Translate

terça-feira, 21 de março de 2017

O que é a Bolsa de Valores?

Pra começar vou listar vários conceitos:
1 – A bolsa de valores é um lugar onde se negociam pedaços de empresas.
2- É um lugar onde você pode ganhar e perder dinheiro.
3 – “É pura jogatina”, “É cassino”, “Só tubarão ganha dinheiro”.
4- “É aquela coisa que aparece no final do Jornal”
5- É uma coisa que se chama “mercado” e que só tem especulador lá dentro.
etc etc etc etc.. etc.. etc…
Mitos, lendas, deseducação, desonestidade, proselitismo acadêmico, mau-caratismo, preconceitos, ignorância, inveja, barbárie e muito mais adjetivos desse conjunto dos piores adjetivos é o que existe na cabeça de milhões de brasileiros, de quase a totalidade. A bolsa é totalmente mal compreendida e vira um mito do mal na mente do povo, alimentado por políticos populistas (quais não são?) e alguns jornalistas comprados.
A bolsa é agredida, demonizada e violentada diurtunamente e estigmatizada como antro de perdição e lavagem de dinheiro, de roleta de cassino onde as pobres pessoas vão para se ferrar e perder suas economias, átrio de golpistas, trambiqueiros e afins. Essa é a imagem que o brasileiro médio têm da bolsa. O coração maligno e pulsante do capitaismo.
Nada poderia estar mais ERRADO!
É justamente todo o contrário!

Eu chego a ficar revoltado com tamanha injustiça e tamanha cara de pau destes que condenam a bolsa e a mal dizem, é toda a gente canalha que infesta o Brasil e nos impede de ser um país melhor.

Esse blog não é político e nem quero que seja, então passado isto vamos ao meu conceito de bolsa e que é o que está mais próximo da realidade.
“A bolsa de valores é a maior jóia do capitalismo, um lugar onde todos são iguais, onde todos são anônimos e podem ser livres, é um lugar de igualdade e oportunidades para todos, onde o pobre trabalhador comum pode se tornar sócio do rico banqueiro pagando exatamente a mesma coisa e tendo os mesmos direitos e deveres, é a maior democratização do capital já vista no planeta e uma excelente oportunidade de investimento para todos os indivíduos.”
A grandeza do conceito da bolsa de valores é difícil de assimilar de primeira, mas ao longo dos anos e com muito estudo e dedicação você vai começar a perceber o bem que a bolsa faz para o mundo e para os indivíduos que nela investem.
Respondendo a algumas perguntas:
A bolsa é antiga?
Já existiam bolsas de valores desde a idade média, onde pequenos comerciantes se juntavam para formar empresas para realizar determinadas atividades no comércio exterior e além-mar.
Pra que serve a bolsa?
A bolsa serve para financiar empresas e em contrapartida dar a oportunidade de qualquer pessoa ser sócia das empresas. É MUITO mais barato você financiar sua empresa colocando ela na bolsa do que pedir empréstimo para um banco, o banco cobra juros tão altos que você nem sequer conseguiria pagar muitas vezes.
Todo país tem bolsa?
Nas economias capitalistas avançadas temos muitos países com bolsas:

China, EUA, Canadá, Austrália, Inglaterra, Israel, Índia, Mongólia, Indonésia, Filipinas, Japão, Alemanha, França, África do Sul, Chile, Argentina e Brasil só para citar alguns têm bolsas ativas todos os dias úteis da semana.
O que eu posso fazer na bolsa?
Basicamente você, ser humano comum, trabalhador ordinário, reles mortal anônimo, pode fazer duas coisas na Bolsa: ser sócio de boas empresas ou fazer TRADE. Esse blog irá abordar apenas o primeiro lado, o do sócio. Para fazer TRADE é preciso muito estudo, experiência, dedicação, anos no mercado e algum dinheiro para arriscar, mas nada impede que você faça as duas coisas ao mesmo tempo, coisa que não indico para o investidor amador. Os traders não atrapalham a vida do sócio e o sócio não atrapalha a vida do trader, podem coexistir pacificamente e harmonicamente e um não perde ou ganha dinheiro do outro.
Por que as pessoas que eu conheço não investem na bolsa ou desconfiam dela?
Por pura e simples ignorância. A ignorância é um mal que assola a humanidade, as pessoas têm muitos conceitos e opiniões sem a mínima base prática ou teórica para emití-las e por isso perdem muitas oportunidades de investirem ou a de ficarem calados.
Eu preciso de muito dinheiro para investir na bolsa?
Não. Você pode investir valores baixos como 100 reais mensais, sem obrigação de colocar mais dinheiro ou de ficar devendo. Você coloca o seu dinheiro onde quiser e quando quiser, e também tira quando quiser. Ninguém vai lhe ligar da bolsa para encher o seu saco.
Como eu faço para investir na bolsa?
Primeiramente você tem que estudar, ler, ver vídeos, comprar livros. Nada demais, não precisa ser expert ou super inteligente, nem ter curso superior e ficar fazendo cálculos todo dia e toda hora, você só precisa saber fazer as 4 operações matemáticas básicas e ser alfabetizado.
Na bolsa o médico, o engenheiro, o empresário, o estudante e todo mundo tem as mesmas chances. Não é porque você é físico, matemático ou engenheiro que você vai vencer na bolsa, na verdade isso pode até atrapalhar mais do que ajudar. O investidor comum, mediano, pode ter e na verdade TEM as mesmas chances de pessoas com curso superior e graduação.

