Translate

quarta-feira, 7 de fevereiro de 2018

Comparando investir na bolsa com empreender




Passei quatro anos investindo pesadamente na bolsa de valores do Brasil, juntei um bom dinheiro lá e estava numa boa condição para continuar, mas retirei quase todo o meu capital para empreender com uma franquia na cidade que estou morando e de quebra comprar um imóvel de valor elevado.

O que aprendi até agora com isso?

Muita gente que empreende pensa isso " Por quê fui me meter nisso"? Talvez principalmente no primeiro ano que é o mais cruel sem dúvida alguma.

Eu ainda estou nessa fase altamente instável e estressante, gastando dinheiro num buraco fundo sem fim e tendo pouco retorno, muito trabalho e muita amolação.

De uma coisa eu sei, o amadurecimento está sendo enorme, o aprendizado, a vivência, a experiência no mundo comercial do setor privado, as relações com empregados, fornecedores e etc.

Vamos começar pelo começo:

É MUITO BOM INVESTIR NA BOLSA!


O povo brasileiro desconhece esse fantástico instrumento de investimento, confortável, simples de analisar (pra quem estuda e lê), o bolo sempre crescente, os aportes mensais, os dividendos, o crescimento da carteira, a DIVERSIFICAÇÃO entre várias empresas e consequentemente do risco, a liquidez e o dinheiro praticamente no bolso o tempo todo, ninguém te amola, única preocupação é ler um balanço anual de cada empresa e declarar tudo certinho no Imposto de Renda.

Hoje eu tenho ABSOLUTA CERTEZA que nasci pra investir na bolsa para todo o sempre, seja a brasileira ou seja no exterior. É um investimento seguro, conservador, líquido, fácil de operar, de analisar e de manter.

Fazendo tudo certinho, comprando empresa boa, ou bons ETFs no exterior você pode acumular riqueza para sempre e de forma racional, organizada e lucrativa. PONTO. Sem procurar bala de prata, sem procurar empresa falida, sem procurar agulha no palheiro, sem grandes apostas, sem jogar dinheiro no lixo, apenas comprando empresas boas e topo da pirâmide como diz o Mille.

A possibilidade de você quebrar ou falir fazendo isso na bolsa é mínima. Você pode não ter retornos espetaculares de 15-20-30% a.a mas tudo bem, uma média histórica de mais de 6% além da inflação sempre estiveram do lado de quem investiu no SP500 ou ibov ou mesmo na bolsa da Suécia.

Eu nunca havia me dado conta do quanto era bom estar dentro da bolsa só vendo o bolo crescendo, reinvestindo, vivendo minha vida, olhando ali de vez em quando a bola de neve subindo e reinvestindo os dividendos, bons tempos. Espero que em 2019 eu volte pra bolsa com um pé direito e aportando 80% do meu salário + os ganhos da franquia (após fazer uma boa reserva de emergência para a PJ).

Sabe aquela ex-namorada que era muito boa pra você, o namoro era excelente e a relação maravilhosa e você não se dava conta disso? Pois é, esse é o meu caso com a bolsa brasileira e também a global. Voltarei e não mais sairei até o fim dos meus dias na terra. Esse é um ponto importante e uma lição que aprendi.

Você pode achar que estou só falando as vantagens da bolsa e etc etc. que conhece casos de caras que colocaram um apartamento em OGX, outro cara que se fudeu com derivativos, outro cara que se ferrou em COE, operações estruturadas e etc etc etc... blá blá blá

Pessoal, não é a bolsa por si só, era o método que eu seguia, o bom e VELHO Buy and Hold.
Se você quiser aprender já está muito bem descrito por Buffet, Fischer, Bastter, Lírio, Barsi etc...
Estude as empresas, compre empresas boas, sem dívida descontrolada, FCL positivo e crescente, coisas sem pendências jurídicas, sem dívidas enormes ou em outras moedas, compre um pouco de cada.

ESQUEÇA A GRANDE CACETADA, ESQUEÇA A BALA DE PRATA, ESQUEÇA A AÇÃO QUENTE, ESQUEÇA COMPRAR EMPRESA COM PL DE 3-7, ESQUEÇA TRADE, ESQUEÇA ANÁLISE GRÁFICA, FUJA DE DERIVATIVOS.

Empresa boa é CARA. PONTO. Uma empresa boa dificilmente vai ter PL menor do que 10. Um PL de 10-15 é muito tranquilo e bom de comprar se a empresa for boa. De 15-20 normal para uma empresa realmente boa e sem rolo. Acima de 20 aí já tem que ser uma empresa excelente e com muita perspectiva de crescimento, então vá com calma nessas. É só isso.

Contei acima as vantagens do Buy and Hold, de investir na bolsa, de ser tranquilo no mercado, de ver o bolo crescer e ficar de boa trabalhando e aportando. Agora vamos pro negócio que entrei.


QUAL A DIFERENÇA DA BOLSA PRA UMA FRANQUIA?


RISCO, RISCO, RISCO, RISCO, RISCO


Você vai correr um risco absurdo empreendendo, MUITO GRANDE MESMO, vai imobilizar MUITO DINHEIRO, algo em torno de 300-600 mil reais se for uma franquia boa (e essas que valem mais a pena do que franquia barata). Vai comprar um emprego, uma ocupação e um trabalho (que será o seu segundo trabalho caso você já tenha um, ou o seu único trabalho se você se dedicar exclusivamente a isso). Seu celular vai tocar muitas vezes por dia, TUDO vai acontecer, e você vai ter que resolver (se não tiver sócio).

