Translate

terça-feira, 28 de maio de 2019

O seu futuro é legal pra você?


Acho que muita gente aqui já leu aqueles livros de auto-ajuda (ou quase isso) e por ali tinha algo assim:

Onde você se imagina daqui a 3-5-10-15-20 anos?

Anota agora num pedaço de papel, onde e como você quer estar.

Daqui a 5 anos anos eu quero estar ________________________________________________________

Daqui a 10 anos eu quero estar ________________________________________________________

E assim vai com mais anos a frente.

Talvez você tenha anotado isso e feito um pequeno parágrafo, o que acho muito saudável e importante. Eu fiz isso antes de fazer algumas provas, passar no vestibular, passar em outros concursos e na minha especialização, passei por muitos filtros e acho que essas pequenas tolices me ajudaram bastante. Não gosto de criticar quem está lendo livros de auto-ajuda, por que no mínimo a pessoa está tentando melhorar e buscar algum guia ou mapa para melhorar na vida.

Proseguindo, escrever seus objetivos é essencial e mais essencial ainda é imaginar como será a sua vida nessas datas, com todas as cores, sons, cheios, pessoas, luminosidade e sensação de bem estar. Você tem que ter um futuro atrativo para mover-se em direção a ele. Isso funciona sim.

Agora mais importante do que escrever e imaginar, é responder a si mesmo se esse futuro é legal pra você. Quais as suas motivações para estar ali? Você vai se sentir feliz? Vai ficar satisfeito? Vai ter tudo que precisa para se sentir bem?

Exemplo: Daqui a 10 anos, quero estar morando numa casa de campo, sem escadas, com um quintal grande, uma frente enorme, longe de vizinhos, com cachorros, numa cidade de pequeno-médio porte, com um carro pra pegar estrada e fazer pequenas compras, uma árvore com sombra densa para deitar numa rede, fazer um churrasco, uma bica pra tomar um banho do lado de fora da casa, ter uma esposa e talvez um ou dois filhos, e não me preocupar muito em ganhar dinheiro pois terei uma renda passiva muito tranquila para cobrir com folga os meus gastos e ainda sobrar algo pra viajar uma vez ou outra.

Você ficaria tranquilo com este futuro?

É isto que me pego pensando. Minha mente é muito inquieta.

Conquistei bem mais coisas do que imaginei e cheguei bem mais longe do que o mundo tinha preparado para mim, do meio onde me criei. O primeiro desafio é sobreviver, o segundo é se educar, o terceiro é conseguir emprego, poupar, estudar investimentos e efetivamente investir, crescer o bolo, receber uma renda passiva constante e que sempre aumente um pouco e finalmente um dia, os gastos para a vida que você quer serão cobertos por essa renda e ainda sobrará um pouco. Neste estágio você estará em outro plano, descolado de 90% da humanidade, que acorda todo dia pra trabalhar para pagar contas e colocar o arroz na mesa de casa.

De certa forma estou me preparando para o meu estágio final de acumulação de dinheiro. Isso não vai durar para sempre, pois a idade vai chegando e é preciso de um plano bastante eficiente para lançar o foguete da IF e entrar em órbita.

Quando eu terminar de pagar o financiamento, vou conseguir fazer aportes vultuosos se tudo for dando certo (claro que algo pode dar errado) mas vamos pensar que tudo vai dar certo (manter minha renda, gastos controlados) e conseguir ter saúde para trabalhar mais 36 meses.

 - Pra você que chegou a pouco tempo no blog, saiba que trabalho desde muito cedo, consegui sair do nível de subsistência horrivelmente básica para um nível um pouco melhor em 2009, quando comecei a ter um pouco de dinheiro para lazer e estudos melhores (inglês, internet, cursos extras) e finalmente em 2013 concluí toda a minha carga horária da vida de faculdade e pós graduação e consegui um emprego no setor privado.

De 2013 pra cá já foram seis anos intensos, de trabalho duro e alguma renúncia ao consumo, e praticamente a minha carga horária é dupla em relação à média de qualquer trabalhador, dessa forma, posso dizer que tenho uma carga horária de 12 anos nas costas, e com mais 36 meses, vou adicionar mais seis anos nas costas, totalizando 18 anos, sim, você leu certo.

