aprendizado. Também comprei e paguei meu ap (290k) na época até o segundo semestre de 2014. A questão não é que eu ganhava muito, eu trabalhava muito, minha carga horária era tranquilamente 100h por semana. Eu já tinha um hondinha sedã que comprei em 2012 e estou com ele até hoje, firme e forte, ele custou 43k e foi pago sem financiamento e sem juros em 4 parcelas iguais para o dono diretamente.

Em 2014 segui lendo, estudando e trabalhando muito, aportando forte na bovespa, melhorando meu inglês e economizando. Cheguei a colocar 300k na bolsa esse ano. Em 2015, mesmo com a Dilma derretendo, junto com a economia do Brasil, continuei forte na bolsa e aportei o ano todo, meu patrimonio caiu 15% e eu estava tranquilo no BH (veja posts da época).

Em 2016, já bem mais maduro e com colchão de segurança maior, sem contas de carro, ap ou nada, continuei trabalhando forte, estudando e investindo, foi um repeteco de 2015, mas bem mais tranquilo. Foi um excelente ano na bolsa, muitos dividendos, ações alugadas e etc. Nesse ano comecei a operar no exterior e pesquisei muito ETFs, mercados mundiais, hedge funds, bancos, corretoras e etc. Optei pela dupla BB Americas + Interactive Brokers, investindo U$ 12k pra abrir essas duas contas. E assim segui aportando lá e aqui. Comecei a comprar fundos imobiliários e cheguei a ter quase 150k R$ nesses fundos. Os resultados foram bons,

No final do primeiro semestre de 2017, desinvesti 90% do que tinha na bolsa e comprei um imóvel, reformei e abri uma franquia. Ficou muito resto a pagar e entrei no financiamento. Foi um passo grande, muito arriscado, e que ainda estou pagando, mas que está começando a dar um lucro aceitável e eu espero que não tenha me estrepado nessa mudança tão brusca na minha vida financeira e de investidor.

Minha carteira nunca foi focada em dividendos, foi focada em crescimento, que não veio até a hora que saí. A bolsa andou quase de lado de 2013-2017 e fiquei um pouco frustrado com tanto dinheiro aplicado e muito pouco retorno de proventos ou valorização da carteira, isso me fez pensar em abrir meu negócio e tentar rentabilizar melhor o meu dinheiro adquirido tão trabalhosamente.

Veja o meu histórico de proventos nesse período, os gráfico são ganhos apenas da bovespa:















No investimentos, eu não acho que errei tanto, adquiri experiência. Anualizando em números, esses foram os retornos em proventos.

2014 - R$9.638,00
2015 - R$14.272,00
2016 - R$24.879,00
2017 - R$40.958,00
2018 - R$5.739 (bovespa) + R$84.000 (loja da franquia)
>>> Aqui o somatório de tudo que recebi em proventos do segundo semestre 2013 até Julho/2017 foi R$95.555,00 reais (apenas bovespa, ações e fiis).

Total de proventos e dividendos em cinco anos =  R$ 179.448,00

2019 - R$300.000,00 (expectativa otimista pelas minhas simulações), mas pode ficar entre 200 e 300 mil.

Pelas linhas acima vemos o frutos dos juros compostos, do trabalho, do estudo e da poupança.
O que eu ganhei de lucro na bolsa, pagou as minhas contas durante uns 3 anos. Então não posso reclamar da bolsa e nem dizer que é ruim. Quase tudo que ganhei de receita na minha vida está incorporado ao meu patrimônio financeiro, eu diria que mais que 95% do que ganhei está investido, por isso que consegui sair de R$9600 reais de proventos em 2014 para quase R$200-R$300 mil em 2019 assim espero, juros compostos + aporte, apenas isso amigos.

Você pode argumentar que o investimento na loja não é no mercado financeiro e sim uma empresa direta, isso é uma meia verdade, dinheiro é dinheiro e estou olhando apenas o financeiro aqui. Além do mais, depois de um ano de implantação e equipes treinadas, o negócio fica semi-remoto ou até remoto mesmo (caso eu precisasse me mudar de cidade pouca coisa iria mudar).

