A vida acima do Break even (ponto de equilíbrio)


Até que enfim esse dia chegou!

Prezados amigos, quem me acompanha sabe que fiz uma pequena manobra de sair da bolsa de valores para comprar um imóvel e abrir uma loja de franquia que não havia aqui na cidade que eu moro. Loucura? Demais! Se eu voltasse no tempo faria tudo de novo? Sinceramente não sei. Já me fiz essa pergunta algumas vezes e eu mesmo já respondi mais SIM do que não.

Como todos sabem, o período inicial de uma empresa é muito crítico, e muitas fecham nos primeiros dois ou três anos. A meu favor não pago o aluguel. Contra mim quase tudo: inexperiência, marca nova, pouco tempo pra tocar o negócio e mais outras coisas.

Inauguramos em Outubro de 2017, sem uma base crítica de usuários, em investir muito em marketing, e divulgando no boca a boca, panfletagem, Facebook, Instagram e Google. Redes Sociais não trouxeram quase nada de retorno, fora gastos quase R$ 5 mil de Facebook e quase R$1500 de Google e Instagram uns R$ 600,00. A captação de clientes é uma coisa bastante complicada de verdade. Eu fico rindo quando vejo anúncios de franquias assim:

" Recupere seu investimento em 36 meses "
" Faturamento anual de R$1.000.000,00 "
" Seja seu patrâo"
" A melhor franquia de não sei o que lá "
" Um dos melhores segmentos com aumento de 18% de faturamento anual "

Etc etc etc etc...

Propaganda e propaganda.

A franquia é um produto comercial comum, risco ZERO pro franqueador, risco tendendo ao infinito pra você que vai colocar suas economias lá.

Franqueador vende um pedaço de papel chamado contrato, cobra taxa, royalties, te manda uns pdfs, uns emails, depois faz algumas ligações, reuniões por skype, e te passa uma lista do que comprar e onde e como fazer. Depois quer ver fotos da obra e se está tudo ok, bota uma banca danada.

O franqueado é um peão de luxo que aporta seu próprio dinheiro no negócio e segue muitas, muitas ordens lá de cima, e nem pense em sair da linha porque as multas são pesadas e o contrato pode ser rescindido pelo franqueador a qualquer hora com uma indenização muito pequena.

Só falei mal até agora, né? Mas é preciso avisar dos riscos, que são imensos (só eu sei o que passei até aqui).

Sobre os retornos: O tal do retorno em 36 ou 48 meses é pura ficção!

O tal do fature 1 milhão por ano é uma idéia simplesmente ridícula. Não acredite no que você lê da franqueadora (lembre que uma franquia é um produto qualquer) e saiba que você mesmo vai ter que ralar muito, investir muito, ter muita dor de cabeça e muito trabalho se quiser ganhar um pouco mais do que na bolsa ou na renda fixa.

"Seja seu próprio chefe", balela, seu chefe é o grupo franqueador e você responde e se reporta à eles sim! Se quiser mesmo ser seu chefe, não entre em franquia, é uma dor de cabeça a menos, fora a dos empregados e o fluxo de caixa (já postei sobre esses aqui). Enfim, se conheça bastante, franquia é arregaçar a manga pra fazer o negocio dar certo.

Agora vamos pra parte boa:

Um franquia que você investe 500 mil, e tem um retorno de 10 mil por mês, está bom pra você?
Um financista diria que isso é 2% ao mês, o que sem dúvidas é um bom negócio. Veja que não está apenas colocando dinheiro numa caixa, está contratando pessoas, fazendo ligações, respondendo emails, pagando contas, tendo trabalho de office boy, marketing, supermercado, pode ser roubado, furtado, assaltado e enfim, muita coisa, vai ter que dedicar muitas horas da sua semana e dos seus dias pra isso andar, por isso você tem que ver se vale a pena para a sua personalidade e a fase da vida em que você se encontra. Também vai precisar do apoio e do entendimento dos seus familiares e cônjugue.

Agora a mesma franquia dando um retorno de 20 mil por mês? Nossa! Isso sim! Seriam 4% ao mês, uma barbada! E sim amigos, o objetivo é exatamente esse.

Estive pensando, se eu passar um ano ganhando 2% ao mês, seria o mesmo que passar dois anos ganhando 1% ao mês ou quatro anos ganhando 0,5% ao mês, nessa última hipótese nem seria tão ruim assim, seria quase igual uma poupança. São apenas pensamentos que vêm e vão...