Digamos que a loja continue dando certo e assim estarei trabalhando por 2,5 pessoas (sendo a 1/2 a renda da loja), então adicionarei 9 anos aos 12, totalizando 21 anos trabalhados e como a minha taxa de poupança sempre foi maior que 70% acredito que vou ter uma boa renda passiva que somando loja + proventos, dividendos e juros vai dar mais de 20k mensais, num cenário bastante mediano.

De certa forma estou bem animado em relação a isso, e assim consigo ficar mais satisfeito e o meu dia mais leve. Enquanto vejo e escuto dezenas de pessoas brigando por centenas de motivos fúteis e idiotas, penso no futuro próximo que me aguarda. Os planos ainda estão na mesa e já vejo algumas possibilidades bacanas, tais como voltar para a minha cidade natal, ir pra Portugal, ou mesmo pra uma outra cidade onde tenha praia no Brasil e seja razoável para morar com conforto e segurança, podendo viajar alguns meses do ano para dentro do Brasil ou mesmo no exterior sem compromissos de trabalho que me prendam aqui ou ter que esperar aqueles velhos 30 dias de férias anuais para viajar e ainda assim fazer meus hobbies por aqui mesmo.

O que eu quis dizer com esse post?

- Que é importante escrever seus planos.
- Que é legal ter uma visão clara do que quer e que essa imagem tem que ser atrante pra você.
- Que isso faz com que o seu dia tenha mais sentido, objetivo, realização e foco.
- Que você é dono do seu destino, pode e deve trabalhar arduamente para chegar onde quer, com expectativas otimistas e razoáveis, independente de onde veio, de sua criação ou educação de base ou da escolaridade dos seus pais. Você apenas com a internet, PDFs, cursos online, boa companhia - comunidade que você frequenta (física ou online), leitura e informação poderá chegar muito mais longe do que imagina.
- Que o mundo que você quer, é seu, e ele está aqui!

Pensem nisso com carinho e façam esse belo exercício de imaginação.

Grande abraço a todos,

Frugal.

32 comentários:

  1. Parabéns pelo Blog, ótimas postagens!

    Em resumo: Planejamento, foco e disciplina.

    Forte Abraço

    https://diariodonvestidor.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. O mais engraçado é que após atingir a IF, o sonho de muitos não vai ser o que REALMENTE o deixará feliz.

    Eu mesmo tinha um pensamento, um sonho quando atingiria a IF.
    Hoje até consigo ter uma certa independencia com o patrimônio conquistado, porém, descobri que o que traz felicidade de verdade, é o PROGRESSO.

    Enquanto você esta progredindo, enquanto você sentir que esta evoluindo/crescendo seja em qual for o campo (empresa, carreira, hobby, esporte...) você será feliz.

    Vamos ver daqui a 3 anos, acho que tem 1 grande chance se você continuar fazendo o que esta fazendo, pela satisfação do progresso, e esquecer o sonho de morar no interior ou casa na praia.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Fernanda, tudo bem?

      O problema atual não é tanto o meu trabalho, é a minha carga horária, e pra diminuir a minha carga horária aqui, eu prefiro voltar para a minha cidade - ou então passar uma temporada no exterior fazendo outras coisas, cursos, mestrado, doutorado, escrever um livro, montar uns cursos. Me manter ativo, mas trabalhando no meu ritmo e fazendo meus hobbies. Espero que dê certo!

      Excluir
  3. Para quem tem a mente inquieta, este momento em que "está tudo realizado" e, assim, agora é só não fazer nada e aproveitar a meta alcançada é uma grande quimera/utopia.

    É mais fácil, para uma mente inquieta, estipular novas e novas metas do que simplesmente relaxar e aproveitar aquilo que foi conquistado.

    Daí recaímos naquele clichê de "aproveitar o caminho" - o que se leva da vida é a vida que se leva, etc.

    Acredito em objetivos específicos, porém simples. Tentar desenhar todo um cenário minucioso para as metas acaba sendo ilusório. Até porque, em 99% dos casos, a vida é sempre uma surpresa... a planilha no excel sempre se demonstra uma furada, ainda que sirva como um guia para o futuro e retrato para o presente.

    Quando terminar sua dívida, me parece que você merece umas férias - nem que seja de apenas 1 mês!