Torneira pingando, internet caindo, goteira, dúvidas se alguém invadiu o imóvel, preocupação com segurança pessoal e patrimonial, comprar e equipar a loja, abrir empresa, pagar contador, impostos, folhas, tirar licenças, obras, franqueadora amolando, ir atrás de clientes, atender os clientes, abrir uma conta em banco pra PJ, cartão de crédito, maquininhas de cartão, contratar empregados, demitir empregados, intermediar brigas entre eles, fazer planilhas, ter dinheiro pra injetar no negócio, ficar no vermelho vários meses, receitas muito pequenas, contas novas chegando (água, luz, internet, telefones, royalties, impostos, folha, boletos, produtos pra receber e conferir e vender e pedir tudo de novo, comprar insumos, material de limpeza, coisas para comer, café, açucar, material de escritório, grampos, papel, tinta de impressora, caneta, clips, grampeador, copos descartáveis, câmera de segurança, roteador, etc etc. etc etc. etc. Mil coisas de uma lista que nunca acaba e todo dia tem mais pedidos de mais coisas.

É uma coisa que hoje em dia eu vejo como um risco muito elevado para um possível e provável retorno que apenas se a coisa der muito certo vai ser maior que na bolsa, coisa que 2% ao mês vai ser extremamente difícil de acontecer, eu acho que pode estabilizar em 1-1,5% ao mês já numa hipótese muito boa. Além do mais é UMA EMPRESA SÓ. Se quebrar já era, foi embora todo o seu dinheiro num tiro só. Se fosse na bolsa você perderia apenas 1-2% do seu capital aplicado no total (variando com sua alocação de ativos), ou seja, se uma empresa da bolsa quebra, e você está nela, sua vida muda praticamente nada.

Eu fui muito intempestivo? Sim, talvez. Mas não sei ser de outra forma, nem sei se outras pessoas que entram em franquias também não o são nesse momento. Não tem como calcular tudo e ter tudo na mão, tudo é incerto, você tem que pagar pra ver, tem que seguir a sua INTUIÇÃO de que o negócio pode decolar no lugar que você pretende fazer. O cara que lhe diz que começou uma empresa afirmando que certeza iria dar certo é um tremendo mentiroso, ou iludido. É simplesmente impossível prever, mas é muito gratificante e alegre quando você vê os clientes chegando e entrando no lugar, eu fico muito feliz.

Do meu lado tenho o plus de um belo imóvel em bairro nobre, já reformado e ampliado, onde dobrei a área construída e posso utilizar boa parte dele para outra coisa, ainda em estudo, como alugar pra uma empresa inteira, ou fatiar ele e alugar salas comerciais individuais, isso pode funcionar como um pequeno seguro, e ainda não pago aluguel e tenho uma boa sinergia com a marca franqueada que cai muito bem num espaço diferenciado, claro que eu poderia fazer num imóvel de padrão bem menor, mas perderia muito do apelo, do marketing, enfim, estou contando aqui que fiz dois grandes investimentos, um é o imóvel em si, com obra de expansão, e o outro é a franquia em si, que traz muitos problemas todos os dias, mas está começando a se pagar. E por falar nisso:






APESAR do meu FC total de Agosto para cá estar em -80 mil, este mês, as receitas superaram as despesas em 5 mil reais, claro que é uma época ainda meio ruim Janeiro pois todos estão se preparando pro carnaval, e de fato acho que o ano só vai começar depois da festa mais popular do país, mas esse pequeno lucro é pra comemorar, e espero aumentar ele já agora no fechamento de Fevereiro.

Pelo que estou projetando aqui, depois de Março devo ficar em R$ 10 mil mensais de lucro (lembrando que não pago aluguel), e dessa forma esse dinheiro pode pagar a prestação do financiamento (que está começando em 8,5k), então já ficarei bem feliz.

Se eu conseguir mais uns 8k alugando parte do imóvel vou ter um FC positivo em 16k mensais que serão somados ao aporte para liquidar o valor devido do imóvel, se isso tudo der certo de maio a dezembro vou ter oito bons meses para me reerguer das cinzas, 16x8 daria 128k para abater do valor do imóvel e mais pelo menos uns 20k que vou aportar do meu salário normal, daria pra matar mais da metade da dívida do imóvel apenas em 2018. Sonhar não custa nada pessoal.

Agora outra coisa é esse lucro aumentar bastante e ficar acima de 20k mensais, aí sim seria o paraíso, e também seria justo pois o gasto total nessa coisa toda está em praticamente R$ 2 milhões, mas isso só o tempo dirá, quem sabe daqui pra agosto eu chego nisso? Vamos trabalhar para isso.

E o que aprendi de tudo isso?

Bem, se eu estivesse na bolsa deveria estar com uns 2,2 milhões em patrimônio hoje apenas dentro da bolsa, principalmente depois da subida da bolsa em 2017, mas não dá pra contar apenas com o curto prazo ou prazo imediato, quem sabe eu estarei muito melhor daqui a 5 anos, franquia bombando, quem sabe outra unidade, quem sabe o mercado imobiliário se recupera e eu consiga vender o imóvel com um bom lucro e ajudar na minha aposentadoria precoce? Ou vender apenas a franquia com o Equity bem maior (franquias tem uma boa liquidez se a marca for boa, e dependendo do seu balanço você pode ganhar um bom dinheiro vendendo ela).

Empreender é dar uns 50 passos para trás para depois dar um salto com vara lá na frente. Lembrem dessa frase.

Então estou tranquilo pessoal, boa parte do stress já passou, embora todo dia seja um longo dia, me virando em dois, e etc. Também não vejo a hora de me livrar dessa dívida e ficar totalmente no azul na PF e na PJ e colocar todos os ganhos na bolsa novamente.

