Translate

sábado, 2 de dezembro de 2017

Os axiomas de começar a empreender


Já faz algum tempo que não escrevo pessoal.

As duas últimas semanas foram bem difíceis pra mim, o trabalho que já era muito ficou bem maior, ao ponto de eu nem almoçar ou nem ir em casa por uns dois dias seguidos ou mais. Agora em dezembro vai melhorar um pouco.

Uma empresa nascendo é como um bebê, precisa de atenção e cuidados o tempo todo.
A toda hora vêm uma surpresinha, uma dúvida de alguém, um fornecedor liga, outro chega lá, reuniões, a obra ainda andando, insumos que faltam e que tenho que ir comprar no Atacado e etc.

Por enquanto eu sou meu office boy, eu sou meu almoxarife, eu que vou nos mercados comprar insumos e material de expediente, cozinha, alimentos, escritório, higiene, bancos, cartório, correios e etc. Se eu já dirigia muito, agora dirijo muito mais, e além disso ainda tem a parte do comercial pra cuidar.

Boa parte disso já estou automatizando e achei os fornecedores sozinho e também já comprei o grosso, tipo, coisas que não preciso comprar mais, porém foi bem cansativo esse início. Abrir uma empresa é começar tudo do zero, só gastando, gastando, gastando, colocando dinheiro, é como um poço sem fim, são várias TEDs por dia, coisa de assustar mesmo, muitos boletos e contas, água, luz, celulares (vários), telefone fixo, iptu, royalties, fornecedores e etc... é tanto boleto que me sinto perdido, fora as teds do pessoal da obra, gesso, fachada, ar condicionado, marceneiro, arquiteto, parceiros comerciais, gráfica... então vai vendo.

A receita esse mês melhorou levemente, mas mesmo assim vou fechar no prejuízo de uns R$ 15 mil. Ainda não coloquei no papel, falarei sobre isso no próximo post. Me dediquei muito pouco ao comercial devido à essa implantação, talvez poderia estar melhor, porque por enquanto o comercial está apenas na mão de dois funcionários, que a despeito dos esforços estão bastante longe das metas, muito longe mesmo e vamos para onde eu quero chegar:

A IMPREVISIBILIDADE TOTAL DAS RECEITAS   (axioma 1)

Pessoal, se algum de vocês está pensando em abrir um negócio e começa a simular a receita saibam que podem atirar MUITO LONGE DA REALIDADE. MUITO LONGE! Isso aqui é muito importante.

Eu sabia que claro, LÓGICO, a franqueadora infla os números na hora de vender a franquia:

"Olha voce coloca esse carrinho de cachorro quente ali naquela esquina e vai vender 300 hot dogs por dia..."

BALELA!

Antes de entrar eu já dei um desconto de 50% (isso mesmo) 50%! E mesmo assim ainda ficava um pouco desconfiado. Bem, se eu vender 175 hot dogs por dia até que fica tranquilo, pensei eu. Pois bem. A REALIDADE é que estou em 16%  por cento do número que a franqueadora passou, isso mesmo, 16%. Se ela falou que eu ia vender 100 hot dogs num dia, estou vendendo 16, Ok? Sentiu o drama? É preocupante? É sim, até por que com 16 hot dogs vendidos por dia eu não pago nem a minha folha, imagina o resto das outras contas que basicamente custam a mesma coisa da folha.

Mas bora lá, eu tinha planejado vender 50 dos 100 que ela me prometeu, e estou com 16, isso em dois meses de operação e me dedicando muito pouco ao comercial, de 16 pra 50 eu já estou em um terço da minha meta mental, algo que espero atingir ate o final de fevereiro. Dezembro, janeiro e fevereiro serão meses bons no meu ramo, melhores que a média anual e estarei bem mais focado no comercial, quero fechar esse breakeven no fim de fevereiro no máximo, o que vai me dar de Outubro a Fevereiro pra chegar nele, cinco meses, e daí pra frente é que vem o lucro da operação.


