Translate

quarta-feira, 2 de janeiro de 2019

Relatório anual da loja


Olá amigos,

Espero que já tenham se reestabelecido do Ano Novo e que tenha corrido tudo bem.
Resolvi fazer um pequeno relatório sobre as atividades da loja desde o seu início pra clarear pra vocês.

Como escrevi lá atrás, o primeiro ano é muito difícil e o desafio é sobreviver e ter algum lucro, isso em se falando de uma franquia, em que você tem que aportar alto pra começar, se for uma franquia de marca boa no mercado.

Aqui vão os dados:

A operação começou em Outubro/2017.

Esse fechamento do post é para um período de 15 meses, de Out/17 até Dez/18.

O FCO foi negativo até Março/18 (total de 6 meses) ou seja foram seis meses de prejuízo até a loja "se pagar sozinha". De março/18 até setembro/18 os pequenos lucros só serviram para amortecer o saldo negativo consumido até então, que chegou a ficar negativo em R$68 mil.

Revertemos o FCT para o positivo apenas em Setembro: R$11.280,00 de saldo positivo total desde o início da operação

De Setembro/2018 até agora, temos um crescimento lento mas contínuo e também um crescimento forte das despesas. Não consegui descolar as receitas das despesas, e pra piorar tive que pagar o décimo terceiro da folha em novembro e dezembro, além do décimo terceiro do contador e do INSS. Eu não tinha provisionado esses valores pois não tinha como. Em paralelo trabalhei forte para diminuir a dívida do financiamento imobiliário, aportando todo o dinheiro que sobrava para mim somando o meu trabalho com a loja.

Saldo acumulado até Janeiro/2019 = + R$84.102,00 (15 meses)

Total de despesas: R$505.000,00 (15 meses)
total das receitas: R$589.298,00 (15 meses)

Média de despesas mensais = R$33.666,00
Média de receitas mensais = R$39.286,00

FCL mensal = R$5619,00 (isso aqui seria lucro médio mensal considerando os 15 primeiros meses de atividade).

Considerando esse lucro, o fato de eu não pagar aluguel, pagar juros do financiamento, ter colocado muito dinheiro no imóvel e na obra, a rentabilidade foi pífia, pra não dizer negativa ou nula. Na poupança eu estaria ganhando o dobro disso. O que faz o empreendedor continuar é esperar um dia fazer render bem mais, se posicionar, treinar mais, aumentar a equipe de vendas e esperar o melhor. Acho que a marca está se consolidando um pouco mais na cidade, vou gastar menos com marketing, rádio e Google, Facebook e Instagram e deixar a coisa acontecer naturalmente. Minha esperança é fechar 2019 com pelo menos 25k mensal médio de lucro líquido.

Foi um ano muito difícil e conturbado, de muito trabalho e stress, principalmente no primeiro semestre. A sensação de que eu meti os pés pelas mãos foi enorme, meu sono ficou horrível, eu nunca usei tanto a calculadora na minha vida, todos os boletos, contas, saldo do imóvel a pagar, medo de ficar tudo no prejuízo e eu ter que fechar, medo de perder o imóvel por falta de pagamento da prestação, tudo.

É muito comum eu ficar me culpando por ter saído da bolsa, de ter pagado quase 50k de IR de vendas das ações, de ficar comparando como eu estaria dentro da bolsa x comigo aqui fora, mas não tem jeito e não tem mais volta, e não tem como voltar. Pensem nisso antes de grandes decisões e giros de patrimônio em vossas vidas, dificilmente vai valer a pena, vai ser doloroso, estressante e você vai ficar no prejuízo muito provavelmente.

Eu nunca fiz retirada para mim ou me paguei prolabore. Todo o dinheiro que sobra é para pagar o imóvel. Passei o ano sem quase comprar nada para mim mesmo, exceto meias, cuecas e umas camisas básicas. Essa dívida me assolava mentalmente.

