Os cuidados com cartão de crédito


Tomei uma bela espadada na fatura do cartão esse mês e também nos próximos meses.

Sempre tive muito cuidado com essa fatura e ela sempre foi motivo de stress aqui porque magicamente parece que a soma dos valores pequenos dá bem menos que o valor total. Teve uma vez que eu fui somar todos os valores pra ver se batia mesmo, e bateu!

O fato é que não aumentei os gastos na minha pessoa física, quase não comprei mais nada pra mim desde o ano passado, o que pesou é que comprei muita coisa pra loja no cartão e fui parcelando e parcelando e parcelando, até que o montante explodiu e agora estou pendurado pelo menos até dezembro desse ano.

Foram televisores, PCs, laptops, ar condicionado (15 no total), mobiliário, material de construção, material elétrico e por aí vai, some-se ainda um cheque mensal de 6k que ainda pago à franqueadora da taxa de franquia.

Resumindo a ópera: Vou pagar até Janeiro/2019, 15k mensais sagrados no cartão + os 6k dos cheques pré-datados, 21k no total (e ainda tá faltando comprar umas coisinhas). Ou seja, me apertei muito, mas não tinha jeito, a coisa tinha que andar. Essa soma que deu 15k no total foi o que me deixou surpreso.

A pessoa compra uma coisa ali, divide em 6x, a prestação de 400 reais, beleza, outra coisa ali de R$399 a prestação, e mais umas 5 compras dessa você já tem aí um gasto de 3-4k fixos com prestação de cartão, esses valores se somam e a fatura vem nas alturas.

O chato é que isso detonou meus planos de adiantar um dinheiro pro financiamento do imóvel e parece que só vou pagar isso mesmo com força a partir do ano que vem, um banho de água fria. O lucro mensal que acho que vai ficar um pouco acima de 10k vai ajudar a dar uma amenizada na fatura mas mesmo assim não vou sair do canto, essa implantação foi muito mais cara e demorada do que eu imaginei, fora isso ainda tenho o custo fixo total, ou seja, uma operação muito arriscada, amarrada e engessada.

Também queria me dedicar mais por dentro do negócio, mas por ter que ter um volume grande de dinheiro certo não posso me dar ao luxo de perder meu dinheiro que ganho na minha profissão original pra cobrir tudo isso, senão aí seria o caos, não entraria dinheiro de canto nenhum e eu iria quebrar. Só posso me dar ao luxo de tentar me dedicar mais, quando estiver tudo pago e dando lucro, de forma que se eu não ganhar dinheiro por fora ainda fique tudo bem.

Fico imaginando quem abre um negócio e depende totalmente dele para sobreviver, comer e pagar as contas, deve ser uma tensão enorme pois a sua vida e o conforto e subsistência de sua família estarão atreladas ali e se der errado tudo vai dar errado, pior ainda se você não tiver reserva nenhuma, aí é o fim.

Minha esperança é próximo ano não ter mais presstação nenhuma da implantação, nem os cheques, nada, e ainda ter um lucro de mais de 10k mensais, aí sim seria excelente, pois o dinheiro dos aportes será somado ao lucro pra abater a prestação do imóvel, calculo que poderia ser quase 30-40k mensais para abater, se as coisas forem dando certo.

Na operação em si está tudo bem, fora o problema crônico de brigas entre os funcionários por basicamente nada e fofoquinhas, o serviço está andando, os clientes aumentando pouco a pouco e o faturamento crescendo. Melhorei mais os controles comparando as planilhas de receitas que pedi pros funcionários fazerem com as minhas para confrontar ambas, e também vou fazer isso com as despesas. O financeiro está totalmente nas minhas mãos, saídas de dinheiro, pagamento de contas, transferências, impostos, folha, pequenas compras e etc, tudo, todo o dinheiro que sai é por mim, e disso não abro mão nunca. Assim fecho o mês somando entradas e saídas e faço o FC mensal.

Bem pessoal, é isso, não estou mais acompanhando bolsas, dolar, fiis, etc...

Abraço,
Frugal.