Grande abraço!

Frugal

50 comentários:

  1. Boa noite, Frugal Simples... acompanho seu blog há muito tempo, irei criar o meu em breve. Primeiramente, a vida sempre será difícil msm, anônimos imploram pela fama, estes imploram pelo anonimato, e assim vamos lamentando pelo que não escolhemos e, de certa forma,reconhecendo com descrição nossos acertos. O segundo aspecto que quero comentar não tem muita relação com sua postagem, só gostaria de ouvir sua opinião e dos confrates da blosfera a respeito do meu caso. Sei que o sr é médico, como profissão, Frugal, sou estudante de medicina e gostaria que me relatasse, pelo o que tens visto, como está o mercado de trabalho. Estou perguntando isso, pois abriram muitas faculdades de medicina e sinto que talvez não terei uma remuneração condizente com minha dedicação na faculdade. Estudo em uma faculdade federal, tenho como plano, caso o mercado fique muito difícil, analisando custo-beneficio, fazer a prova da PM e me tornar oficial, pois meu sonho sempre foi esse. De qualquer forma, agradeço desde já, grande abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O cenário no Brasil é horrível. Aprenda inglês e estude desde ontem pro usmle nos EUA. Já faça sua residencia lá e fique por lá. É totalmente factível.

      Se um dia na rua descobrirem que vc é oficial da PM sua cabeça estará a prêmio e o crime organizado no Brasil vai atingir níveis inimagináveis.

      Abraço

      Excluir
    2. Olá estudante, vou tentar responder sua pergunta por experiência própria nas forças armadas (PM é força militar auxiliar). Acho uma boa idéia vc entrar como oficial médico nas forças armada, pois são os únicos que tem o privilégio de trabalharem em suas respectivas áreas de atuação. Além do mais, muitos trabalham somente meio expediente no quartel e num consultório particular ou hospital a tarde/manhã. Ou seja, vc irá ganhar além do salário de oficial, vai ganhar tb nos plantões/clínicas/hospitais que trabalhar.

      Sobre o que o Frugal disse dos PMs, não é bem assim que ocorre. Vc pode facilmente evitar isso, escondendo sua identidade militar e não andar por aí fardado. Somente policiais operativos que vão pras ruas, que acabam sendo vítimas, mas não é seu caso.

      Excluir
  2. Investir em uma carteira diversificada é bem menos arriscado do que empreender numa franquia de preço alto.

    Nos investimentos voce tem um pequeno percentual em cada empresa, já na franquia, muitas vezes, tem todo o seu dinheiro, mais dinheiro emprestado.

    Claro que caso a franquia de certo o lucro pode ser bem maior, mas se der errado, como é muito dinheiro é uma divida grande com o banco.

    Abraço e sucesso na sua franquia!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É amigo. Investir 500-600k pra comprar um trabalho de 40h semanais pra ganhar 10-15k liquido é como se fossem o rendimento do seu investimento mais o seu salario de gerente.

      Na verdade vc só está comprando um emprego que ninguem vai te demitir.

      Excluir
  3. Olá Frugal,

    Legal essa frase, está anotada - "Empreender é dar uns 50 passos para trás para depois dar um salto com vara lá na frente"

    Sobre sua caminhada, ainda bem que está com menos stress e parabéns pelo lucro. Sua série é de tremenda inspiração por contar esses pormenores. Estou acompanhando e na torcida!

    Abraços

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu InglÊs.

      Por falar nisso, esse ano vou tirar um tempo pra melhorar o meu ingles também.

      Espero chegar aqui em Maio ou Junho e postar um bom resultado da empresa.

      Abraço!!

      Excluir
  4. Eu já tive esses lampejos e volta e meia tenho de ter meu proprio negócio, mas realmente não tenho um perfil aguerrido e guerreiro, então investir se tornou mais interessante para mim, ser sócio de quem tem o perfil e contribuir com o meu perfil e estilo. Segue firme, apesar de como disse estar tudo num tiro só, você foi muito inteligente adquirindo o imovel e tendo parte dele para que possa gerar novo fluxo de caixa. Logo vai estar na bolsa novamente investindo ainda mais em bons negocios.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu pela torcida Cleber.
      Essa parte do imóvel também vai ser complicado de começar mas espero que dê certo. Tem muita manutenção pequena pra fazer, mas aos poucos as coisas vão se resolvendo.

      Espero postar boas notícias aqui.

      Abraço!

      Excluir
  5. Frugal,

    O valor que você gera para a comunidade com esses seu relatos é inestimável.

    Que bom que as cosias estão apontando para melhor agora.

    Você deve agradecer a você mesmo por ser um cara pé no chão, inteligente e que tem noção completa sobre o investimento que fez/está fazendo. Nos seus primeiros posts você "previa" muito bem esses momentos antes do break-even etc e soube calcular os riscos.
    Imagina que há milhares de brasileiros fazendo loucuras de aplicar todo patriminio numa tacada só em alguma empreitada e não tem nem 1% do conhecimento que você tem sobre riscos, retorno e planos de emergencia?

    Também tenho um negocío que já roda há alguns anos, e pode ter certeza, passado essa parte estressante inicial, quando as coisas decolarem e você consegui delegar as funções, você vai agradecer pelas decisões tomadas.

    Absss!!
    AlemMar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa amigo, acho que vc é novo por aqui, seja bem vindo.
      TEnho muitas duvidas sobre negocios proprios, é um mundo muito fechado que poucas pessoas comentam ou não sabem, tipo, qual é o seu ROE, qual é sua margem, quanto você lucra por mês, quanto investiu e etc...

