Translate

sábado, 6 de outubro de 2018

Um grande alívio


È sexta-feira, aproximadamente 21:30h, dirijo do trabalho para a minha casa.

Estou cansado depois de trabalhar o dia todo, dirigir muito, tomar sol, suar, enfrentar ar condicionado gelado, discutir por algumas horas no whatsapp, fazer umas 15 ligações, pagar uns 3 boletos de valores altos.

É a vida adulta que segue. Eu dirijo e penso na vida. O trânsito já aliviou da hora do rush. Agora os carros estão com casais indo pra cinemas, barzinhos, restaurantes, baladinhas. Percebo também as mesas dos barzinhos lotadas de jovens, universitários ou gente que já está no mercado. É uma época bem feliz, pouca responsabilidade e a oportunidade de estar com os amigos pra tomar uma e jogar conversa fora.

Cada fase da vida tem a sua magia, e a gente às vezes nem percebe. Naquela fase de juventude intensa, se me fosse apresentada a minha atual condição de vida eu iria rir e iria dizer que isso não é vida e que não iria querer isso pra mim. Depois a idade vai chegando, os amigos vão se mudando de cidade, casando, tendo seus filhos e vão tocar a vida, e também tenho que tocar a minha, não tenho muitos amigos aqui onde moro pra sair na noite, na verdade só casais de amigos, mas não saio muito, eu trabalho tanto que o pouco tempo livre que tenho quero ficar em casa ou sair com a minha noiva para fazer algo na cidade, ou então gosto de ficar com os cachorros no sofá, coloco um show qualquer no youtube e fico lendo meu kindle.

Cheguei em casa, tirei umas duas cervejas da geladeira (elas duram meses lá), começo a comemorar uma conquista, um dos boletos que eu paguei do financiamento foi cavalar, foi o mais alto que já paguei na vida, 70k. Recebi uns atrasados e complementei com o meu salário. A dívida do imóvel caiu de 496k para 426k.

É muito boa a sensação de que a vida está dando certo e de que estamos indo para algum lugar. Existem vários tipos de alegria, na juventude é uma alegria boba, de ficar alegre só por ficar, por existir e de ter amigos e possibilidade de se divertir, basta pouco, e isso é bom. Com o passar dos anos e da idade, você procura se estabilizar e ter uma renda para se manter, de preferência uma dívida zerada é o ideal, o ser humano com dívidas não tem muita paz.

A ansiedade vem de imaginar que a vida possa estar dando errado. A gente tende a pensar duas coisas: ou a vida está dando certo ou a vida está dando errado, sem meios-termos. Ou você progride ou você regride. Da mesma forma é bom lembrar do nosso passado, de onde viemos e ficar felizes com o que consquistamos, nossa profissão, nossos amigos e nosso estilo de vida adulto.

Olhando esse gráfico, vemos que até Agosto/2017 eu não tinha dívida alguma. A coisa subiu com o financiamento do imóvel e as dívidas com a franqueadora. Vejam que as minhas dívidas foram feitas para a compra dos ativos (imóvel + franquia) e tive que contabilizar isso. O equity da loja já expliquei aqui que também está subindo (uma coisa é você comprar uma empresa com lucro de 500 reais por mês, outra coisa é você comprar uma empresa com lucro de 20 mil reais por mês, certo? Pois bem, como falei a loja já subiu o equity para 750 mil. O dinheiro que é gasto pagando a dívida, ao mesmo tempo sobe o patrimônio, então quanto mais eu pago a dívida, mais a linha do patrimônio sobe. Acredito que ainda vou pagar 90de dívida em 2018, dessa forma vou entrar em 2019 devendo 326k e com quase 3kk de patrimônio.


E como eu estive ansioso esse ano com essa dívida nas minhas costas, ainda por cima levando calotes e atrasos, foi horrível. Eu achava que se tirasse umas férias seria bom, mas não iria diminuir a dívida, e o problema é esse, não tentei fugir do problema tirando férias. Ontem o ataquei de frente e paguei 14% da dívida total que estava lá, próximo aporte vai ser quase 9% da dívida também. Estou muito feliz de tudo estar dando certo. Se tudo continuar bem, em Julho do ano que vem já vou voltar para a bolsa e me recompor, refazer minha reserva de emergência, mandar dólar pra fora todo mês, continuar trabalhando e esperando o tempo passar.

Tenho que me lembrar que essa dívida paga é patrimônio acumulado e não dinheiro jogado no lixo como é com a fatura do cartão de crédito. Não sei bem o que aconteceu mas o meu aporte aumentou muito de 2013 pra cá, acho que estou trabalhando mais, reinvestindo os valores recebidos de todos os investimentos, consumindo pouco e até aumentando o valor das minhas doações.

O lucro da loja ano que vem vai ajudar bastante nesse plano, foi como eu planejei antes de abrir e falei aqui, serão dois passos para trás e muitos passos para a frente no futuro. Se isso tudo der 1% ao mais, líquido ao mês, a partir de janeiro, acredito que já vai ter valido a pena, embora eu espere pelo menos 1,5% líquido ao mês.

Grande abraço a todos,
Frugal.

18 comentários:

  1. "O ser humano com dívidas não tem muita paz". Sábias palavras.

    O ser humano pode se acostumar com muitas coisas: de viver na rua e comer do lixo até viver num palácio e comer sempre do bom e do melhor. Mais cedo ou mais tarde, quem se acostuma a viver num palácio deverá ter o mesmo retorno de felicidade de quem se acostuma a viver na rua.