A IMPREVISIBILIDADE TOTAL DOS GASTOS (axioma 2)

Já deu goteira, já troquei porta, já troquei película, já lavei e limpei ar condicionado, já fiz reparos aqui e ali, que zica viu? Tudo isso é dinheiro, e o pessoal que você contrata quer receber na hora imediatamente, e como eles vêem que é empresa querem meter a faca, é muito foda, tudo pra empresa é mais caro, só que comigo eu tento segurar muito o preço pois eu vim de baixo e sei o valor do dinheiro, o cara mexer em 4 ar condicionado aqui e querer cobrar mil reais? É muita paciência mesmo. Alguns fazem uma coisa simples e quando mandam a conta é um valor absurdo, muito maior do que eu imaginava, acredito que por que como moro no norte, aqui quem tem um olho é rei e realmente não tem muita concorrência, ou se tem é sofrível e de qualidade muito ruim.

OS GASTOS DA OBRA SÃO SEMPRE BEM MAIORES (axioma 3)

Coloque 30% a mais do orçamento inicial.

É realmente foda o quanto que aparece de coisa extra, surpresinhas aqui e ali e uscambal. Eu to muito puto com isso, ainda mais pagando basicamente em dia, um drag de quase 400 mil reais em 4 meses, minha liquidez ficou horrível por causa da obra. Começou em 270 a expansão macro, depois a fachada que eu achei que ia dar uns 30 foi pra 72. Vidros internos, painéis, luminotécnica, lâmpadas de led, trocar um piso ali, isso aí foi ferro velocidade 5 no créu, além da marcenaria, pintura, massa nas paredes e por aí vai.

A TRISTEZA DE NÃO TER CLIENTES SUFICIENTES (axioma 4)

Quando você inaugura uma coisa legal espera que as pessoas se interessem e apareçam lá espontaneamente não é? Pois é. É difícil pra caramba vir alguém assim bem espontaneamente. São na maioria pessoas que vieram através de indicação do boca a boca, mas não genuinamente, e aí a coisa demora a crescer, e você sabe que aquilo ali dá uma despesa diária danada, e um dia sem clientes é um prejuízo seu e só seu, porque os funcionários vão receber sagrado não importa se vieram 40 ou 100 clientes pra eles não  muda nada. A minha despesa está em 25 mil/mês, ou R$833,00 por dia. no momento estamos conseguindo faturar 10/mil por mês, o que dá um saldo negativo de 15 mil ou R$ -518 por dia, por isso que nesse momento a venda é tão importante. Comecei uma campanha na rádio esse mês e espero dar resultado.

Nessa parte aqui você perde um pouco o sono pensando no Fluxo de Caixa negativo e fica com raiva de todo mês ter que ficar colocando dinheiro no poço sem fim, na criança faminta e berrenta, uma empresa tá sempre precisando de dinheiro, sempre, pois as contas, a folha, o contador, essas coisas não param, com o plus do boleto dos royalties (boleto mínimo) que chega mesmo o pessoal da franqueadora sabendo que você está bem longe do breakeven.

Então pessoal, fora o dinheiro que você coloca para entrar, ainda aguente mais uns 4-6 meses de fluxo de caixa negativo (que eles claro não colocam pra você) ou seja, se você pagou 400 mil pra entrar, espere gastar mais 100 mil de fluxo de caixa negativo e esse dinheiro do fluxo de caixa eles nunca citam ou contabilizam pra você, entendeu?

Eu não quero fazer um post negativo ou desanimador, mas tenho que falar o que está passando, e isso era esperado, talvez não nessa intensidade, mas no começo é assim, todo empreendedor fala que o começo é difícil, e é mesmo, isso aí acima é pra vocês verem, realmente não é fácil, e ainda mais quando eu penso no financeiro tipo, eu poderia estar ganhando 10k limpinhos na bolsa nesse momento, mas estou aqui perdendo 15, então, pensando em módulo está em MENOS 25k mensal, uma puta conta. Só que o me move é que um dia esses 15 negativos vão se transformar em zero, e depois irão para + 15, + 20, + 35 e aí irão neutralizar os meses que fiquei no negativo e depois começar a positivar a conta.

Veja, com o dinheiro na bolsa e investido eu iria ganhar 10k mensais, ok? Mas qual é a dessa empresa? De fato é trocar 2 milhoes na bolsa, num negócio que tem o potencial de me dar uns 35k mensais limpinhos, mas tenho apenas o potencial e não a certeza, então é assim que o empreendedor pensa, e essa incerteza é que o empreendedor tem que administrar e trabalhar na sua mente. Tem que ser forte, tem que ser resiliente, esperançoso e otimista. E claro, trabalhar muito, vender, vender e vender.