      Tem mt comerciante que não faz idéia disso.

      Acho que o estudo de empresas da bolsa e de alguns negócios dentro dela ajudou um pouco, além de noções de finanças que eu tinha. Espero que esse ano o negócio pegue de vez e eu pare de correr atrás da cenoura do lucro e do FCL positivo, e que isso fique pra sempre no passado.

      Ah sim, outra coisa boa é que não depende do governo, o governo não é meu cliente, isso me anima mt tb.

      Abraço!

      Excluir
    2. Oi Frugal,
      Antes comentava como anonimo e assinava embaixo. Muito obrigado pelas boas-vindas.

      E sim, de fato, você já começou com uma vantagem inestimável: Conhecimento avançado em finanças.

      Abssss!!

      Ps: Assim que puder, publique mais aqui. Como acho que vem notado, suas publicações são as que mais engajam comentários na finasfera atualmente.

      Excluir
  6. Apesar da correria vou postar algo por aqui: No sentido desabafo! Principalmente para quem quiser ouvir minha opinião, quem discorda respeito, mas saiba que as estatística depõem contra.


    O que você falou não é novidade para quem esta no meio e possui parentes no meio.

    Por ter noções de contabilidade fiz um post falando sobre isso na época que você entrou para franquia. Lembro claramente que na época você tinha algo em torno de 1.300 em ativos geradores de renda , sendo mais de 800 mil em ações de boas empresas;seu aporte sempre foi elevado algo em torno e 20.000 + a.m.

    OBS :Na época você comentou que era fruto de muito trabalho , mas porque seria diferente com franquia? Também fiquei se entender esta parte. Ganhar dinheiro no Brasil é muito difícil seja empreendendo ou mesmo trabalhando.

    Outro ressalva que sempre bati na tecla: Para quem aporta grande somatórias mensais esta filosofia de compre a qualquer preço porque se trata de uma boa empresa é furada, basta ler qualquer livro de valuation e matemática financeira para dissertar sobrar esta questão

    EX: Quem compra ambev atualmente tem chances grande perde para qualquer aplicação meia boca conservadora. OBS: O mercado pode subir mas pelo fluxo de capital estrangeiro e pela extrema liquidez global .

    Nada disso tem relação com as operações da empresa , então existe alguma coisas que influenciam preços da ações e pouco tem haver com fundamentos da empresa, uma delas é custo oportunidade global ( Taxa de juros), empresa pode ficar com lucro estagnado há anos como é o caso da ambev mas seus ativos se valorização pela queda do custo oportunidade.

    Emocional VS Racional.

    Aonde quero chegar: Vamos pensar logicamente usando a boa e velha matemática.

    Qualquer fundo imobiliario minimamente decente paga algo em torno 6% a 8% a.a. OBS: na época pagava muito mais.

    Existe boas ações no setor elétrico de transmissão e geração pagando isso atualmente.

    Próprio Itaú na época estava muito barato, eu mesmo cheguei comprar 70 mil reais em ações do itaú que hoje valem mais de 100 mil reais.

    Agora vamos a contabilidade de padaria:

    Uma carteira de 1.500 milhão e meio aplicado uma taxa de 8% a.a, algo fácil de conseguir na época!

    Trazendo para os dia atualmente você receberia em regime de juros compostos 12 mil a.m em média, tudo isso sem dor de cabeça, somando isto com seus aportes de 20 mil reais a.m você teria 32 mil aplicado em regime de juros exponencial.

    Vamos aos cálculos:
    Capital inicial: 1.500.000
    Incidência de juros : 0,60% a.m ( Rentabilidade poupança)
    Aportes: 20.000
    Período 31 meses ou dois anos meio ( Para casar com seus investimentos)
    Total:R$ 2.454.037,27


    OBS: Joguei uma rentabilidade ridícula fácil de conseguir sem correr riscos adicionais em investimentos conservadores, desconsiderei sumariamente rentabilidade ganha com valorização dos ativos que foi grande no período ( Em termos nominais 30% em um ano em capital de dois milhões são 600 mil reais.

    Nos últimos 3 anos foi fácil conseguir 20% a.a de rentabilidade no mercado acionário, principalmente para quem comprou na baixa como foi seu caso.

    Não quero ser crítico nem desanimar, mas analisando centenas de relatórios de empresas todos os dias, chegamos conclusões que as margens são baixas! E da para conter nos dedos empresas com + de 20% de margem líquida, como os custos são grandes e os impostos incidem boa parte sobre faturamento , é muito difícil ganhar neste esquema.
    Pois quanto mais você ganha mais você paga, some isto aos custos com processos trabalhistas , operacionais etc etc Chegamos quantias realmente absurdas investidas para um risco retorno incompatível com a atividade.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Continuação

      Quem dúvida pegue estatísticas das empresas e se atente a este fato.

      Na época comentei que você estava entrando em operação de maior risco com menores retornos em relação sua carteira, mas percebi que você entrou nessa pelo desafio de abrir e conseguir seus próprio negocio, sendo assim pouco tinha haver com números e probabilidade estatística.

      Como preso pela racionalidade acima da satisfação, muito disso porque já me fodi muito seguindo emocional, só entraria neste meio se a relação risco retorno compensar o trabalho que você vai ter com funcionários etc.

      No meu caso prefiro comprar : Engie, Taesas, Itaú etc a correr este risco .

      Este ultimo mês com esta alta ensina vi meus ativos subirem 43 mil em um Mês OBS: sua carteira era 4 vezes maior que a minha.

      No próximo mês vou receber em proventos 5.500 reais aproximadamente só do itaú.