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Renato, pois é, tenho férias já programadas para agosto, ficar um pouco no nordeste.

      Esses planos não dá pra colocar muito detalhado mesmo, dá pra anotar só uma idéia geral pra se guiar e ter um objetivo.

      Tento me divertir no processo.

      Abraço!

      Excluir
  4. Olá, FS.

    Eu gosto de livros de autoajuda. Quem critica são pessoas que não leem nada.
    Eu também penso todos os dia no meu futuro pós-IF. Até hoje não decidi de verdade onde irei morar. Cidade grande tenho certeza que não é. Penso em morar na zona rural. Quero ter tranquilo.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois eh Cowboy, fazer um galinheiro grande, criar uns carneiros, plantar uns pés de abacate. kkkkkk Tudo isso tá valendo! Acho que vc tem que ficar na sua cidade mesmo ou perto dela. Tem água aí ou fica sêco de vez em quando?
      Abraço!

      Excluir
    2. Sim, essas coisa aí são boas e interessantes.
      Atualmente eu moro em Brasília-DF. Vou me mudar daqui depois da IF.
      No interior onde meus pais moram tem de tudo. Porém não sei se irei morar lá.

      Excluir
  5. Atingindo a liberdade financeira, penso em colaborar muito com trabalho voluntário, além de morar morar em outro país ou até mesmo em uma cidade de médio porte daqui do Brasil. Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Gari, eu achava que vc morava numa cidade pequena já, não?
      Abraço!

      Excluir
    2. Quem dera....ainda estou quebrado somente com 90k investido e tentando melhorar os meus ganhos para aportar mais.

      Excluir
  6. Daqui a 5 anos queria poder acordar sem despertador e trabalhar com alguma coisa que me desse muito prazer e pouca preocupação (ainda não sei o que pode ser) sem me preocupar tanto com dinheiro.
    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Pois é, dar aulas de surf, kite surf, wind surf por exemplo. kkkkkk
      Ou vela. abraço!

      Excluir
  7. Ler seus posts, para mim, é sentir uma brisa na alma. O mundo anda muito tóxico, ambiente corporativo com pessoas cínicas, que fingem ser "boazinhas"... O dia a dia é uma batalha árdua, e em muitos momentos requer boas doses de concentração, pra tentar passar ilesa....lutar sozinho é bastante difícil.
    Lila

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado Lila.
      Meu conselho é que vc se refugie na literatura.
      Deu certo pra mim, além de parar de ver jornais, TV, e ficar clicando em notícias no facebook. Acho que qnt menos tempo em rede social melhor, já que traz poucos benefícios e muito stress.
      um Abraço!

      Excluir
  8. Planos pra o próximo ano:

    - Trabalhar em casar e ministrar curso em uma sala alugada 1x por mês
    - Aporte de R$ 25 mil/mês, limitar meus gastos em R$ 6 mil mês
    - Tomar café da manhã com minha esposa e 2 filhos todos os dias
    - Ler 1 livro por semana
    - Liderar um grupo de jovens na igreja
    - Acompanhar o crescimento dos meus 2 filhos (1 aninho e 3 aninhos full time)
    - Academia e natação diariamente
    - 4 viagens no ano, 2 nacionais e 2 internacionais
    - Descer para meu apartamento em ubatuba sempre que der vontade

    ....

    Boa parte dessas coisas já faço, preciso trabalhar em casa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Mt bacana seus planos RW.
      Vc nao poderia administrar esse curso online, pelo hotmart, instagram (close friends) ou algo assim? Pense em escalabilidade e vender esse curso pro país todo.

      De resto, tá tudo muito bom, vai rolar o surf em Ubatuba?
      E pra essas duas viagens internacionais, vc tem que comprar moeda forte todo mês um pouco, de preferência com conta no exterior pra mandar barato a remessa e escapar das taxas abusivas do nosso governo.

      Abraço!

      Excluir
  9. Frugal sempre com ótimo conteúdo. Meus planos consistem em me estabelecer profissionalmente, até que no futuro, eu possa fazer alguma coisa pra esse mundo por meio do empreendedorismo. Estou começando minha caminhada.

    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Visionário.
      Só em estar na blogosfera, está na frente de muita gente.
      Lute pelo seu futuro.
      Abraço!