Dezembro, Janeiro e Fevereiro serão meses chave para consolidar a empresa, e ainda mais por que tenho um pequeno trunfo.

QUE TRUNFO FRUGAL?

Bem pessoal, eu tenho um trunfo de aproveitar melhor o imóvel e colocar alguma outra coisa, que já tenho pensado, como eu disse o terreno é grande e eu estou expandindo uma obra interna para duplicar, lembre que é num bairro nobre, eu posso simplesmente alugar algumas salas comerciais, ou colocar uma lanchonete, ou alugar o espaço extra para uma empresa toda, e já tenho interessados, principalmente nessa questão da lanchonete, que eu iria terceirizar (eu estava na minha e me fizeram essa proposta) de forma tal que não sei ainda como cobraria pelo espaço, acredito que o potencial de locação possa dar de 10-15 mil no total a mais de receita por mês e não mexeria em nada na franquia pois eu colocaria entradas independentes. Eu vou amadurecer essa idéia e quem sabe passar um muro mesmo pra separar melhor, é torcer pra economia ir melhorando e outras pessoas queiram empreender também.

A gente tem que ter consciência de não postar só maravilhas na blogosfera, eu estaria sendo injusto com vocês, mas também não queria escrever num momento de tristeza pois cada post aqui tem mais de mil leitores e não quero influenciar negativamente, mas preciso ser justo com a realidade dos fatos, até porque posso REALMENTE estimular alguém a empreender de verdade e colocar seu dinheiro numa coisa TOTALMENTE arriscada e perder tudo, portanto, todo cuidado é pouco, seu negócio precisa de você, da sua atenção e dos seus pensamentos 24h por dia e ainda assim vai ser insuficiente por que sempre tem algo a melhorar.

Não se preocupem, não estou arrependido (algumas vezes pensei que estava arrependido) mas outro dia vem e a coisa melhora um pouco e a esperança se renova, a coisa ainda está controlada e espero que evolua bem. Embora não seja fácil eu sei que tem uma luz no fim do túnel e eu vou chegar nela.

Esse mês o bebêzinho vai consumir 15 mil reais de FC negativo referente ao fechamento de Novembro, espero que o fechamento de Dezembro seja melhor e o de Janeiro que farei em Fevereiro melhor ainda (com o trunfo já funcionando em parte, espero, se o trunfo decolasse de vez eu já ficaria zerado) - Veremos, serão cenas dos próximos capítulos.

Grande abraço a todos.

P.S.: Após o Natal vou me desligar da humanidade e só volto a saber o que é internet e celular lá pelo dia 03 de Janeiro.

P.S2.: Não gasto nada comigo, nada, não compro nada pra mim, tudo é pro bebê. Toda a minha fatura de cartão, todos os gastos etc. Não comprei nenhuma caneta pra mim, nem uma meia, você não pensa em comprar nada pra você e sim apenas para a empresa, é impressionante. Não faz sentido algum comprar alguma coisa pra mim quando eu sei que a empresa está no negativo.

34 comentários:

  1. Frugal, quando alguém me questionar novamente sobre o porquê deixei de empreender vou mandar o link desse seu post...

    Já passei por esse tipo de coisa, a grande diferença é que jamais comecei uma empresa do zero como vc, sempre achei isso o cúmulo do risco e nunca tive coragem de assumir tal responsabilidade. Minhas lojas sempre deram lucro a partir do dia zero, nunca precisei colocar dinheiro do bolso para fechar as contas, obviamente isso não quer dizer que elas sempre foram lucrativas, mas ao menos as despesas pagavam. Claro que no começo o tonto aqui tinha que cobrir o trabalho de 2 ou até 4 funcionários para dessa maneira as contas fechares, ou seja, não colocava dinheiro do bolso mas trabalhava absurdamente muito. Por isso sempre digo que o empreendedor deve ser capaz de trabalhar em todos os cargos da sua empresa, pq o dia de cobrir alguém sempre chegará.