      Não existe empreendimento que pague esta tranquilidade, tudo que você passou já tive vivência durante anos e hoje quero distancia.

      Ficamos estressados, doente e irritados.
      E muitas vezes é preferível até ganhar menos a passar por isso.

      Fica aqui meu desabafo sobre situação de empreender no Brasil, e porque acho que vendem imagem que não condiz com a realidade brasileira.

      Abraço

      Excluir
    2. O Mestre dos Dividendos me fez tomar coragem de vir aqui dar meu pitaco. Estou acompanhando isso desde o começo e quase todo post sobre sua franquia eu esboço um comentário e acabo desistindo de postar.

      Fico muito preocupado com esse seu negócio, assim como o MD disse, vejo que vc entrou nessa 99% pela emoção e 1% pela razão. Não estou dizendo o que é certo ou errado, tb já fiz coisas do gênero e infelizmente me arrependo muito.

      Espero do fundo do coração estar enganado e que suas expectativas sejam superadas num prazo ainda menor que o previsto mas pelo pouco de experiência que tenho vejo um cenário muito difícil, mesmo sem conhecer os detalhes do empreendimento...

      Tenho uma maneira muito peculiar e nem sempre viável de encarar o empreendedorismo, pra mim não existe essa de esperar breakeven, empresa tem que dar lucro no diz 0. Por isso sempre comprei empresas em funcionamento, não tenho colhões nem paciência pra começar do zero e rezar que dê certo.

      Veja que diariamente fecham Drogasil, Extras, Carrefour e até Mc Donalds, se nem os fodões conseguem acertar todas, se até eles precisam despender uma dose de fé em cima de cada operação, quem sou eu pra achar um ponto e montar uma bodega.

      Fazendo uma conta de padeiro não vejo onde esse salto de vara possa cobrir o custo de oportunidade e principalmente, o tempo e saúde investidos nesse negócio.

      Essa é minha opinião, posse ser pessimista mas é o que penso e espero sinceramente que esteja completamente errado.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    3. MD e Corey, suas críticas são muito bem vindas, é bom ter esse feedback.

      Realmente MD, eu nao tiro a sua razão, qnd se coloca os dados no papel eu posso ter perdido em valor financeiro ou então ter muito trabalho pra nada, isso é uma possibilidade. Agora no seu raciocínio que também pensei a mesma coisa tem o viés dos últimos 12 meses da bolsa que foi de subida. E se ela tivesse caído pra 40k? Como ficaria? O patrimonio teria tido uma queda absurda.

      Agora a empresa, independente de onde a bolsa vai estar, estará gerando renda, e a bolsa nem sempre gera renda (meus dividendos em 2017 antes de Julho foram pífios, mesmo com 1.3kk lá dentro).

      É aquela velha dúvida entre renda e patrimônio.
      Conheci franqueados que ganham entre 30 e 40k nesse mesmo negócio, o que é um valor impressionante e no meu caso daria pra viver só disso.

      Outra coisa, é a minha diversificação de fonte de renda primária e de trabalho também, já que na minha área as coisas só pioram e os calotes e atrasos são muito frequentes.


      Enfim tive que pagar pra ver mesmo, e com o FC mensal no positivo isso fica bom, posso ganhar no Equity tanto da franquia quanto na valoração do imóvel, está muito cedo pra comparar ainda, mas é uma possibilidade.

      Se eu tenho dúvidas de que fiz besteira? Tenho todos os dias, mas agora não dá mais pra voltar atrás, é pagar o imóvel, rentabilizar ele o máximo possível e atrair mais clientes pra franquia, aumentando o FC e o Equity por conseguinte.

      Também quero voltar pra bolsa, fiis, TD e tudo o mais, é só uma passagem de tempo pra montar e operar esse negócio e deixar no azul, depois volto com força total. Se isso der errado um dia, eu vou ter aprendido a grande lição de ficar sempre só na bolsa (assim como vocês) e posso ter economizado muito em não ter entrado em outro negócio daqui a 15, 20 anos, que poderia sair bem mais caro e eu não teria mais tempo pra me recuperar nessa vida.

      Corey como vc fez o valuation das empresas que vc comprou?
      Como vc fez o valuation pra vender a sua empresa?

      Também aprendi tanta coisa na bolsa que vou voltar mais maduro nela.

      Abraços!

      Excluir
    4. Frugal, lá no comecinho do meu blog eu falei sobre isso:

      https://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2012/03/empreendedorismo-comprando-uma-empresa.html

      https://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2012/03/empreendedorismo-comprando-uma-empresa_17.html

      https://coreyinvestidor.blogspot.com.br/2012/03/empreendedorismo-comprando-uma-empresa_29.html

      Valuation no comércio no geral é algo bem simples e tosco de ser feito, basicamente vc pega o faturamento mensal (média de uns 6 meses) e multiplica por um fator que normalmente varia pouco e é meio que pré definido pelo ramo.

      Por exemplo: Loja faturando 30 mil, fator 3, preço 90 mil. Aí dentro disso se negocia.

      O que costumava fazer é pegar uma loja dessa de 90k (3 por 1) e compra-la a vista por 60k, investir uns 10k, aumentar o faturamento pra 50 e vende-la à 4 por 1 (porque fazia melhorias na estrutura física, divulgação, etc), a prazo, com juros.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
    5. Frugal você recebia pouco dividendos porque sua carteira era de crescimento.