    Mas acho que quem se acostumou a viver sob dívidas nunca vai ter a mesma felicidade de quem se acostumou a viver sem dívidas: um tem liberdade; o outro, não.

    Gosto bastante de ler seus relatos; são sóbrios (às vezes sombrios!) e esperançosos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É HAcker! Comprar imóvel é uma atitude muito temerária, é um passo muito grande na vida de qualquer pessoa. O custo de oportunidade é altíssimo e o retorno em cima do imóvel é praticamente quase nada (exceto se a pessoa construir, mas aí é outra coisa). Comprar um imóvel pronto de alguém é muito caro e custoso sobre muitos pontos de vista. Até pagar essa dívida a minha paz está comprometida.

      Os meus relatos variam, qnd escrevo num dia bom, sai coisa boa e otimista, qnd estou num dia mal prefiro não escrever nada ou invariavelmente vai sair em tom pessimista, mas assim é a vida, como isso aqui é um diário não quero contar só a parte boa e feliz da vida, é preciso mostrar a verdade e os dias ruins para os leitores, nem só de glórias vive o homem não é mesmo? Isso humaniza o blog, que como todos os outros da blogosfera são uma ilha de verdade em toda a fraude que são as redes sociais. Um abraço!

      Excluir
  2. Excelente.
    Devagarinho, e com muito trabalho, as coisas vão se ajeitando.
    Sempre leio seus post, desde que morava na Selva.
    Como você disse que era de uma capital do nordeste, se alguma vez passar por Natal entre em Ctt e tomamos uma cerveja. Moro na Vila Militar no Tirol.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu amigo!
      Natal é muito legal e Pipa também!
      A passagem aérea do norte do país para Natal é tão cara quanto Europa ou EUA, não sei pq Natal é tão mais cara do que Fortaleza ou Recife.
      Beleza! um abraço!

      Excluir
  3. O maior risco para o teu negocio chama-se PTzada.

    Sucesso, abraço!
    Bagual do Rio Grande

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade. Mas acho que essa o Bolsonaro vai levar. O Brasil vai voltar ao eixo de melhora e progresso economico e social. Chega de PT. Um abraço!

      Excluir
  4. Muito bacana Frugal! Teus posts são sábios, e é demais ler eles.

    Obrigado pelas palavras.

    ResponderExcluir
  5. Muito bom, está no caminho certo. Agora nos tire uma duvida, como você faz para mandar dólar pra fora todo mês, qual o caminho? Como fica o imposto de renda? Faz um artigo ai :D

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa amigo, vc nao é leitor antigo daqui né? Toda a epopéia foi contada em posts anteriores. Resumindo pra vc: Faço um wiretransfer da minha conta banco do Brasil para minha conta do BB Americas na Florida, pagando 2 centavos a mais em cima do preço do dolar comercial do dia + o iof de 1,1% e somente.
      O imposto de renda fica normal, eu declaro quanto tenho na conta corrente de lá, e tb declaro meus ativos na corretora que tenho lá, da mesma forma como declaro aqui, não tem nada demais não. OBS.: Ao contrário do que algumas pessoas pensam, não precisa declarar imposto de renda pro governo dos EUA. Abraço!

      Excluir
  6. Cara é isso mesmo, somos felizes em todas as fases da nossa vida e não percebemos. Para mantermos a felicidade é respeitarmos as leis e os limites impostos e também cuidar da saúde (fisical, mental, espiritual e financeira). Estando bem nesses aspectos é curtir e agradecer a vida. Sabemos que nada disso cai do céu, é preciso sabedoria para levar todas essas áreas da vida. Se negligenciarmos uma delas, uma ora ou outra a vida nos cobra. Portanto é importante termos equilíbrio, inclusive financeiro.

    Excelente Post e continuamos aportando.

    ResponderExcluir
  7. Frugal,

    Parabéns pelos resultados alcançados! Seu esforço e coragem são admiráveis.

    "A gente tende a pensar duas coisas: ou a vida está dando certo ou a vida está dando errado, sem meios-termos."
    Gostei da sua frase. Acho que tendemos a pensar assim mesmo na maior parte do tempo.

    Sucesso!
    Simplicidade e Harmonia

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu estava estressado e ansioso, achando que passei da fase do dar certo pra dar errado, mas aí as coisas estão se ajeitando aos poucos e sinto que novamente entrei na pista da parte que dá certo! kkkkk um abraço Rosana!

      Excluir
  8. Frugal, me tire uma dúvida. Quando você começou a vender as suas etfs sediadas na irlanda, como fez? Vendeu até 35 k por mês para não pagar imposto de renda? Ou optou por vender tudo em um único mês, mesmo pagando IR, para conseguir reduzir o quanto antes o financiamento da caixa? Abs.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa aposentado, blz? Eu vendi em 3 meses consecutivos, não paguei imposto não. Financeiramente não valeria a pena vender tudo de uma vez pois o IR daria bem mais do que o dano do juro do financiamento, então vendi aos poucos mesmo. O dinheiro do BBA pro BB chega no mesmo dia!

      Excluir
  9. Peço isso pois me lembro que quando o VR (gênio) fez um all in no tesouro ele vendeu todas as suas ações no BR e nos EUA de uma vez só! Pagou muito IR mas conseguiu uma taxa otima no TD. Mais de 7%.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Na epoca, o VR nao tinha acoes lá fora, ele só tinha aqui. Eu li todo o blog dele. Pelo que vi ele está montando posição lá fora somente agora. Pena que ele parou de postar faz um bom tempo.

      Excluir