Comentários

  1. F.s, e isso ai mesmo cartao de credito tem que cuidar hehe.
    Abraco, e espero que tenha otimos resultados no futuro.

    ResponderExcluir
  2. Minha impressão é a de que cartão de crédito é um dos grandes inimigos da IF, normalmente ao gastarmos dinheiro vivo sentimos uma verdadeira "dor física" por ver o dinheiro indo sumindo do bolso, já com o cartão essa dor (pelo menos no meu caso) não existe.... acho que só isso já é um baita freio para compensar o prazer que sentimos quando compramos algo. Entendo que seu caso é diferente pq não necessariamente está gastando em coisas que lhe dê prazer, mas mesmo assim o efeito do parcelamento deixa um gosto amargo quando a fatura chega.
    Boa sorte, continuamos acompanhando sua saga.

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. é SrIF, meus gastos de pessoas física são irrisórios, maioria é comida, gasolina, supermercado e coisas do dia a dia. O que pegou foi parcelar material de construção, mobília e ar condicionado. Espero me livrar logo disso e voltar a pagar só minhas despesas de PF mesmo.

      Sr tá bem dificil comentar no seu blog, não consigo fazer o login. Eu queria perguntar se vc considerou a NZ no seu plano de IF. Eu vi que lá o custo de vida é baixo e seria uma boa pra IF também. Abraço!

      Excluir
    2. Para comentar no Blog tem que ser cadastrado, não sei exatamente onde vc está tendo dificuldades mas mantive desse jeito pq o pessoal que acaba se dando ao trabalho de cadastrar é pq realmente quer comentar, evitando SPAM.
      Estou aberto a muitos países ainda e NZ realmente seria um sonho... o grande problema é que não se pode simplesmente se mudar para um país sem ter a papelada legalizada, por isso minha primeira "parada" vai ser na indonésia onde é fácil para brasileiro morar lá e a minha mulher é nascida lá. Posteriormente iremos estudar outras possibilidades, a principio Portugal está no topo da lista. Não pretendo comprar imóvel em lugar algum para não me amarrar muito em um único lugar.

      Sr. IF365

      Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
      www.srif365.com

      Excluir
  3. Bem verdade isso !! mesma coisa em mercado, você compra várias coisas pequenas e vê o valor total não acredita, depois você soma e vê que aquele monte de valores dá um montante grande rsrs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. A inflação também contribui para os valores aumentarem. Também não tenho reajuste desde 2015.É muito achatamento. Não adianta somar a fatura pq a operadora não iria ser trouxa de roubar e depois tomar um processo.

      Excluir
  4. É Frugal, cartão é sempre complicado mesmo...

    Não sei em que momento escreveu o texto, mas essa bagunça que está acontecendo no Brasil atingiu seu negócio?

    Além de todas as dificuldades que já comentamos para se abrir um negócio no Brasil, vem e volta ocorrem essas coisas...

    Boa sorte aí!

    Abraço!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande André, sempre uma satisfação ver vossa excelência por aqui. Olha, praticamente não tenho produto, mas tenho insumos. Não afetou tanto pq eu compro em supermercado e aqui no Norte os estoques são sempre grandes pra tudo pois o problema de logística aqui é histórico. São muitas dificuldades mesmo, a gente se acostuma e se anestesia com as dificuldades, passa a achar que é normal.

      Meu carro sempre quando chega na metade do tanque eu completo, passei incólume a tudo isso, aqui tá mais de 4,79 o suco de gasolina com imposto e álcool da Petrobrás.

      Eu nem falei, mas eu dividi em dois cartões, eu tava feliz achando que era só uma fatura, mas me dei conta da outra, que pra piorar está em débito automático. kkkkk

      Abraço!!

      Excluir
    2. Eita, Frugal, controla esses cartões aí rsrsrs!

      Menos mal, vc está abastecido...

      Abraço!

      Excluir
  5. "Quem engorda o boi é o olho do dono."

    excelente post!

    abs!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. ST se esse povo parasse de brigar igual a bixo eu já ficaria bem mais feliz, é desestimulante perder tempo só pra ouvir abobrinha.