      Abraço







      Excluir
    6. MD, acredito que na sua conta não entrou o fator "crescimento". Pois, sinceramente, com 1,3kk ainda não se há jogo ganho (na real, nunca há, né?).
      Acredito que a estratégia do Frugal foi em certo ponto emocional, sim, acontece que a lógica dele de crescimento faz muito sentido. Abrir mão de aportes e da carteira por um tempo, para entrar num ramo novo com potencial de lucros/aportes mensais 3x, 4x maiores, mesmo que no caminho passasse por alguns perrengues (o que podemos traduzir por EXPERIENCIAS). Além é uma mudança de percurso: De um mero ~arbitro de valores~ pisicologicos em home broker para empresário, que com todos essas experiências, no futuro, pode abrir muitos outros tipos de negócios (aqui eu não falo mas só do $ e sim do game que é empreender - ou você acha que Wizard, Lemman e cia trabalham por grana?).

      Resumindo: Procuro sempre ver as coisas pela lógica do aprendizado e potencial de ganho. Por mais racional que todo seu primeiro comentário seja, tem nuances que ele não consegue pegar e que simplesmente fazem parte e podem virar a chave e o percurso de uma vida.

      Abssss!!!

      Excluir
    7. O que aprendi na vida convivendo no meio de comerciantes com mais 30 anos de mercado é exatamente entrar em negócios aonde probabilidade de ganho compense o risco envolvido.

      Exatamente isso que Leman, wizard , Flavio augusto fazem.

      Sabe quanto por quanto Flavio augusto recomprou empresa dele recentemente e por quanto vendeu?

      A preço de banana, por ai esta o lucro grande destes caras.

      Leman compra empresas prontas repagina aumentando produtividade, além de ter trabalhado fundando banco garantia. Ele ganhou dinheiro no mercado financeiro por muito tempo, dai veio grosso do dinheiro dele.

      O Banco Garantia foi um banco fundado no Rio de Janeiro por Jorge Paulo Lemann na década de 1970. Durante anos foi considerado um dos mais prestigiosos e inovadores bancos de investimentos do Brasil, sendo, inclusive, chamado pela revista Forbes de "uma versão brasileira" do Goldman Sachs. Foi adquirido pelo Banco de Investimentos Credit Suisse (Brasil) S.A. em 1998 e agora atua sob esta denominação

      Com exceção dos caras do ramo de idiomas, são poucos " Homens de negócios" que criaram um negocio do nada , a maior parte pegou negocio pronto repaginou e vendeu.

      Exatamente como corey falou acima, lendo biografia de varias destes caras bens sucedidos do Brasil que fique claro, a maior parte ganhou na recompra de negocio quebrados.


      Não sei quanto a ti, mas dependendo da margem sabe quanto é preciso de faturamento para conseguir tirar 20k líquido a.m? Muito dinheiro.

      Boa parte dos custos incide sobre faturamento, apesar que o frugal não paga aluguel e isso é muito importante. A única coisa que ele pode controlar neste negocio são os custos, e quanto menor forem estes custos maior será a margem dele.


      Ainda temos aqueles royalties que incidem sobre faturamento dos franqueados junto a boa parte dos impostos.

      A história do leman é muito romantizada também, ele trabalhou no mercado financeiro e veio de família rica o que possibilitou ele alavancar capital dele inicialmente em uma velocidade muito maior do que qualquer um faria aqui.


      A história do carlos wizard e Flavio augusto já são de caras começaram do zero, mas em mercado muito carentes na época, sendo as raposas que são logo dominaram o mercado,mas duvido que o fariam hoje em dia tanto que os mesmo venderam suas empresas quanto atingiram certo patamar e hoje tocam diversos negócios em outros ramos.


      Um dos únicos ramos que vejo fortunas realmente sendo construidas do nada sem suporte financeiro com bastante frequência é o agro negocio.


      No setor de serviços a maior parte herdou fortunas e comprou negocio prontos, ou ficou rico comprando empresas mal ADM repaginando e vendendo quando as operações atingem maturidade.


      No setor de siderurgia nos anos 80 era mais fácil ficar rico, hoje com aço chinês fodeu geral.

      Setor de construção foi há época , hoje a renda se descolou do preços dos imóveis.

      Acabou aquela época onde você comprava imóvel e via imóvel valorizar 20% a.a.

      Ninguém tem mais dinheiro para comprar imóvel hoje em dia, pois qualquer muquifo na periferia é vendido por 500k. Se quiser pegar um apartamento de 60 m2 num bairro nobre vai pagar no mínimo 800k.


      Abraço










      Excluir
    8. Outra coisa que passou batido nos comentários é que as maiores fortunas hoje são feitas em setores de capex baixo e de tecnologia.

      Resumo um bando de nerds com computador e ideias revolucionarias investem suas parcas economias em criação de produtos ou serviço com mínimo de dinheiro.

      Resumo: Para montar uma fintech você precisa de pouco capital e por isso anda se tornando um setor promissor para quem visa investir o mínimo e tentar a sorte.

      Negócios tradicionais demandam muito capex e por isso são de maior risco no que tange gestão de risco.



      Abraço


      Excluir
    9. Muito legal sua contribuição MD.
      Acho que o Além Mar falou algo que eu sentia mesmo, sobre a possibilidade de crescimento, e como você falou, a minha carteira era de crescimento, ainda me sinto numa fase de arriscar, talvez esse tenha sido meu primeiro e único negócio fora da bolsa, mesmo se der certo.

      De acordo com esses lucros vindouros e após o pagamento do imóvel vou reconstruir novamente minha carteira de ações, fiss e RF e aumentar o aporte. Na verdade mesmo, esse sempre foi meu objetivo, dar uns passos para trás para poder aportar mais, outra coisa é que acho que eu não iria segurar minha renda e meus aportes na minha profissão por muito tempo, pois é extrememente cansativo passar o dia dirigindo pra lá e pra cá e trabalhando tb nos fds sem férias, e sem poder ficar doente, pois a renda cairia 100%, eu até tenho um seguro de acidente pessoal mas seria apenas o prêmio para sobreviver por uns 6 meses, e depois nem isso.