    Fico muito preocupado com a relação valor investido vs retorno que vc está tendo, espero mesmo que a empresa decole e atinja o potencial que vc espera. Talvez a grande sacada seja locar esses espaços, nem se for por um valor abaixo do mercado, para que o empreendimento como um todo ao menos pague os custos de operação. No seu lugar encararia esses aluguéis como parte da receita, colocaria tudo no mesmo bolo.

    Boa sorte, fico aqui torcendo, ainda mais por me identificar tanto com seu momento (ano passado nessa mesma época estava fodido num negócio que não deu certo...)

    Abração!

    Corey

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande Corey, pois é. Um começo mais dificil do que o imaginado. A folha pesa uns 50% e pra eu ficar lá teria que me ausentar do meu outro trabalho pra fazer o trabalho de 3 pessoas e pesando na balança ainda sai mais barato pra mim ficar onde eu estou pra pagar a folha, tipo, estou tirando dinheiro do meu outro trabalho pra colocar na empresa. Muito bom ouvir sua história. Tem gente que tem sorte de começar acima do breakeven, principalmente em empresa familiar quando tem alguém que ajuda. Eu vou fazer exatamente isso que vc falou, colocar o preço abaixo do mercado e alugar logo, assim tudo fica no zero a zero e o que entrar a mais é lucro. Essa parte de cobrir os outros tb tenho consciÊncia, temos um treinamento no sistema que é um pouco complicado mas quando eu tiver tempo vou fazer.

      Fica dificil individualizar o valor investido com o retorno pois tem o imóvel em si que tecnicamente nao é da franquia e sim meu, vou considerar 3 investimentos diferentes, imovel, franquia e obra de expansão pra aí considerar uma coisa só. Valeu pela torcida e pelas palavras.

      O meu fechamento dessa semana já foi o melhor de todas até agora.

      Excluir
  2. Herói!!!!!!!
    Deus te abençoe, em plena crise gerando emprego e renda. Vai vencer!!!!
    Abraços

    ResponderExcluir
  3. Tive minha empresa ano passado e enfrentei inúmeras dificuldades. A diferença é que eu tinha estipulado um ponto de saída e arrisquei baixo. Empresa é assim, como um filho. Tem que ter coragem e a responsabilidade é enorme.
    Demora uns meses pra engrenar, mas se tiver demanda eventualmente vai.
    Te desejo sempre boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Grande CF, blz? Estou lendo o livro do Gene Simmons por sua indicacao. Que livro massa viu? O cara eh o cara. Eu nao conheço nenhuma musica do kiss e sempre achei mt aloprada aquelas fotos da banda, achava que era mais um enlatado americano idiota qualquer, ignorância é osso. Qnd eu terminar o livro vou fazer um post aqui sobre ele. Abraço!

      Excluir
  4. Frugal, estou nessa de empreender há anos, e o que posso dizer é que as coisas demoram a acontecer, mas com persistência e foco elas acontecem. Planeje e organiza-se pra segurar a onda por pelo menos 1 ano com fluxo negativo. Esse é o tempo mínimo para passar por sazonalidades, tornar seu negócio conhecido entre seus clientes em potencial. Creio que o maior erro de quem empreende é esperar (ou pior, depender!) que terá lucro no curto prazo. Isso é a exceção da exceção.

    keep calm and carry on!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu meu amigo, acredito que vai durar uns 6 meses pelo menos, mas com o trunfo junto pode acelerar, só não quero ter que injetar muito dinheiro por muito tempo, isso que é foda. Obrigado pelas palavras.

      Excluir
  5. Frugal raramente comento aqui por falta de tempo, mas posso lhe falar com conhecimento contábil e por experiência que adquirir por meio da minha família OBS: todos são comerciantes com mais de 30 de estrada, outro fato é que apesar de não gerência diretamente estes negócios tive acesso contabilidade de vários negócios ao longo da vida.


    Acredito que você foi sim com muita sede ao pote, não custa lembrar que você colocou muito dinheiro no negocio, apesar que boa parte você imobilizou em imóvel então não vai perder muito dinheiro , mas pode deixar de ganhar bastante dinheiro com custo oportunidade perdido no período.

    Diferente dos demais não vou pintar flores: Torço sim para que de certo, mas tenho que ser realista.

    Analisei centenas de franquias e todas possuem margens baixas.