O meu patrimônio no mercado cresceu do zero até R$1,5 milhão, reinvestindo todos os proventos, em 60 meses. O que dá um aporte médio de R$25.000,00 mensais, e era isso mesmo, talvez até um pouco mais. O fato é que temos que viver. Gasto muito com passagem de avião para poder viajar de vez em quando, e se eu viajo, não trabalho e não ganho, então 15 dias viajando significa 15 dias de receita ZERO. Pra piorar vivo numa capital muito cara, no norte do Brasil, onde não se tem muita qualidade de vida comparando com o nordeste.

Me sinto muito feliz com minha estrada. Todos os livros indicados aqui no blog eu li. Eu li até mais. Mais de 50 eu acho, entre biografias, livros-texto, incontáveis horas de blogs americanos e brasileiros, (alô blogosfera!), fórum do Bastter, youtube e por aí vai.

Essa foi uma pequena biografia financeira dessa breve estrada.
Ainda tenho R$259.000,00 investidos no mercado financeiro somando Brasil + EUA.

A dívida bruta encontra-se em R$299 mil (até que enfim venci a barreira dos 300k), sendo que dessa dívida já faturei metade e estou aguardando receber o dinheiro.

Essa semana atualizei minha carteira de fiis e ações no BR. Em Maio ou Junho volto com meu primeiro aporte na bovespa após quase dois anos apenas de retiradas. Foi bom ter passado esse tempo fora da bolsa e aprender como é o mundo cão que vivemos e como é dificil vender, legalizar e trabalhar com gente, agora eu conheço os dois lados da moeda, sem contar a minha profissão que é matar um leão por dia, dirigir bastante e passar muito perrengue.

Uma outra expectativa minha é aportar mais de R$50k a partir de Julho/2019, se tudo der certo, ou seja o dobro da minha média histórica. Agora bem mais experiente e menos ansioso vou fazer aportes maiores e escolher ativos melhores. Isso veremos neste blog, no segundo semestre deste ano, se a Providência assim nos permitir.

Grande abraço amigos,
Frugal.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2019

Morre John Bogle - Um colosso do mundo das Finanças


Hoje a musa Lana Del Rey tirou uma folga porque o post é sobre o John Bogle, ou também conhecido como Jack Bogle, magnata do mercado global de fundos de índices passivos e fundador da empresa Vanguard, titã do mercado americano e global de ETFs.

O que esse cara fez pra ser homenageado? Ele é importante?

Bem, o Jack também era um filantropo (antes de tudo) e vamos seguir em frente sem ele.

O legado de Jack foi ter criado a Vanguard e o conceito de investir em fundo de índice PASSIVO, em 1975 foi colocado o SP500 fundo mútuo no mercado pela Vanguard, Após vários estudos e pesquisas próprias, enfrentando poderosos, políticos, bancos, corretoras, casas de apostas e os #$%@#% o corajoso Jack abriu a Vanguard e colocou o ETF do SP500 pra vender lá.

John sempre defendeu a ÉTICA nos investimentos e no mercado financeiro. Ele falava que muitos dos gestores de fundos só queriam mesmo taxas e mais taxas e estavam se lixando para a vida das pessoas, por isso a necessidade de proteger o cidadão comum, via um instrumento seguro e barato para investir, o ETF de índice passivo.

Ora, um instrumento barato, eficiente, acessível, diversificado, gerador de valor, riqueza, diversificação, com tributação vantajosa para o povo e de compra e administração simples, é ou não é uma coisa incrível?



O ETF do SP500 hoje em dia parece uma coisa qualquer, mas na época do Bogle foi uma REVOLUÇÃO! OS tubarões e picaretas dos Fundos de Hedge até hoje tem calafrios quando escutam falar no John Bogle, ele é mais odiado do que tudo no mundo, pois abriu o difícil e complicado mundo da bolsa de valores para o cidadão comum entrar, pagar pouco e lucrar, poder ficar tranquilo, APROVEITAR SUA VIDA PARA TER TEMPO COM FAMÍLIA, LAZER, DESCANSO, ESTUDO, TRABALHO, LEITURA E VIAGENS ao invés de ficar estudando ações, se preocupando com empresas, acompanhando notícias e pagando taxas caras pra qualquer charlatão usar mal o seu dinheiro.