Agora falando da atualidade:

A perspectiva de ficar acima dos 10 mil líquidos por mês é muito boa e muito me alegra. Vai ajudar bastante para pagar o imóvel e também reverter o fluxo de caixa negativo dos últimos 6 meses. Na verdade considero isso como parte do investimento e coloquei que o valor total investido foi de realmente 500k, para simplificar as contas.

Não aportar mais dinheiro no negócio já me deu uma certa paz de espírito, estou dormindo melhor e meu humor melhorou, assim como a minha ansiedade, acho que ganhei uns 5kg de Outubro pra cá por causa disso e espero que eles vão embora com os próximos meses. O sufôco já passou.

E pense num sufôco! Difícil ver tanta conta chegando, tanto boleto, tanta coisa pra ajeitar, e nada do dinheiro entrar! E claro, temos que honrar a folha de pagamento dos funcionários como prioridade número 1, de certa forma muitas famílias dependem desse dinheiro, e fiz das tripas coração pra pagar esse povo em dia, e já estamos em nove funcionários e uma folha de quase R$ 20 mil reais/mês.

Quando eu receber meu próximo salário já vou dar um pequeno aporte na dívida com o financiamento do imóvel, pagando as parcelas lá de trás, queria muito que chegasse esse dia pois meu objetivo era diminuir urgentemente esses juros pagos ao banco (quase 6k mensais) de forma que eu chegue até dezembro pagando apenas uns 3k de juros. Estaria de bom tamanho e seria menos que um aluguel para o porte do imóvel.

Finalizando o post, tenho um espaço extra e já tenho planos pra ele. A idéia é rentabilizar alugando ele. Estou comprando ar condicionado e deixando quase tudo pronto. A idéia é dar entre 7-12k de faturamento extra pro negócio todo. Acho que em Julho no máximo isso irá ser oferecido ao público (dessa vez aprendi a anunciar bastante e correr logo atrás de clientes para entregar o espaço com boa parte já alugado ou comprometido). Não esperem a coisa ficar pronta para vender, vão vendendo antes de inaugurar!

É isso aí pessoal, o resumo do post de hoje é: UFA!

Dívida bruta: 731,7k

Grande abraço,
Frugal.

Comentários

  1. Frugal não me vejo fazendo nada disso, acredito ser muita dor de cabeça para um retorno incerto e com um risco fora da curva.

    No últimos 4 anos estou ganhando 2,79% a.m com um pouco de sorte, mas também muito estudo e competência.


    A maioria dos negócios não consegue vingar a longo prazo.
    Escrevi sobre isso no meu blog por estes tempos.
    Analise de balanços: Faturamento não é lucro.

    Se quiser da uma olha lá que explico conceitos contábeis e tributário do porque a maior dos negócios vai fracassar, porque faturar alto não significa lucrar alto.

    A margem média da maioria dos negócios no Brasil é pequena, ou seja o cara paga para trabalhar com dinheiro do próprio bolso.


    Acredito que você poderia fazer até 1,50% a.m se tive mantido na bolsa comprando empresas abaixo da taxa mínima de atratividade.


    Agora que o barco já esta andando basta tocar até onde conseguir.

    Abraço



    ResponderExcluir
  2. Sei por amigos que tentaram entrar no ramo de franquias que não é fácil, seu relato ao longo desta séries de posts tem sido bem didático, não sei se você acompanha ou conhece, tem um fórum famoso na internet (hardmob) onde um user conta o relato de de ser franqueado do Subway, olha só é uma marca famosa, e os ganhos não são tantos assim, quando tiver tempo leia: http://www.hardmob.com.br/dinheiro-and-negocios/617785-subway-experiencia-de-franqueado.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Margem da maioria das franquias é ridícula.

      - Tem folha de pagamento
      - Imposto elevados
      - Royalties da franquia ( Cobrado pelo faturamento) e não pelo lucro.Aprenderam isso com os governos que cobram ICMS, PIS e Confins pelo faturamento e não pelo lucro.

      Depois de pagar tudo isso você tem que revestir pelo menos um % no negocio, para só depois sobrar uma ninharia para você na linha final do balanço.



      Ficar rico no Brasil é jogar no modo hardcore, apesar que no primeiro mundo não esta muito diferente.

      Abraço

      Excluir
    2. Grande MD, eu li seu post lá, vou comentar aqui e vou colar lá.

      Muitas coisas que vc falou se aplica a grandes indústrias e tem uma porrada de impostos mesmo. PRa uma franquia pequena ou uma micro empresa a gente entra pelo simples e só paga 8% em cima de todas as notas, no meu caso pago mais 8% de royalties, total de 16% de impostos.