Espero ainda pagar o imóvel até Junho ou Julho e ter esse grande alívio na minha vida. O tempo vai passando e a contas e cifras vão ficando cada vez maiores e assustam cada vez mais. Se eu conseguir aportar pelo menos uns 300k líquidos resultante da operação em 2019 já ficarei muito mais feliz e tranquilo, além disso tem o dinheiro da minha profissão que também será aportado, então espero fechar dezembro/19 com pelo menos 500k no mercado financeiro, será um recomeço e tanto, quando eu saí do mercado estava perto de R$1,5 milhão em ativos financeiros.

Abraço a todos,
Frugal.

6 comentários:

  1. Ótimo resumo do empreendimento. Vamos torcer que você ter saído da bolsa, para montar um negocio, seja dar um passo atrás para dar dois a frente. Que depois consiga mais dinheiro do que tinha!

    Feliz 2019!

    Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado DIL, pra você também! Esse ano de 2019 acho que é o "teste de fogo" da loja. Vamos ver como vai se comportar. Abraço e feliz ano novo!

      Excluir
  2. Sugiro que leia sobre contabilidade, você mistura muitos conceitos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Faz uns três anos que estou adiando dar uma lida em contabilidade básica. Mesmo assim espero que o pessoal tenha entendido esses meu conceitos aí. kkkk

      Excluir
  3. Boa sorte com a loja frugal! Continue nos relatando como tem sido as primeiras experiências.

    ResponderExcluir
  4. Olá!
    Desejo-lhe todo o melhor com o empreendimento nesse ano de 2019.

    "É muito comum eu ficar me culpando por ter saído da bolsa"
    Já passei por tudo que está passando, conheço muitíssimo bem essa simbiose de esperança com arrependimento.
    Aventurei-me no passado em empreendimentos que investi tudo o que eu tinha e tudo o que eu não tinha.
    Peguei quase meio milhão com parentes, amigos e pagamentos mensais... O negócio não decolava durante bons dois anos e ficava aquele arrependimento todo. Vendi por conta de outros fatores, mas depois de amadurecido o negócio, a coisa muda demais e fiquei sem retiradas até esse momento chegar.
    Depois, tende a melhorar, principalmente pela vivência, experiência, aprendemos a comprar melhor com fornecedores, a reter melhor os funcionários, a perder a insegurança de demitir durante a experiência etc Nessa fase eu movimentava uma média de receita de 150k mensal e despesas de 130 a 160k, sem contar os riscos altíssimos.

    Em outro negócio anterior ao acima e ao atual, perdi tudo e fiquei remoendo "e se não tivesse... e se, e se....".

    Não fique remoendo, não pense no passado, agora é encarar os desafios do presente e reconstruir seu futuro. Que fique as lições e experiência.
    Terminando o financiamento no meio do ano, você já estará à frente de muitos, pois o imóvel é próprio e já tem uma excelente perspectiva de aportes! Ótimo! Daí em diante, e com seus aportes refeitos, não terá mais limite seu crescimento.

    Específico ao Marketing, não sei qual o percentual ou valor fixo está destinando para essa rubrica mensalmente, mas se tiver condições, não deixe o marketing de lado.
    Em uma franquia de alimentação que tive, o período de "marketing intensivo" para outros "sem marketing" enfraquecia o negócio por 40 ~60 dias. No meu caso, o ideal era que o marketing fosse constante.

    Para facebook, só vi retorno o marketing com postagens patrocinadas cuja imagem ou ação proposta realmente refletia para algum engajamento orgânico. Gastei muito até aprender a otimizar as ferramentas de direcionamento do facebook.

    Que esse ano seja um ano de retomada, de vitória e conquistas.

    Parabéns por todo o risco e coragem, que tenha forças para continuar na jornada.
    Antes eu arrisquei muito, hoje, não tenho mais estômago para assumir os riscos. Mas essa insegurança toda, ironicamente, é o que me deixou mais confortável para encarar o mercado financeiro da B3 e colocar os pés no chão de uma vez.

    Abraços e sucesso!

    ResponderExcluir