Fora a Vanguard e os ETFs de índices passivos, os quais se mostraram superiores a 95% dos fundos de Hedge do mercado americano (fundo de hedge no Brasil é conhecido como Multimercado), Bogle escreveu vários livros, muitos dos quais me influenciaram bastante. Aliás, você já leu algum livro de Bogle? Se ainda não leu eu indico fortemente. Esse livro abaixo eu li do início ao fim e é muito bom.




"The bogleheads" é simplesmente um forum gigantesco na internet dos seguidores do pensamento de Bogle. Lá eu aprendi a investir em ETFs sediados na Irlanda e falo com um modesto prazer que eu fui um dos primeiros blogueiros do Brasil a trazer esse conceito aqui pra blogosfera, ainda no ano de 2015 conforme meus posts.

John Bogle criou uma indústria, simplesmente, a maior do planeta, a indústria dos ETFs e de fundos passivos. Merece muito bem estar no mesmo panteão que John D. Rockfeller, Andrie Carnegie, J.P. Morgan, Henry Ford e tantos outros magnatas que mudaram a história mundial devido aos seus feitos gigantescos e heróicos, frutos de muito trabalho, persistência, sangue, suor, dedicação e lágrimas.

E não se engane, um fundo passivo como o IVVB11, o PIBB11 ou o SWDA podem fazer por você muito mais do que milhões de horas inúteis desperdiçadas estudando investimentos.

Quer viver feliz e tranquilo com sua vida financeira no Brasil?
IVVB11, PIBB11, TD IPCA pricipal pro mais longe que puder e reserva de emergência. Quer algo mais simples do que isso? TRÊS ATIVOS e uma carteira quase que eterna. Se colocasse um ETF de Fundos Imobiliários estaria muito tranquilo aí com quatro ativos somente.

Quer resolver sua vida financeira a nível global? SWDA.
Isso mesmo. Só isso, um único ativo. Idéia de quem? Sim, do John Bogle.

Outra alternativa é SWDA, + um ETF de bonds globais + um ETF de REITS e se quiser enfeitar e colocar uns comodities pra diminuir a volatilidade do portfolio, adicione um ETF de petroleo e outro de ouro, pronto, eis a carteira eterna.

A definição de Jack para ETFs de fundos passivos é simples e sofisticada ao máximo:

SIGA O MERCADO. DIVERSIFIQUE, MANTENHA TUDO SIMPLES, SIGA O SEU PLANO E CONTROLE SEUS CUSTOS (custos do investimento), leia-se taxa de administração cobrada por quem gerencia seus fundos.

E isso a Vanguard faz com louvor, afinal de contas você compra um VTI com taxa anual de 0,1%. É muito pouca taxa pra um produto de tanto valor.

A genialidade de Bogle consiste em simplificar os investimentos, liberar TEMPO LIVRE pra você (afinal vida é tempo, sua vida é medida em anos), cobrar pouco pra administrar os ETFs e democratizar o mercado de ações para um nível global. Mais uma vez, a simplicidade aqui foi o último grau de sofisticação que se poderia alcançar.

O intuito desse post é acordar você para ler os livros do Bogle, visitar o fórum do Bogleheads e poder conhecer um pouco mais sobre ele. Existem centenas de matérias, entrevistas e vídeos dele na internet. Conheça-o um pouco e você vai se surpreender. O velhinho era uma boa pessoa e passa uma tranquilidade enorme, bem ao estilo do Buffet.

*Hoje a Vanguard é a maior administradora de valores mobiliários do mundo e tem sob sua tutela mais de quatro trilhões de dólares em ativos sob gestão.

Grande abraço amigos,
Frugal.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2019

Planilhas para investimento no Google Sheets - Excelente novidade!


Olá amigos, muitas novidades por aqui, vamos lá!

Pelo fato de ser um idiota que nunca soube mexer no excel, talvez eu não tenha tido uma visão muito clara dos meus investimentos, quem sabe se eu tivesse não teria nunca saído da bolsa e estaria voando em céu de brigadeiro. Me dei muito mal de ter me desfeito de 90% da minha carteira, pois além de quase 50k que paguei no imposto de renda, tudo subiu como um foguete (eu saí com o ibovespa a 76k mais ou menos, mas também cheguei a comprar em 36k, eu sou holder pra caramba).