      Se tudo for dando certo, acho que no máximo em Março/2019 recomeço a comprar minhas ações.

      Excluir
    10. Se eu tivesse feito um buy and hold das minhas lojas com certeza teria uma excelente renda mensal, mas o pulo do gato foi justamente não fazer isso. O custo dessa renda mensal proveniente de lojas é altíssimo, digo que não vale a pena. Transtornos com funcionários, períodos de fraco movimento, burocracias em geral, concorrência... tudo isso onera muito o custo. Ter comércio somente compensa basicamente em duas situações:

      Você tem uma loja e trabalha nela, ela é seu emprego.

      Você tem muitas lojas a ponto de ter uma equipe que toque-as praticamente sem o seu trabalho.

      Qualquer coisa no meio disso acaba sendo mais trabalho que retorno. Era nesse meio que eu estava e por isso saí.

      O pulo do gato é justamente ganhar dinheiro comprando barato e vendendo caro, assim como qq outro negócio na vida.

      Abraço!

      Corey

      Excluir
  7. Fala Frugal, que notícia boa! Consolidando o FCL positivo agora, as coisas ficam mais fáceis.

    Já falei antes aqui no seu blog e repito: empreender no Brasil é mesmo para heróis...

    Você já sabia minha posição anteriormente, nunca tive disposição para tal empreitada, justamente por pensar como o Mestre que escreveu aí em cima. Continuo na minha toada e tranquilidade, mas como para você o sentido de "desafio" foi enorme, acredito que sairá muito fortalecido de todo esse processo.

    Grande abraço e rumo aos 20K :)

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Amigo, legal voce aqui. Tem que ser herói e doido pra empreender, é muito dificil concorrer com a bolsa como pontuou o MD e o Corey, mas estou tentando.

      Valeu pela torcida. Quem me dera chegar logo nesses 20k.
      É bem legal ver o que a blogosfera tem a dizer sobre isso.

      Eu vejo cada espelunca funcionando e dando lucro que penso que não é possível que eu não possa fazer uma coisa legal e que se mantenha também, mas tudo é meio empírico, é bem difícil mesmo.

      Eu sou um pouco novo ainda, mas espero chegar aos 40 bem tranquilo, talvez quem sabe só com aplicações financeiras igual vocês, gigantes da blogosfera.

      Um abraço!

      Excluir
  8. Olá FS,

    Excelente post. Bom que a receita está aumentando.

    Qual é o setor da sua franquia?

    Abraços.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Opa CI blz?

      Eu prefiro não falar pois fica muito fácil descobrir, mas não é comida, nem roupa, nem jóias, e não é loja de shopping, essas coisas é pro cara ficar doido. É só serviços mesmo. Um abraço!

      Uma franquia que pensei em abrir foi a Pandora, de jóias, li o Annual Report e gostei muito do que vi. Outra que poderia dar um dinheiro é a da MAC de maquiagem pra mulher, vende como água, mas a trabalheira doida, mt coisa miúda pra roubarem e o troca troca de funcionários é desestimulante.

      Abraço!

      Excluir
    2. Obrigado pela resposta. Pensei em serviços mesmo.

      Abraços.

      Excluir
    3. Sei não tenho um palpite de qual franquia se trata... se é o que estou pensando é talvez a única opção onde eu teria coragem de investir.

      Excluir
    4. Bom apesar de todas as análises dos amigos acima, está cheio de exemplos de sucesso por aí, ainda está no começo, quem sabe daqui 1 ano você estará fazendo um post de como foi dificil no começo e que está tudo nos eixos? torço por você, capacidade já está mais que demonstrado que não lhe falta !!

      Excluir
    5. Verdade Stifler, espero mesmo escrever esse post. Está sendo bem difícil, mas o pior já passou. Depois vou voltar a escrever sobre essa fase e esmiuçar mais. Abraço!

      Excluir
    6. Corey, tem umas de serviços mt boas, de depilação, de beleza, de emagrecimento e etc...

      Esse mercado de beleza feminina não tem muita crise não, os salões de beleza aqui estão bombando, e o ticket médio é bem alto. A classe média e média alta, tem mulher que gasta um salário mínimo por mês em salão de beleza. É uma coisa a se pensar.

      Excluir
  9. Excelente Post e discussão de alto nível! Frugal, continue postando, estamos todos apredendo muito! Desejo muito que o negócio decole.

    Abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu JJ, obrigado pela torcida. É muito bom esse feedback de vocês.

      Excluir
  10. Grande Frugal,

    É isso aí meu caro, a bolsa de valores sim que é a coisa mais democrática do MUNDO, isso sim é democracia, permitir que qualquer zé possa ser sócio das melhores empresas do mundo!

    Veja a minha nova carteira de ações global por exemplo, comprei Microsoft no ano passado, e a bichinha está bombando, rsrs.

    Desejo sorte em seu empreendimento e no retorno ao mercado financeiro!

    Abraços e sucesso meu caro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É livre, sp500 bombando, muitas empresas subindo, EUA ficando cada vez mais rico, e era isso que eu achava que ia acontecer com o Trump lá. Ainda tenho um troco lá, uns 10k U$, vou ter que trazer pra cá pra pagar as contas, mas ganhei uns 15% na minha carteira global.

      Gosto muito da Disney e acho que vale a pena ter.
      Eu tenho blackrocks, cvs, google e berkshire.