    Resumo da obra: para o dono conseguir tirar dinheiro com facilidade vai precisar de:
    - A Franquia vender muito.
    - O Ponto precisa ser muito bom.
    - Folha de pagamento e gastos controlados
    - Fluxo de caixa positivo quando anualizado
    - Custos tributários, impostos ,funcionários controlados.
    - IPTU regional e depreciação do imovel dentro da média.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Para saber se este negocio vai vingar espere em média de 2 ou 3 anos, ainda é cedo para fazer qualquer prognostico sobre saúde operacional ou fluxo de caixa real.

      Sobre jogar para baixo os números na avaliação do case: Finalmente alguém anda fazendo correto na blogosfera, sempre que fizer valuation de algum negocio nivele os números por baixo, assim você evita decepções ao trabalhar com boa margem de segurança.



      Todos meus parentes quebraram 3 ou 4 negocio ao longo da vida antes de conseguir emplacar um negócio no Brasil, mas se quer saber realidade você tem de arriscar , mas não com todo seu dinheiro, uma hora você toma invertida e nunca mais recupera isso.

      Ai você diz que é novo , porém desconsidera o tempo para acumular capital e rentabilizar este capital.

      Por exemplo meu tio quebrou 4 negócios desde os 20 anos de idade e só foi começar ganhar dinheiro quando encontrou um negócio que tinha larga experiência, e era lucrativo com boas margens num período de bonança da economia, mesmo assim ele fez bastante negócios ruins e até hoje faz, mas com o tempo observando estes caras aprendi que a melhor coisa que você pode fazer é colocar gerenciamento de risco em suas operações.

      Nunca operar com todo seu capital: Fala de jogar a isca começar pequeno e ir aumentando operação conforme lucro for aparecendo.

      Portanto eu só empreenderia no brasil com no máximo 30% ou 40% do meu capital e nunca com 100%.

      Ai você observa cases de sucesso, mas esquece de contar os milhões que deram errado ao longo do caminho.

      Boa sorte em sua jornada.

      Excluir
    2. Valeu pelas palavras MD.
      É bom um choque de realidade.
      A franquia em si vai ser uns 500k, hoje em dia representa 25% do meu patrimonio que estava em quase 2kk antes de tudo.

      O imóvel foi 1.6kk e a expansão vai dar uns 400k.
      Mas se der tudo errado eu consigo vender ele pelos 2kk tranquilamente pois ele já estava bem descontado antes de passar pra minha mão e esse valor da expansão com certeza eu consigo repassar, assim recupero os 2kk referente ao imóvel. Os 500k da franquia é que estão sujeitos a ir pro paw mesmo, mas vai dar certo, como eu disse o negócio tem uma sazonalidade esperada que vai aumentar bastante até março, espero ir melhorando até lá.

      O negócio da franquia é que não dá pra começar pequeno com franquia, já tem que começar dentro do quadrado que eles traçam, e esse quadrado é uns 400k da implantação e mais esses 100k de capital de giro.

      Passe mais por aqui aqui MD, seus comentários são valorosos. Grande abraço.

      Excluir
    3. Outra coisa MD, o cara trabalha muito mais para a franquia do que imagina, muito mais mesmo, a gente é empregado da franquia, e ainda tem que pagar pra entrar e ficar com o risco sozinho, e eles não tem pena de nada, cobram tudo e mais um pouco, e se ficar meia boca mandam trocar.

      Mas eu fico pensando aquela coisa, se deu certo em mais de 200 cidades, pq nao daria certo aqui comigo entendeu? Outra coisa boa a meu favor é que não pago o aluguel, e outros franqueados pagam, na verdade a recomendação oficial é que a gente sempre alugue o ponto e nunca compre inicialmente, talvez pra não estrangular muito o franqueado na hipótese de um fluxo de caixa negativo por muito tempo, pois aí a dívida do financiamento mais a da empresa vai ser créu velocidade 5 e ferro no turbo.

      Excluir
    4. No que tange ao começar pequeno falo em relação ao capital investido / dividido pelo patrimônio.

      EX: Você tem um capital de 2 milhão e investe uns 500 mil, 600 mil etc.

      O que vi mais acontecer é cara dar all in no negocio quebrar e nunca mais recuperando quantia perdida.