Eu controlava muito bem o meu portfólio dentro do Google Portfólio, dentro do Google Finance, juntamente com o Bastter System e só. Depois que que o portfolio do Google foi desativado, o Finance ficou uma bela porcaria (obrigado Google, SQN) e me perdi mais um pouco.

Por falta de tempo ou de atenção eu comecei a me perder no Bastter System, sem cadastrar direito as notas e as vendas, os desdobramentos na época não eram automáticos e por aí vai, a coisa ficou solta e fiquei boiando em algumas ações. Pra resolver isso só tem um jeito, zerar tudo e depois RECADASTRAR TUDO, vendo nota por nota de corretagem (felizmente na RICO tem como ver isso) e também pelos meus IR declarados. Ia dar um trabalho doido. Eu fiz umas manobras meia boca no Bastter System e acabei ajeitando tudo, com o auxílio da minha posição atual no CEI do site da BOVESPA (sim, eu tive que mudar minha senha pra logar porque eu nunca sei mesmo e aquela senha sempre vai ser difícil).

Devido abrir a loja, eu tive que aprender a mexer no Google Planilhas porque eu que faço o meu financeiro, além de ser o marketeiro, office boy, comercial, motorista, encarregado de compras e almoxarife. Na verdade pra saber o básico do Excel eu sempre soube, apenas nunca havia me disposto e procrastinava.

Mas vamos lá - Esta noite eu sincronizei:

-O CEI da bovespa
-O Bastter System
-A Rico
-A Interactive Brokers
-DUAS NOVAS PLANILHAS NO GOOGLE SHEETS (bastam apenas essas e mais nada)

A última linha é que é a novidade boa.

O blogueiro Investidor Inglês seguiu a dica e fez um post. Baixei a Planilha do Além da Poupança blogueiro (sistema de cotas) que eu sempre quis ter e fazer, coloquei ela no Google Sheets e editei até ficar preenchida com meus dados. Por causa de um comentário no blog do Inglês, fui ao blog do Surfista Calhorda e peguei uma planilha que ele indicou:

https://sites.google.com/view/dlombelloplanilhas

Esse cara chama Douglas e fez umas planilhas muito boas e ainda colocou vídeo no youtube explicando todas as abas e como editar, e CARAMBA! Que fantástico! Agora eu tenho a planilha do adp para cotizar os meus investimentos e a do Douglas que é excelente! Agora já estou me sentindo melhor com o acompanhamento dos meus investimentos e mais tranquilo, além de poder colocar muitos dados de qualidade aqui no blog futuramente.

Agora vem a surpresa boa: Eu tenho mais dinheiro do que imaginava! Isso mesmo!
O fato é que teve alguém que me alugou mais de 3000 ações da Eztec quando elas estavam em 16 reais. O cara ainda não devolveu e ela está em 24 reais, ou seja, R$24.000,00 reais a mais. Eu achava que as tinha vendido pois a posição diminuiu mas na verdade elas estavam alugadas. Excelente! É como achar uma nota de 100 reais no bolso da calça.

A situação no geral está melhor do que eu imaginava, e agora vou falar aqui um pouco mais sobre ela:

Ações Bovespa: R$98.834,00
Debêntures CEMIG: R$ 97.761,00
Interactive Brokers: R$63.352,00 (pelo valor do dólar de hoje)

Soma total dos ativos financeiros: R$259.947,00

Agora que aprendi e atualizei tudo, além de ver que não estava tão quebrado assim, basta esperar o tempo passar, pagar a dívida e voltar pro mercado.

Grande abraço,
Frugal.

Dívida total = R$329k

quinta-feira, 10 de janeiro de 2019

Metas para 2019.


Pessoal postando sobre metas para 2019 e resolvi postar também.
Vai ser legal voltar aqui ano que vem e reler o que quis e o que consegui.