      Abraço!

      Excluir
  11. Bom dia, Frugal! Te acompanho desde muito tempo, mas confesso que não sou muito ativo nos comentários. Gostaria de te agradecer pelos posts cara, são realmente de grande valor, coisa difícil de achar na blogosfera ultimamente. Parabéns por dedicar seu escasso tempo para contribuir de alguma forma, isso é invejável. Torço muito pelo seu empreendimento e tenho certeza q vai dar certo pela sua competência. Abraço.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu amigo. Meu tempo vai melhorar um pouco depois de terminar tudo da implantação e obra e sair do prejuízo, agora falta muito pouco. Vou começar a postar aqui os Fluxos de caixa mensais, e claro, comentar sobre o andamento do negócio.

      Abraços!

      Excluir
  12. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  13. Eita, tu tinha colado uma coisa nada a ver no comentário de antes, que estava no ctrl+c kkkkkkkk
    Voltando.
    "Empreender é dar uns 50 passos para trás para depois dar um salto com vara lá na frente." Tomara, eu tbm estou começando a empreender e fico com um pé atrás, afinal o Brasil não é para amadores, claro que um escritório contábil é bem mais simples mas mesmo assim da um certo medo.

    Sucesso aí Frugal, abç

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande CP, blz?

      Nao sei a cidade ou regiao que vc mora, mas talvez valha a pena dividir os custos do escritorio com outros contadores ou advogados. Também agora está na moda o escritorio compartilhado que você só aluga a sua mesa, lá em Lisboa custa 100 euros uma mesa pra um mês, com internet rodada, agua, café. Eu fui visitar um amigo nesse lugar, achei bem bacana, tudo no carpete, com persiana, plantas, uma coisa alto nível mesmo.

      CP essa coisa de empreender tem a ver com saber que vc é capaz de montar algo pra ganhar dinheiro, e nao depende de governo ou de outras pessoas para poder progredir. É um auto desafio que vc se propõe. Abraço!

      Excluir
  14. Só aulas..aulas no post, aulas nos comentários 👏👏👏👏👏👏👏
    Deus abençoe sua trajetória.
    Abc

    ResponderExcluir
  15. Bom dia Frugal, muito bom seu relato. Estou na torcida para que dê certo também.
    Acho que vc escolheu o setor certo, pois no comércio a margem é cada vez menor, e com serviços geralmente é maior.
    Vc já tem o imóvel, já eliminou o aluguel, agora é faturar.
    Abraços!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu Leonardo, obrigado! Dizem que setor de serviços é de 20-25% de margem de lucro, então pra lucrar uns 10k por mes tenho que faturar no mínimo uns 50k, é um desafio e tanto e acho que vai demorar um pouco, vou informando durante os posts como é que está a situação.

      Excluir
  16. Olá Frugal! Conheci a blogosfera recentemente e criei um blog também. Sou iniciante nos investimentos e ainda não trabalho, mas quando trabalhar o meu salário vai ser pequeno. Pretendo ao longo dos anos juntar para empreender, e a minha ideia é justamente comprar uma franquia. Sabia que mesmo com uma franquia a pessoa tem que trabalhar muito, mas nunca tinha visto um relato de um franqueado dizendo que não está tendo lucro nos primeiros meses e que está trabalhando tanto assim como você. Para mim isso acontecia mais com quem montava o próprio negócio sem ser franquia, já que não tinha nenhum know-how. Achei a sua postagem muito útil e de grande valia, porque nos coloca na realidade, e os comentários também são de alto nível. Os comentários do Mestre dos Dividendos e de Corey são mais pessimistas quanto ao empreendedorismo, mas os leio com atenção e com respeito porque é sempre bom ouvir opiniões diferentes e lados diferentes de uma moeda, e também já tinha lido outros posts no Blog do Corey sobre esse tema.

    Vou ler as suas postagens antigas para acompanhar a sua história desde o começo, e passar a lhe acompanhar a partir de agora. Torço para que você consiga chegar num lucro futuro que faça todo esse trabalho de agora valer a pena (e que isso possa fazer você também trabalhar menos, porque acho que não adianta ganhar muito se você trabalha dia e noite e se estressa muito).

    Tenho algumas perguntas, que não sei se você já disse em outros posts porque não li ainda:

    - Qual foi o valor que a franquia lhe cobrou? E fora esse valor você ainda gastou muito mais para deixar a empresa pronta e funcionando?
    - O lucro da empresa é dinheiro da empresa, e não seu correto? Pergunto isso porque sei que o certo é não misturar o dinheiro da empresa com o pessoal, e por isso se recomenda que o dono da empresa tenha um pro labore, que é o seu salário, mas quando pesquiso sobre franquias elas falam apenas em lucro e eu fico em dúvida se o lucro fica nas mãos do dono como seu dinheiro pessoal, ou se é o dinheiro da empresa e o dono tem outro dinheiro (o pro labore). Fico me perguntando também quanto deveria ganhar um dono de franquia para que a empresa consiga dar aquele lucro mensal que a franqueadora divulga.

    Abraços,

    Calvin

    ResponderExcluir
  17. FS

    Num outro Post perguntei se valeu a pena empreender. Esquece minha pergunta, nem precisa responder. Tudo que MD e Corey falaram é exatamente como eu penso.

    Mas desejo sucesso na sua franquia. Vc é um cara do bem e merece prosperar.

    Me tira uma duvida, quando vc vivia do mercado era só B&H ou vc fazia trader tb? Quando vc diz que sua vida é o mercado financeiro, a impressão que passa é que parte da sua rotina como investidor é fazer traders tb.

    abs

    ResponderExcluir