      Excluir
  10. Muito bom Frugal!

    Acredito que devemos sim ter metas e objetivos para nos mantermos motivados. Mas sempre lembrando de curtir a "caminhada" até a IF, até porque não faz sentido deixar pra aproveitar a vida depois de alcançar nossos objetivos.

    Por outro lado, é preciso manter o foco e a disciplina para não se perder no caminho, porque não é fácil!

    Parabéns pelo conteúdo, abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É holder, há alguns anos postei sobre isso, dosar trabalho, família, amigos, viagem, lazer, aportes, hobbies, etc... Esse balanço é essencial. Eu estou aproveitando na medida do possível, mas não dá pra "aproveitar" normalmente como achamos que a maioria das pessoas aproveita. Temos que nos abster de muitas coisas para conseguir chegar na IF, senão não vai dar nunca. A média das pessoas nunca passará nem perto da IF. É duro. Vão trabalhar até os 70 anos ou mais, e viverão preocupados com dinheiro para sempre.

      Abraço!

      Excluir
  11. Exelente texto, mesmo não tendo certeza do que ira acontecer no futuro é essencial estabelecer metas

    Irei acompanhar seu blog!

    https://engenheiromendigo.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu engenheiro!
      Continue postando que a comunidade da blogosfera agradece.
      Abraço!

      Excluir
  12. Frugal Simples, sempre tive essa dúvida:
    Sua franquia fica no nordeste mesmo, em Natal, ou em São Paulo?

    ResponderExcluir
  13. FS,

    Você não teria algum livro de finanças para empresas para me indicar? Não sei nada sobre fluxo de caixa, capital de giro, etc. Queria estudar sobre o assunto, mas não tenho muita referência.

    Abraços.

    https://visionarioeconomico.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Visionário Sonhador,

      O SEBRAE Online tem vários cursos sobre esses temas. Eu mesmo fiz vários. São gratuitos.

      Excluir
    2. Visionário, isso é uma coisa técnica, você vai ver em livros técnicos só que é chato e massante.

      Consiga umas boas planilhas sobre isso no google (tem várias) e tente ler sobre o assunto. Tb tem muitos vídeos bons no youtube.

      Sobre o fluxo de caixa, precisa lançar todos os gastos e despesas numa planilha, com uma boa dose de aproximação de tudo e discriminação de cada item, e preencher corretamente e no prazo, senão a coisa aumenta e vc se perde.

      O capital de giro é aquilo que você precisa gastar na empresa todo mês pra ela continuar rodando, lembrando que nada pode faltar ou deixar de ser pago, pois se isso acontecer, vc pode comprometer todo o funcionamento da empresa, então o capital de giro é coisa muito séria e precisa sair de preferência sempre do seu bolso, nada de empréstimos para manter a empresa. Acho saudável ir fazendo uma reserva de dinheiro todo mês para aumentar a segurança da empresa. Exemplo: lucrou 10 mil num mês? Separa mil na conta poupança da empresa para uma emergência dela, ou para ajudar a pagar o décimo terceiro. A empresa não precisa ter um payout de 100%, pode ter um de 70% ou mais se você assim aguentar.

      Outra coisa muito importante é separar as contas da empresa da sua pessoa física (não ficar pagando seus boletos da conta da empresa ou fazendo saques no caixa da empresa para colocar na sua carteira). Esse tipo de coisa dificulta bastante separar o que seu e o que é da empresa.

      Espero ter ajudado.
      Abraço!

      Excluir
  14. Obrigado por mais um post maravilhoso, Frugal. Me foi muito útil. Sinto que há certas coisas na minha vida que ainda me consomem emocionalmente e atrapalham meu desenvolvimento, por exemplo: não ter passado no concurso público dos meus sonhos e ter que me contentar com MUITO menos do que eu esperava, ter 22 anos e ainda não ter a possibilidade de começar minha faculdade/meu próprio negócio, essas coisas. Tudo isso me deixa desesperado porque não concretizei nada que eu imaginei que estaria fazendo aos 22 anos. O tempo está passando para todos nós, eu estou ficando mais velho e sinto que ainda não comecei nada meu, nada próprio. Pelo contrário.

    Me ajude, por favor.

    ResponderExcluir