Minhas metas para 2019:

-Ir na academia fazer musculação pelo menos 10x/mês.
-Perder 12k (um kilo por mês), atualmente estou com 78.
-Comer e dormir melhor.
-Ler mais livros e ebooks.
-Escutar mais podcasts em inglês.
-Escutar mais audiobooks.
-Melhorar o meu inglês.
-Casar e viajar na lua de mel pelo menos uns 20 dias (não haverá festa, nem jantar).
-Perder menos tempo em redes sociais.
-Não me envolver em discussões inúteis sobre política/políticos.
-Entrar 2020 com renda passiva de 25k/mês somando loja + ativos financeiros.
-Pagar o imóvel da loja até Julho/19.
-Investir pelo menos 500k da renda do meu trabalho no mercado financeiro.
-Lucrar 300k da loja em 2019.
-Fechar Dezembro/2019 com pelo menos 600k investidos no mercado financeiro.
-Fechar 2019 sem absolutamente nenhuma dívida.

E a de vocês? Bora postar pessoal!
Abraços!

Frugal.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Sobre o divórcio do Mr Money Mustache


E o que eram rumores e fofocas em diversos foruns confirmou-se, o Mr. Money Mustache se separou da esposa.

Eu leio o blog do Mr. Money Mustache, doravante MMM, desde 2013, pra mim ele é uma grande referência em muitos aspectos da vida, e decidi iniciar esse blog também por causa dele. Eu sempre o admirei como um cara muito foda (esse é o título do blog dele, aposentadoria financeira precoce sendo foda, em tradução livre), porque ele sempre tem uns jeitos e atalhos para ver e pensar o mundo que são quase sempre mais eficientes e legais do que a forma tradicional.

MMM é canadense mas mora nos EUA há mt tempo e me parece que a mulher dele é americana. Ele já passou dos 40 anos mas falava que se aposentou desde os 31 anos de idade, juntamente com ela. Tudo indica que eram colegas de trabalho na mesma área, se conheceram e casaram, viviam mais ou menos com os mesmos valores e objetivos.

A despeito de ser aposentado e ter um patrimonio alto, ele segue faturando U$400k com o blog e também com um CoWorking que abriu em sua casa, além de aluguéis de casas e investimentos no mercado financeiro. Não consegui achar o seu patrimônio total.

Ele fez esse post e explicou: https://www.mrmoneymustache.com/2018/12/31/divorce/

Quem quiser ir ver confira.

Acho que ele fugiu bastante da pergunta que todo mundo está se fazendo: O seu estilo de vida, de gastar pouco, de acumular, de ser como você é em relação ao dinheiro teve um papel chave no seu divórcio? Além do mais eles tinham um filho pequeno (acho que uma criança entre 6-9 anos hoje) e que ainda demanda pelo menos uns 10 anos de criação até entrar na faculdade.

Pra não falar muito em dinheiro, ele gastou 265 dolares, assim como ela para assinar o divórcio e pronto, sem advogados, deixou a casa deles e o carro, um Nissan Leaf com ela, comprou uma casa barata perto da casa dele, onde ele está morando sozinho e alugando ela pelo airbnb para outras pessoas. Relatou ainda que eles dois já estão em outros relacionamentos.

No fórum do site dele aparentemente ninguém perguntou a pergunta que fiz aqui ou então ele não aprovou (ele aprova todos os coments) e não quer responder à essa questão tão central a meu ver, coisa que poderia ferrar bastante o branding dele, afinal de contas não é todo mundo que está disposto a se separar e talvez quebrar no caso de ficar acumulando patrimônio visando a IF.

Se faltou equilíbrio da parte dele e ele não quis falar acho uma tremenda sacanagem. Mulher por si só é um bicho que gosta de gastar dinheiro (principalmente o do marido) e na fase de acumulação talvez ela tenha aceitado isso, mas hoje em dia, com ele cada vez mais rico e entrando dinheiro extra mais do que suficiente para luxar bastante e ele não quis? Fica essa a dúvida, pois além de já ser um aposentado o cara ganhava mais de U$400k anuais líquidos, livres e limpinhos e ainda continuava vivendo da mesma forma que há 10 anos atrás. Fazendo um aparte aqui que um casal da classe média dos EUA consegue ganhar juntos uns U$90k dolares anuais tranquilamente e viver MUITO bem luxando pra caramba, morando num bairro bom, de uma cidade boa e com uma qualidade de vida nas alturas.