Para investir na bolsa você precisa virar cliente de uma CORRETORA. Ela pode ser independente ou do seu banco. As corretoras independentes são em geral mais baratas e melhores do que as corretoras dos grandes bancos (BB, Bradesco e Itaú).

Aconselho no mínimo uns 6 meses de estudos, livros, vídeos e aulas sobre a bolsa para colocar algum dinheiro.
Como eu posso estudar para entrar na bolsa de valores?
Você precisa estudar e entender o que a gente chama de “Análise Fundamentalista”, basicamente isso. Não precisar ser expert. Você só precisa aprender os conceitos e aplica-los, o básico mesmo, aos poucos e todo dia você pode aprender alguma coisa nova mas o básico é relativamente simples e rápido.
A bolsa é um investimento garantido?
Bem, imagine a padaria mais próxima da sua casa. Imagine que você é amigo do dono e que ele é seu vizinho de porta, um belo dia você encontra com ele e ele lhe oferece sociedade na padaria. Esse investimento é garantido?

A mesma coisa é com a bolsa. Você precisa conhecer um pouco das empresas que irá comprar. Não existe investimento garantido, isso é praticamente um golpe, você só vai obter retorno se arriscar seu dinheiro em algum negócio, isso é até pra você comprar um carrinho de cachorro quente e ir vender lanche na porta de uma faculdade, você tem o risco de ninguém comprar o seu pão.
Eu vou ficar rico na bolsa?
Essa pergunta é muito vaga. É algo como: Eu vou ficar rico vendendo côco na praia? Eu vou ficar rico vendendo carro? Eu vou ficar rico fazendo tatuagem? Eu vou ficar rico montando um salão de beleza? Tudo depende, de tudo. O lado bom de investir na bolsa é que você pode continuar se dedicando ao trabalho que você tem e a bolsa não lhe atrapalha nisso. Se você quiser montar uma padaria vai ter que se dedicar muito e isso certamente vai interferir no seu trabalho atual.
Entenda uma coisa, a bolsa não é para GANHAR dinheiro, é para GUARDAR dinheiro, só que você vai ser remunerado por isso, quanto mais você GUARDAR dinheiro na bolsa, mais vai receber por isso.
É simples você ganha dinheiro INVESTINDO em VOCÊ, na sua formação pessoal e profissional, TRABALHA, paga suas contas e o dinheiro que sobrar você SEPARA para investir na bolsa e também em outras coisas se você quiser. Os vendedores de ilusão vivem de fazer promessas de ganhar muito dinheiro na bolsa, afaste-se deles.
O que são ações?
Ações são pedaços de empresas. O menor pedaço possível de uma empresa. Uma ação representa uma fração indivisível do capital social da empresa. Se você tem uma ação ORDINÁRIA de uma empresa, você é sócio dela, ela é SUA também, você tem os mesmos direitos e deveres dos donos e controladores que também tem a mesma ação que você, inclusive o direito a voto nas assembléias da empresa.
As ações são compradas e vendidas todo dia útil do município de São Paulo e seus preços flutuam ao longo do dia e dos anos. A compra e venda de ações num único dia se chama “pregão”.
Se uma empresa é boa e lucrativa por que o dono quer dividir ela com qualquer pessoa?
Existem certas vantagens em “abrir o capital” da empresa, transformando ela numa S.A (S.A são sociedades anônimas) e vendendo suas ações na bolsa, a principal é pegar o dinheiro a custo ZERO e financiar as suas atividades.
A abertura do capital também melhora  a gestão da empresa e atrai publicidade grátis pois o nome da sua empresa sempre vai estar no noticiário e nas modernas democracias as empresas de capital aberto tendem a ser mais bem vistas do que suas concorrentes de capital fechado.
