Translate

sábado, 9 de fevereiro de 2019

Fechamento Janeiro/2019 R$18.281,00


Olá amigos,

Esse mês demorei um pouco para postar pois não tive muito tempo pro blog (apesar de pensar frequentemente nele). Algumas vezes tive idéias para alguns posts, mas acabei não escrevendo e perdi, acontece.

Apesar do mês de Janeiro ter sido pequeno e as coisas demorarem um pouco pra engrenar, o nosso resultado foi bom. ainda aguardo o dia em que esse resultado vai superar consistentemente os 20k, esse sempre foi o meu objetivo, existem muitas, muitas despesas extras, o custo alto se soma a vários imprevistos e novas coisas para comprar ou reparar e gastar.




Finalmente eu tomei vergonha na cara e decidi fazer um gráfico dos lucros (e vou fazer também um do Fluxo de Caixa Total - em outro post). Veja o lucro mensal da loja, inauguramos em Outubro/17 e o primeiro mês que deu lucro foi Abril/2018, ou seja, foram 06 meses inteiros no prejuízo até dar lucro, no fundo do poço chegamos a -R$73.000,00.

Tivemos mais algumas demissões e se geram mais custos. O material humano é muito ruim no Brasil, uma pessoa não consegue ser capacitada nem para uma função simples, é triste isso, você espera o mínimo do mínimo de uma pessoa, e nem isso ela cumpre, mesmo após umas 5 advertências, pequenas reuniões pessoais, ligações telefônicas ou mensagens de whatsapp. Não dá. Fica aqui a crítica ao nosso sistema educacional: uma pessoa que termina o ensino médio numa escola pública e não consegue fazer um trabalho muito básico do tipo adm muito básico ou recepção que é básico do básico não consegue nem mesmo se manter nesses cargos.

O problema do RH é eterno, a alta rotatividade é desgastante e estressante, além de caro. Isso eu já sabia antes de começar e me alertaram, mas eu não sabia que era tão sofrível assim a formação do pessoal (claro que eu tenho a consciência que uma pessoa altamente capacitada não estaria numa função de 2k mensais, mas eu juro que não estou cobrando além do que aqueles 2k pagariam). Você ensina uma coisa para a pessoa, fala, explica, explica de novo, anota, uma coisa simples, a pessoa balança a cabeça, uma ordem simples, e no outro dia, na outra semana ela não consegue fazer aquilo e faz errado. É impressionante.

Continuo com esperanças de que a gente supere os 20k para Fevereiro ou Março (lembrando que 10k é o custo de oportunidade do imóvel, então na real o lucro ´foi de R$8800. E próximo mês pago a última prestação para a franqueadora (de um total de 18, custo de quase 6k) referente à taxa da franquia e aí sim terei mais dinheiro disponível para abater no imóvel e acelerar o pagamento do financiamento que acredito em Julho estar concluído.

O stress pela dívida já passou 80% mas a existência dela me incomoda bastante, pensei em trocar de carro esse mês e acabei desistindo por enquanto, quem sabe nos próximos quatro meses eu troque (o motivo é que não me sinto mais seguro fisicamente no meu carro - já dei umas duas pequenas escapadas de lado no último ano - , e pretendo comprar um outro sedã maior e mais moderno, de segunda mão com um pacote de airbags melhor e controle de estabilidade que o meu não tem). Essa troca de carro vai me custar entre 30-40k se o meu for vendido a um preço razoável - entre 25-30k acho possível vender o meu.

Agora estamos novamente treinando mais dois funcionários (iniciaram sem treinamento porque foi meio que urgente) aí não dá nem pra se exigir muito da pessoa, mas depois que terminarem o seu treinamento eu espero que cumpram com o mínimo do mínimo da função - essas rescisões custam caro e dão um stress desagradável.

Por outro lado, apesar de tudo, o FC está num patamar bem agradável em relação ao patrimônio total e mesmo ao valor investido no negócio. Eu achava que a coisa iria andar mais rápido, porém tem sido bem difícil o nosso aumento de receitas e principalmente o nosso controle de gastos, sendo a folha de funcionários o principal problema, assim como as despesas extras que são variáveis mas sempre estão aparecendo muito e os valores também são altos, isso é muito chato porque são imprevisíveis essas coisas e impactam bastante.