Eu torço mesmo para que não tenha sido essa a causa do fim da relação, mas se for, é um impacto muito grande em toda a comunidade e temos que repensar sobre isso, pois ELE tinha calibre pra se separar e continuar rico e aposentado, mas nós meros mortais se perdemos a casa e o carro pra companheira e ainda alguns ativos, estaremos literalmente lascados e tendo que recomeçar do zero.

Particularmente, alguns daqui sabem que eu não sou casado, mas estou noivo e provavelmente vou casar em 2019 ou 2020, e somente em separação de bens, mas ela já está muito bem avisada dos meus objetivos de vida e vai ter que ser forte até lá.

De qualquer forma aconselho vocês a educarem suas esposas/noivas sobre os seus objetivos financeiros e se possível colocar elas pra dentro desse objetivo, dando livros pra elas lerem, indicando vídeos, ou os blogs (inclusive o do MMM) para que elas sejam parceiras nesse sentido e entendam tudo que vocês estão fazendo, senão a coisa não vai dar certo.

O que vocês estão achando dessa situação?

Abraços,
Frugal.

Relatório anual da loja


Olá amigos,

Espero que já tenham se reestabelecido do Ano Novo e que tenha corrido tudo bem.
Resolvi fazer um pequeno relatório sobre as atividades da loja desde o seu início pra clarear pra vocês.

Como escrevi lá atrás, o primeiro ano é muito difícil e o desafio é sobreviver e ter algum lucro, isso em se falando de uma franquia, em que você tem que aportar alto pra começar, se for uma franquia de marca boa no mercado.

Aqui vão os dados:

A operação começou em Outubro/2017.

Esse fechamento do post é para um período de 15 meses, de Out/17 até Dez/18.

O FCO foi negativo até Março/18 (total de 6 meses) ou seja foram seis meses de prejuízo até a loja "se pagar sozinha". De março/18 até setembro/18 os pequenos lucros só serviram para amortecer o saldo negativo consumido até então, que chegou a ficar negativo em R$68 mil.

Revertemos o FCT para o positivo apenas em Setembro: R$11.280,00 de saldo positivo total desde o início da operação

De Setembro/2018 até agora, temos um crescimento lento mas contínuo e também um crescimento forte das despesas. Não consegui descolar as receitas das despesas, e pra piorar tive que pagar o décimo terceiro da folha em novembro e dezembro, além do décimo terceiro do contador e do INSS. Eu não tinha provisionado esses valores pois não tinha como. Em paralelo trabalhei forte para diminuir a dívida do financiamento imobiliário, aportando todo o dinheiro que sobrava para mim somando o meu trabalho com a loja.

Saldo acumulado até Janeiro/2019 = + R$84.102,00 (15 meses)

Total de despesas: R$505.000,00 (15 meses)
total das receitas: R$589.298,00 (15 meses)

Média de despesas mensais = R$33.666,00
Média de receitas mensais = R$39.286,00

FCL mensal = R$5619,00 (isso aqui seria lucro médio mensal considerando os 15 primeiros meses de atividade).

Considerando esse lucro, o fato de eu não pagar aluguel, pagar juros do financiamento, ter colocado muito dinheiro no imóvel e na obra, a rentabilidade foi pífia, pra não dizer negativa ou nula. Na poupança eu estaria ganhando o dobro disso. O que faz o empreendedor continuar é esperar um dia fazer render bem mais, se posicionar, treinar mais, aumentar a equipe de vendas e esperar o melhor. Acho que a marca está se consolidando um pouco mais na cidade, vou gastar menos com marketing, rádio e Google, Facebook e Instagram e deixar a coisa acontecer naturalmente. Minha esperança é fechar 2019 com pelo menos 25k mensal médio de lucro líquido.

Foi um ano muito difícil e conturbado, de muito trabalho e stress, principalmente no primeiro semestre. A sensação de que eu meti os pés pelas mãos foi enorme, meu sono ficou horrível, eu nunca usei tanto a calculadora na minha vida, todos os boletos, contas, saldo do imóvel a pagar, medo de ficar tudo no prejuízo e eu ter que fechar, medo de perder o imóvel por falta de pagamento da prestação, tudo.