      Excluir
  6. Frugal, ainda bem que está no controle da situaçã. Nessa hora, os investimentos ficam para segundo plano.
    Sucesso!!

    ResponderExcluir
  7. As intrigas e brigas entre os funcionários são o tempero que espantam a monotonia do escritório ehehe

    Brincadeiras à parte, também desejo sorte e estou convicto de que seu 2019 será o momento da colheita! Abraço!

    ResponderExcluir
  8. cara tudo bom? é o seguinte, tenho 22 anos e atualmente ganho um salario minino, e não sei oq eu faço, penso em ser rico um dia mais parece tudo tão distante, fico min perguntando sera q compensa segui o "caminho tradicional" de fazer um curso, tava pensando em tec em informatica e depois uma facul de contabilidade, visto q essas profissões ja estão bastante banalizadas. meu objetivo era ser trader, mais eu mal comecei a operar no mercado, com pouca grana e ainda estava aprendendo, só tenho um gostinho do q é ser trader, comecei a operar no final dos meus 19 anos, quando tinha uma grana parada. agora ta meio dificil de retomar essa ideia pq eu trabalho de manhã e não tenho mais tempo de ficar de olho no mercado. e claro com a estática contra min de somente 5% ganhar de verdade nessa profissão, mais provável q eu faça parte da maioria perdedora. quero sua opilião pq não sei q caminho segui pra ter uma vida melhor de verdade. não sei se tento a carreira de trader pq na minha inocência eu sinto q pode dar certo, e o único risco q eu corro é o de ser pobre pra sempre se eu der errado, moro com meus pais e meu salario fica todo pra min inicialmente tava pensando em pegar uma moto para fugir do transporte publico, mais não sei se é a melhor opção adquirir um passivo agora e com um salario minino somente, eu tenho ambição de crescer na vida, tanto q descobrir a finansfera pelo blog do UO : http://abacusliquid.com/ e fiquei maravilhado, pra min os melhores blogs q eu vi são o seu junto com o termos reais: https://termosreais.com/, viver de renda: http://viverderenda.blogspot.com/, e Sr. IF365: https://www.srif365.com/, tem outros muito bons tbm, mais esses eu acesso diariamente pra ver se tem postagens novas. eu estou realmente perdido pq pra min hoje nenhum caminho parece plausível. facul parece muito esforço pra pouco retorno, ainda mais q eu tenho poucos recursos e tempo tbm pra ficar errando, tipo entrar num curso ver o não é pra min e sair. desculpa pelo texto gigante! se puder responder eu vou ficar muito feliz. obrigado. vou mandar esse texto pra esses blogs q eu curto e ver se algum deles amplia meus horizontes.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Cara, você é muito jovem e está cheio de dúvidas porque lhe falta experiência de vida e orientação, o que é muito normal nessa idade. Uma dica para você poupar anos de vida é a seguinte: foque no seu desenvolvimento pessoal. Somente você pode descobrir qual é o melhor caminho a seguir, ninguém mais. Abraço, sucesso!

      Excluir
  9. E aí Frugal, beleza?

    https://thefuturewinner.blogspot.com/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Postagem nova hoje no blog.

      Se um dia eu chegar a ter cartão eu pretendo usar muito pouco dele, cartão de crédito é uma ilusão e uma arma que destroi a estrutura financeira das pessoas.

      Pretendo usar mais as modalidades débito e pré-pago.

      Excluir
  10. Nem fala.. Porque mês passado tive que parcelar umas compras. Mais de ano que não fazia isso.. Sempre paguei a vida. Abraços

    ResponderExcluir
  11. Meu cartão de credito é de R$ 1.000. Já faz alguns anos que combinei com minha esposa, tem dinheiro compra, caso contrario espera juntar dinheiro pra comprar. Foi uma medida radical mas que nos traz uma tranquilidade. O ponto negativo é que não acumulo milhas pra viajar.

    Obrigado por compartilhar suas experencias.

    No seu caso ainda está em fase de investimento do seu negócio, o famoso Capex.

    ResponderExcluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A chegada ao quarto milhão de reais (ou quase um milhão de dólares).

O que importa é o processo.

E se eu morrer hoje?