      Sobre esta quantia de 500k , então investiu pouco em relação a seu patrimônio total.

      Pense que se tudo der errado você perdeu 500k + Fluxo de caixa + custo oportunidade : O que não pode neste meio tempo é o fluxo ficar negativo por um longo período com você jogando dinheiro do bolso durante anos para alimentar este negocio.

      Tem de somar dinheiro que sai do seu bolso e vai para o negocio com todo dinheiro investido.


      No final da conta lucro& prejuizo será capital investido no negocio + soma do fluxo de caixa do período se for negativo lascou! KKKK

      Boa sorte!


      Excluir
    5. Este comentário foi removido pelo autor.

      Excluir
    6. Outra pergunta quanto você consegue obter de margens nesta franquia depois de descontados todo custos incidentes no faturamento? Ou quanto espera que seja media 20 , 25% ?

      Excluir
    7. Prestei serviços para alguns franqueados alguns anos atrás.

      Na época tava saindo franquia do Subway que nem xuxu na cerca.

      Alguns franqueados conseguiram tocar este negocio com certo lucro, lembro de ter conversado com alguns franqueados que me disseram que no começo é ruim mesmo, muitos franqueados trabalhando feito condenando para pagar este negócios durante 1 ou 2 anos.
      O ponto conta muito neste tipo de negócio, se for um ponto meia bomba franquia nem abre.

      Sim franqueados são empregados que pagam pelo uso da marca e outras coisas mais.

      A franquia é o negocio do século 21 , você terceiriza todos os riscos e ainda recebe dinheiro por isso.

      Nem tudo são flores neste ramo principalmente quando as margens são baixas.

      Abraço


      Excluir
    8. MD, a franqueadora diz que é 25%, mas eu estimo entre 20-25%, o negocio é que os custos são fixos. Se uma hora dessas o negócio bomba mesmo aí o lucro aumenta mt o que faz a margem subir mt também, pq a margem descola muito pra cima se a base de clientes aumentar.

      Eu sei que tem franqueado da minha marca que ganha muito bem, demorou uns 5 anos pra chegar lá, mas é coisa de 40k pra cima, de lucro.

      Excluir
  6. Frugal, este teu relato ajuda a entender porque muitos que tentam empreender quebram. Imagina quantos que não acreditam cegamente nos nros apresentados pela franqueadora e quando se deparam com a realidade não tem grana para aguentar o tranco. A tua sorte é que VC é um cara de visão e tem um fundo de reserva para aguentar FC negativo. São postagens assim que a blogosfera precisa, afinal nem tudo são flores. Abraço e boa sorte.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Valeu FB, é isso mesmo, tem que ter uma reserva de 6 meses pra abrir um negócio no mínimo, e se dedicar muito, coisa que ainda não comecei mesmo de fato aqui no comercial, mas vou sim, a partir de dezembro agora vou com tudo pra cima do comercial.

      Abraço!

      Excluir
    2. Frugal seis meses dependendo do negocio é pouco em, colocaria no mínimo 1 ano.

      Excluir
    3. é MD, pelo menos a pessoa vendo a curva diminuindo mês a mês dá uma esperança entendeu? Agora se nao tem melhora é preocupante, a minha base de clientes vem sempre crescendo e existe um retorno deles para a loja, não é do tipo que vem e nunca mais volta, pq geralmente prestação de serviço qnd o cara gosta e é bem tratado o cara volta, tipo depilação, salao de cabeleireiro, barbearia, existe uma certa fidelização que não dá pra contar 100% mas chega uma hora que se vc já tem muito cliente fidelizado fica bom, só basta trocar os que saem da fidelidade com novas entradas por exemplo.

      Excluir
  7. Fala FS, vida de empresário não é fácil, boletos por todos os lados, isso de aproveitar o imóvel e alugar salas ou até mesmo seria uma boa !! talvez você tenha que investir mais em publicidade e em redes sociais isso dá um aumento grande, e encontrar soluções diferentes por exemplo aqui perto de casa tem um subway, por ser bairro o dono viu que o movimento era fraco, o que ele fez? agora iFood e UberEats fazem a entrega para ele, deu um salto nas vendas. Ainda é muito precoce tudo isso, mas tenho certeza que seu empenho vai gerar resultados !!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Até agora o retorno tem sido mt pequeno Stifler, gastei uns 3000 no Google Adwords e mais uns 2000 no Facebook e instagram. Eu acho que foi dinheiro perdido.