      Eu considero esses 8% de royaities como uma coisa que me traz clientes devido ao nome da marca que fala por si só, como se uma coisa compensasse outra, do tipo, vc pode abrir uma hamburgueria fast food sua, sem pagar royalties pra ninguem num dado ponto, ou poderia abrir um macdonalds no mesmo ponto e pagar 8% de royalties, o que vc acha? Será que seria mais arriscado abrindo a sua própria marca de hamburguer ou um macdonalds que chamaria mais clientes apenas pelo nome?

      Esses seus 2,79% am tem criptomoedas dentro ou apenas acoes, fiis e RF?

      Como vc falou, realmente estou pagando pra trabalhar, na esperança de que um dia o jogo se inverta, como eu calculei naquele post, 52 meses se mantiver com esses 10k na média de lucro mensal liquido.

      Pra minha empresa pequena a conta é muito simples:

      Faturamento 100k exemplo
      Royalties 8% + Simples 8% (imposto) 16k
      Folha (incluindo contador + fgts + inss) 22k
      Utilidades (net + agua + luz + monitorizacao segurança + telefones) 500 + 500 + 500 + 300 + 1000 = 2800 (valores aproximados)
      Custo do imóvel (não pago aluguel mas vou considerar os rendimentos que deixei de receber por ter desinvestido de ações e fiis como sendo 8k mensais).

      Descontando tudo isso de 100k, dá 51,2k de sobra, o que seria o lucro mesmo, podendo retirar mais uns 2k como sendo de depreciação. Lõgico que nunca faturei 100k num mês, mas esse custo fixo é praticamente fixo mesmo.

      Como se vê meu custo fixo é de 32,8 ou 33k pra arredondar.
      PRa eu lucrar 10k tenho que faturar os 10k acima disso. E eu ainda tenho mt espaço pra crescer pois a empresa ainda está ociosa em relação a nossa capacidade de atendimento, se essa ociosidade diminuir o lucro vai subir muito.

      Abraço!

      Excluir
    3. O regime tributário simples esta para ser alterado.
      Você só paga menos imposto enquanto estiver enquadrado nas regras do simples nacional. E vai mudar muita coisa este ano pelo que andei estudando.

      https://www.contabilizei.com.br/contabilidade-online/novo-simples-nacional/


      E quando você atinge um tamanho maior, você não mais vai estar enquadrado nas alíquotas padrões.

      Acho que tem alguma inconsistência nesta conta ai, pergunta para seu contador como é regime tributário do simples nacional porque partir de certo faturamento esta alíquota ai até dobra.


      Sobre minha rentabilidade:
      A rentabilidade de ações e Fundo imobiliários 0% cripto moedas, este ano passo dos 500 mil, e meu aporte médio é de 3.000 mil reais.

      No seu caso aporte médio de 20 mil reais + , se propondo estudar mercado acho que dava para você tirar 12% a.a fácil.



      Como falei analiso empresas o tempo todo e não vejo muita margem de sobrevivência na maioria dos negócios no Brasil.

      Vem ai também desoneração da folha de pagamento que vai aumentar custos das empresas.

      A medida visava atrair mais empregos, mas isso não ocorreu por diversos motivos.


      http://suportecont.com.br/saiba-como-vai-funcionar-a-desoneracao-da-folha-de-pagamento-em-2018/

      Pelas sua contas a 33k você precisa faturar 43 mil por mês para ter lucro ( Levando em conta que os custos se mantenham os mesmos ) Na faixa mais baixa de tributação.


      Se você faturar 43k a.m x 12 = 516 a.a

      Lucro = 10.000 x 12 = 120.000
      Margem líquida = 23,26%


      Contras :
      - Sazonalidade das receitas
      - Aumento de custos nas faixas mais altas de
      - faturamento
      - Aumento de custos em insumos e mão de obra.

      A conta sobre royalties geralmente é cobrada sobre faturamento bruto, ou seja custo aumenta junto ao faturamento, faturou mais, paga mais! o mesmo acontece com ICMS, PIS, ISSs etc O custos com impostos não são fixos, mas variáveis de acordo com faturamento desde que consiga manter as mesmas margens de lucro não há problema nisso.





      Margem líquida sobre faturamento bruto


      Consequentemente o mês que você fica baixo na linha média do faturamento mínimo vai entrar como prejuizo ( Uma vez que o custo oportunidade do dinheiro Brasil é de pelo menos 8% a.a)

      Logo sua margem real descontado custo oportunidade é de aproximadamente 15% a.a.

      As contas são complexas e acho bem baixa estas margens uma vez que para se trabalhar com baixa ociosidade a economia tem que estar indo de vento em poupa.


      Lembra do dilema de graham, nunca trabalhar com margens apertadas.

      Se possível: Posta uma DRE desde faturamento bruto gente analisar mais a fundo este negocio.





      Excluir
    4. Rapaz, esses comentários são uma verdadeira aula!

      Show de bola

      Excluir
  3. Parabéns Frugal. Tenho empresa também e sei bem a dificuldade que é alcançar essa marca, e o alívio que ela trás. Agora, é correr atrás do lucro!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa JW blz? Pois é, ainda me resta pagar algumas coisas da implantação, estou ampliando a rede interna, comprando servidor, roteadores, cabeando tudo, colocando ar condicionado e após isso estará tudo resolvido. As coisas parceladas no cartao de credito vão até fevereiro de 2019, e após isso não vou ter mais nenhuma parcela a vencer de nada, aí vai ser correr pra colocar o lucro pra pagar logo o imóvel. Obrigado pelo comentário.

      Excluir
  4. Por curiosidade, oq te levou a trilhar o caminho do empresariado e deixar o de i vestidos? Possibilidade de acelerar a IF ou apenas vocação?

    Sr. IF365

    Blog do Sr.IF365 | Acompanhe meus últimos 365 dias antes da IF e Aposentadoria Antecipada
    www.srif365.com

    www.srif365.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. OPa If365, blz?
      Amigo, foi muita coisa, acho que já falei sobre isso mas nunca vou saber ao certo. Vc já leu um livro que se chama "O andar do bêbado"? Nele a gente aprende um pouco sobre o processo de tomada de decisão.

      Acho que o principal foi diversificar minha fonte de renda, pois ano a ano a margem vem caindo e o trabalho aumentando e isso está muito cansativo. Esse mês nossa empresa principal sofreu mais alguns cortes e estamos perdendo mercado e pacientes, aqui no Brasil os grandes planos de saude como Amil, Bradesco e Sulamerica estão ficando muito caros e muitas pessoas estão indo pro SUS ou para planos mais populares e horríveis. Nesses planos populares o calote em cima dos profissionais de saúde e prestadores de serviço é uma constante. O horizonte pra quem trabalha na saude no Brasil é ganhar cada vez menos e trabalhar cada vez mais. Acho que em mais 4 anos eu vou chegar onde eu quero, de uma forma ou de outra. Abraço!

      Excluir
    2. Brasileiro prefere gastar em carro e Apertamento caro em vez de saúde.

      Não duvido que muita gente esteja indo para o SUS por falta de dinheiro.

      Excluir
    3. Tem sim MD, os planos tradicionais estão com reajustes surreais. Várias empresas não conseguiram mais segurar os planos e estao mudando para planos mais populares, aqui no norte e nordeste, no caso é o HapVida. Em SP eu sei que tem o green life que é mais popular, mas não sei se é tao barato. Saúde está com uma inflação nas alturas.

      Excluir
  5. Empreender é difícil.

    Boa postagem mostrando os pros e contras.

    Quando dá certo é muito bom, mas quando dá errado é muito complicado.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É DIL, só vivendo pra saber o dia a dia mesmo.
      Não dá pra teorizar o que se sente ao longo do dia, ao acordar e antes de dormir. Por enquanto começou a dar certo, mas é um equilíbrio muito frágil ainda. Abraço!

      Excluir
  6. Oi Frugal, já tive muita dúvida sobre empreender através de uma franquia.
    Seu post mostra o lado do franqueado com muita realidade. Parabéns e sucesso nos negócios!!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Papai, o cara paga pra trabalhar, essa que eh a verdade, e ficar acima dos 1% líquido mensal é mt dificil. Ficar na bolsa é muito bom, empreender, mesmo com franquia é muito mais arriscado do que eu imaginava, passei um perrengue grande por aqui mas as coisas estão melhorando. Abraço!

      Excluir
  7. excelente post.

    parabéns pela persistência.

    abs!

    ResponderExcluir
  8. Poxa, admiro esse tipo de persistência. Parabéns Frugal. Te desejo sucesso.

    Fica com Deus e um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu poupador. Certas coisas só com a ajuda do tempo são resolvidas. Abraço!

      Excluir
  9. Frugal, eu não tenho dúvidas de que o turnaround irá se consolidar em breve, você tem o conhecimento e paciência necessários para fazer o negócio dar frutos, mesmo num ambiente inóspito como o Brasil.

    Abraço do DM!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Mascada! No começo é assim mesmo, praticamete o cara paga pra trabalhar. Espero melhorar mesmo. Um abraço!

      Excluir

Postar um comentário

Postagens mais visitadas deste blog

A chegada ao quarto milhão de reais (ou quase um milhão de dólares).

O que importa é o processo.

E se eu morrer hoje?