Uma outra coisa bastante interessante e que tenho que considerar é que essa renda é EXTRA, pois praticamente não reduzi a minha carga horária na minha profissão e agora tenho DUAS rendas, uma da minha profissão que é ATIVA e que me custa muito em termos de presença física, trabalho braçal, privação de sono e carga horária terrível, além da falta de tempo para comer saudavelmente e ir para a academia - e a segunda renda que é a da franquia, que não vou chamar nem de ativa, nem de passiva, não sei qual seria o nome para dar, porque dá um certo trabalho ao nível de telefonemas, whatsapp, skype, gestão do financeiro, redes sociais, inbox, supermercado, correios, cartório e bancos (parte do trabalho que eu faço) mas que consigo conciliar às vezes dentro do meu dia, tornando-o superocupado, do tipo - tenho ali duas horas livres na hora do almoço, o que faço? Vou pra casa almoço, tomo um banho e deito um pouco ou vou pro supermercado comprar coisas para a loja? Acabo indo para o supermercado, assim como faço correio e cartório no final da tarde, ou vou no contador, ou algo assim. Então é uma renda semi-passiva ou semi-ativa.

Com a convivência com a franquia, sei que tem outros franqueados que trabalham dentro da loja (pois é o único trabalho que eles têm) e estão  mais ou menos com a renda igual à minha - a renda apenas da franquia, e com isso eu acabo ganhando "por fora" toda a renda da minha profissão, ou seja, eu literalmente me virei "em dois" e acho que aí vai se pavimentar o caminho para grandes aportes no futuro, já que meu nivel de consumo nunca subiu (na verdade caiu devido às dívidas) e prevejo aportes pesados a partir de Julho/2019. Vamos acompanhar para ver se isso vai se materilizar.

Esse post é apenas para falar sobre um pouco a atividade da loja, o FC e a vivência. Vou fazer um outro com um tema que venho pensando esses dias, espero publicá-lo ainda hoje.

NOTA.: Dei uma revisada e alterei a minha planilha central, o que fez variar um pouco os lucros mensais em relação ao que eu já tinha publicado, mas nada que fosse fazer muita diferença.

Grande abraço,

Frugal.

Dívida bruta: 297k

6 comentários:

  1. Fala Frugal!

    Seus textos contando sobre seu empreendimento são muito inspiradores. Ver o que espera na "real" ao se tocar um negócio é muito valioso para quem pensa em por em prática.

    Preciso pegar um final de semana e estudar algumas coisas que estou pensando em fazer. Pretendo tocar duas coisas também, meu emprego e um negócio. Vamos ver se sai esse ano!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Legal Ingles, uma franquia que acho legal é a do Kumon.
      Já tem aí onde vc mora?
      Acho que pelo seu perfil, e investindo pouco, quem sabe não dá certo?

      Abraço!

      Excluir
  2. Parabéns Frugal!
    Eu leio seu blog desde 2016 e fico feliz ver como vc evoluiu para criar o negócio e agora fazer ele virar. Adoro ver vc e o executivo investidor voando na economia real. Parabéns mesmo, admiro mto quem vence esses desafios no Brasil.
    Essa questão da mão de obra eh bizarra e só quem já passou por isso sabe do q vc está falando.
    Boa sorte na caminhada!
    Abs
    Muquirana

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela força Muquirana.
      É mt complicado essa parte de RH.
      As pessoas não sabem conviver. Mt briguinha infantil.
      Abraço!

      Excluir
  3. Opa Frugal, realmente uma luta chegar a esse ponto de turnaround e obter a renda quase passiva de 20k - isso nao é pra qq um! Sugiro que experimente uma ação q funciona muito bem pra mim há uns 08 anos atrás, quando contratei e treinei um gestor pra meu negócio q demanda bastante manutenção, controle de estoque e atendim a clientes, além da gestão do rh - foram 3 pessoas e muitas noites mal dormidas, 22 kg a mais e perda de qualidade de vida até chegar aqui. A conta q faço é q ao invés de colocar X no bolso, coloco X-Y nesse negócio e ganho 2Y em outras 2 atividades que tenho e me geram mais resultado q essa, além de ter ganho muito em qualidade e tempo de vida pra estar c minha esposa e filha e mais lazer. Forte abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa Marcelo, só vi hj o seu comentário.
      Certamente vc tem toda razão, financeiramente é melhor fazer o que vc fez, e tb é o que eu faço, o problema é que a pessoa que vc colocou lá tb fica sabendo disso e fica querendo crescer para cima de você. Como vc administra isso? Essa parte de engordar, perder sono e qualidade de vida já passei tb e ainda estou passando, acho que no segundo semestre vai melhorar muito. Parabéns pela sua virada no jogo tb.

      Abraço!

      Excluir