      Excluir
  8. E tb FB, nem precisa ser os n~umeros da franqueadora.
    Podem ser números bolados por vc mesmo entendeu? Num negocio proprio?
    Tipo o exemplo do hot dog.

    Vc faz todos os calculos prevendo vender 100 hot dogs por noite mas vai lá e vende 16. Não tem conta que se sustente assim.

    Por falar nisso, aqui onde moro já vi umas 10 hamburgueria gourmet quebrar, dessas que vendem sanduiche a 20 reais com aquela carne alta no hamburguer.

    Como eu falei no axioma, a receita é imprevisível, vc tem que saber sua despesa ANTES de começar e simular com receita zero, o que vier é lucro, e como falaram acima, tenha dinheiro pra cobrir um ano no vermelho, se depois disso não virar é melhor fechar mesmo.

    Abraço amigo

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Eu sabia a minha despesa antes de começar, não me surpreendi. O ponto aqui é em quanto tempo eu vou chegar numa base de clientes fidelizados para atingir isso, mas não tinha como começar com despesa pequena pq a grande maioria é despesa fixa.

      Excluir
    2. Excelente ponto mesmo. Esse cálculo de saber a sua despesa sem receita é o mesmo cálculo que faço quando vou fazer um investimento de risco: quanto estou disposto a perder? É a melhor coisa para evitar surpresas. O bom é que você tem um prazo considerável até o negócio maturar. Quanto ao google adwords e outras publicidades... configurou o público alvo certinho? Pois essa configuração impacta diretamente para quais pessoas seu anúncio vai aparecer. Abraço!

      Excluir
  9. Muito legal acompanhar seu empreendimento, também sempre me aventurei, porém em proporções bem menores. Gosto do ambiente do comércio e ter sempre dinheiro entrando e saindo, não sei porque, mas me sinto bem.

    Todos os comércios que tive sempre deram lucro no primeiro mês, mas como disse eu sempre trabalhei neles, e na verdade se for pensar bem não foram lucros, pois se trabalhei teria que descontar o salário como se funcionário fosse.

    Parabéns.

    ResponderExcluir
  10. Respostas
    1. Opa Orion, sou sim. No post mais recente que esse tem um link pra minha biografia. Da uma olhada la. Abraco

      Excluir
  11. Bem interessante compartilhar conosco essa visão realista. Nao deve estar sendo nada fácil, mas a liberdade de empreender e tudo depender de voce é bastante desafiador. Sempre empreendi criando minhas próprias empresas mas jrecentemente já considerei uma franquia. Lendo seu post me fez ter vários receios e realmente precisamos ficar muito atentos a algumas possíveis pegadinhas.

    ResponderExcluir
  12. Por isso que digo que empreendedor é herói, ainda mais no Brasil. Você, Frugal, citou dos problemas que eles passam em qualquer lugar do mundo. Não falou nada do crushing que o Estado brasileiro faz com eles. E é nessas horas que dá vontade de bater nesses vermelhinhos fdp que adoram demonizar o empresário para ficar recebendo regalias do Estado.

    Cara, parabéns pela coragem que nunca tive, pelo espírito resiliente e por postar aqui a realidade. Você se diferencia de muitos blogueiros que apenas pintam de cor de rosa suas conquistas. E, novamente, estou acompanhando aqui e desejando sucesso!

    Abraço!

    ResponderExcluir
  13. Frugal, ótimo post! Mostrou de forma REALISTA como é a vida de um empreendedor.

    Cara, nunca empreendi de fato abrindo um negócio com ponto de venda e tal, mas sou autônomo a um tempo e fui aprendendo coisas ao longo do tempo. A principal foi que um negócio demora para maturar. Você precisa de tempo para ser conhecido, lembrado, ser marcado como referência. Com você trabalhando direitinho, prestando um serviço de qualidade, com certeza vai chegar um momento em que você venderá sem esforços. É nesse momento que você vai começar a ganhar dinheiro de verdade!

    Desejo toda a sorte para você, meu amigo!

    ResponderExcluir