É muito comum eu ficar me culpando por ter saído da bolsa, de ter pagado quase 50k de IR de vendas das ações, de ficar comparando como eu estaria dentro da bolsa x comigo aqui fora, mas não tem jeito e não tem mais volta, e não tem como voltar. Pensem nisso antes de grandes decisões e giros de patrimônio em vossas vidas, dificilmente vai valer a pena, vai ser doloroso, estressante e você vai ficar no prejuízo muito provavelmente.

Eu nunca fiz retirada para mim ou me paguei prolabore. Todo o dinheiro que sobra é para pagar o imóvel. Passei o ano sem quase comprar nada para mim mesmo, exceto meias, cuecas e umas camisas básicas. Essa dívida me assolava mentalmente.

Espero ainda pagar o imóvel até Junho ou Julho e ter esse grande alívio na minha vida. O tempo vai passando e a contas e cifras vão ficando cada vez maiores e assustam cada vez mais. Se eu conseguir aportar pelo menos uns 300k líquidos resultante da operação em 2019 já ficarei muito mais feliz e tranquilo, além disso tem o dinheiro da minha profissão que também será aportado, então espero fechar dezembro/19 com pelo menos 500k no mercado financeiro, será um recomeço e tanto, quando eu saí do mercado estava perto de R$1,5 milhão em ativos financeiros.

Abraço a todos,
Frugal.

terça-feira, 1 de janeiro de 2019

Fechamento Dezembro 2018 R$16.000,00


Fechando o ano de 2018 com todas as contas em dia, empresa no positivo, décimo terceiro, boletos e impostos pagos.

Resultado de Dezembro foi positivo em R$16000,00 no Fluxo de Caixa Operacional. Esse saldo foi impacto pra baixo devido ao pagamento do décimo terceiro, poderia ser 24 mil, e aí seria muito bom, vamos ver se consigo chegar nessa marca em Janeiro agora.

Eis o milagre dos juros compostos, se eu ganhar 16 mil de lucro por mês, durante todo 2019, isso vai me dar 192 mil reais de patrimonio a mais. No primeiro ano que comecei a trabalhar de verdade, consegui acumular R$ 200 mil reais no total e hoje, seis anos após aquele ano, posso acumular esse valor apenas com os lucros da loja (e também poderia ganhar isso se tivesse investido tudo apenas em fiis com um yield mensal de 0,66%). Os juros compostos existem e estão aí para nos ajudar.

Não tive como viajar no final de ano pois escalas de trabalho estão apertadas e já vou viajar em Janeiro e talvez no carnaval, então pra não gastar e viajar tanto, preferi ficar na minha, descansar, trabalhar e ler um pouco neste fim de ano.

Hoje passei o dia feliz, agradecido por ter passado um 2017 tão difícil e turbulento, parece que teve 800 dias, trabalhei muito, passei por muita dificuldade, inclusive na minha vida pessoal, mas está tudo superado e as coisas estão se acertando.

A posse do Jair Bolsonaro foi muito legal, votei no Joao Amoedo mas não posso deixar de apoiar o Bolsonaro neste momento dificil para o nosso país. Espero que ele consiga passar as reformas que precisamos. O discurso em libras da mulher dele foi muito legal, primeira vez na história do Brasil que algo assim acontece, quem sabe vamos ter uma primeira dama verdadeiramente importante e útil depois da Ruth Cardoso.

A loja precisou de manutenção de banheiro, troca de porta, troca de luzes, troca de porta, janela nova, ajeitar o teto (eternas goteiras) e isso demandou um pequeno dinheiro extra (3k).

Esse é um post apenas para registrar o FC da loja e desejar um 2019 sensacional para todo mundo. Vamos crescer, estudar, trabalhar e acumular patrimônio em 2019.

Só prestem atenção na saúde, no peso, na dieta, no consumo de álcool e outras coisas. Parece ser lugar comum, mas saúde em primeiro lugar, saúde é o nosso maior patrimônio e sem saúde não temos mais nada, absolutamente nada.

Grande abraço a todos,
Frugal.