Imagine que você tem uma padaria lucrativa e que dá muito certo, mas você quer abrir outra, e o custo de uma nova padaria seria de 1 milhão de reais, igual a da que você tem. Você consegue lucrar R$ 30 mil por mês. Você vai no banco e eles dizem que vão te emprestar o dinheiro a 15% de juros ao ano. Então só de juros você teria que pagar R$ 15 mil reais por mês enquanto esperava a nova padaria dar certo, poderia ser um passo maior que a perna e a nova padaria falisse, você ficaria endividado e pagando juros sozinho o que seria horrível. Então o que você faz, vende metade da sua padaria por 1 milhão de reais para um grupo de pessoas (digamos 5 pessoas cada uma coloca R$ 200 mil no negócio) e monta a outra padaria. Pronto, agora você tem duas padarias de 1 milhão cada uma, total de 2 milhões, com mais 6 sócios, você vai ter 50,01% das ações e ainda é quem manda no negócio. Você reparou que vendeu metade de sua padaria pelo preço integral? Negócio bom hein? E é exatamente isso que as empresas fazem, e ainda fazem mais, vendem seus negócios por 10x o valor da empresa, 15x, 20x, e ainda tem quem pague, apenas para ser sócio! Por isso elas entram na bolsa.
Como eu vou tirar meu lucro na bolsa? Qual o tempo para investimento?
Veja, aqui é muito importante, o tempo para investimento na bolsa é “PARA SEMPRE”, não é longo prazo, você vai morrer com dinheiro dentro da bolsa, é assim que você tem que pensar, o seu patrimônio dentro da bolsa irá passar para seus filhos ou cônjuges ou quem você disser em testamento.
Não existe isso de fazer lucro na bolsa e depois sair dela. Pensa na bolsa como a sua padaria que você montou, ela dá lucro, sustenta sua família, não tem dívidas e etc, quando você for um velhinho doente e prestes a morrer o que vai fazer da padaria? Vender e colocar o dinheiro embaixo do colchão? Não né. Vai deixá-la para os seus filhos. Pronto. Esse é o prazo de investimento na bolsa, o prazo é INFINITO.
E o dinheiro vai voltar pra mim como?
Basicamente existem três formas de ver o retorno do seu dinheiro:
1- pela valorização do preço de sua ação
2- dividendos recebidos
3- juros sobre o capital próprio
O preço de sua ação vai refletir o LUCRO e o crescimento orgânico do patrimônio da empresa ao longo dos anos. Empresa que lucra sempre, terá o preço da sua ação sempre subindo, NO LONGO PRAZO.
Os dividendos são parte obrigatória dos lucros definidos por lei que devem ser distribuídos aos acionistas. No Brasil o mínimo possível é de 25% do lucro se caso o estatuto da empresa não fale nada sobre os dividendos. Algumas empresas pagam mais dividendos outras menos.
Dividendos não são brinde nem caem do céu, eles saem do caixa da empresa. No exemplo de sua padaria com os seus sócios você não vai poder pagar 1 milhão de dividendos pra cada um num ano, porque o caixa da padaria não vai ter esse dinheiro todo. Os dividendos que caem na sua conta já foram tributados no lucro da sua empresa e você não vai pagar imposto de renda sobre eles, já são limpinhos.
Os juros sobre o capital próprio são uma forma legal da empresa remunerar os acionistas, eles pagam 15% de Imposto de Renda já na fonte e você não vai pagar imposto a mais por eles, pois eles já vem limpinhos na sua conta.
Finalizando, a bolsa é uma oportunidade magnífica para você virar sócio de grandes empresas e para entrar no mundo do capitalismo como um investidor. De outra forma não tem como você ir na loja da Apple e pedir pra ser sócio deles, a única forma e mais rápida e barata é comprando ações da Apple.
No Brasil temos mais de 350 empresas brasileiras listadas na bolsa, das quais umas 50 são muito boas para investir e ser sócio. As pessoas costumam dizer que é perigoso entrar na bolsa, eu costumo dizer que perigoso mesmo é ficar fora da bolsa.
Grande abraço,
Frugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário