Translate

domingo, 19 de março de 2017

Empresas que invisto no Brasil: Equatorial

A musa do blog andando de bicicleta disfarçada no feriado do Memorial Day.
Foi quase sem querer que descobri essa empresa.
Há algum tempo atrás eu tinha passado o olho nela e não sei por que não a considerei com a atenção necessária. Essas coisas acontecem.
Essa eu acho que é meio apagada na bovespa, nunca nem vi notícias sobre ela, coisa que dificulta pra você conhecer, mas vamos lá, outra porque é uma empresa do Maranhão e do Pará. E quem diabos investiria numa empresa do Maranhão ou do Pará, não é mesmo? O noticiário de economia é maioria do sudeste e do sul.
Screenshot 2016-05-28 12.51.28
Pra começar a companhia tem boa disposição em ser do Novo Mercado, têm excelente liquidez, ações ON com 100% de tag along, 1246 Pessoas físicas de sócios (muito pouco não é mesmo?), 20 pessoas jurídicas e 589 institucionais como sócios e 74% de free float. São dados muito bons de governança. Veja que essa elétrica, diferente das outras é de crescimento, paga poucos dividendos e tem payout de apenas 17% e DY de 2,09% então ela está na parte de crescimentos da minha carteira.
Lembrando que elétricas são empresas difíceis de analisar.
Pra mim o benchmarks das elétricas é a catarinense tractebel, a partir disso podemos ver outras. A tractebel gera energia e distribui, a Equatorial praticamente é só distribuidora apesar de ter uma termoelétrica pequena que influencia muito pouco.
Entrei nessa empresa para não concentrar muito em tractebel e me vi positivamente surpreendido.
O fato é que essa crise das elétricas via canetada da Dilma deixa as coisas bem mais difíceis. Se você não lembra a Dilma baixou a conta de luz na caneta dando prejuízos bilionários nas elétricas, que agora aos poucos vão se recuperando então o aumento dos lucros está um pouco artificializado e com alguns não recorrentes.
A Equatorial é a junção de duas empresas elétricas: A Celpa do Pará e a Cemar do Maranhão.
Screenshot 2016-05-28 13.04.50
Ela não tem muita geração, em sua maioria ela é apenas distribuidora. Ela nasceu da privatização da CEMAR (A CEMAR foi privatizada em 15 de junho de 2000) e entrou na bovespa em março de 2006.
Lendo o release anual, que por sinal tem muito a melhorar na qualidade gráfica, vemos que as empresas CELPA e CEMAR são tratadas em separado e depois são consolidadas dentro da Equatorial, pulei a análise individual e fui logo para a consolidada. Não tem material de PowerPoint no site do RI, restam 2 pdfs gigantescos para serem desmembrados.
Screenshot 2016-05-28 13.20.46
Se desconsiderarmos 2013 que foi um ano bem atípico pelo que já falei, de 2014 para cá as coisas vêm melhorando para a empresa, com um ebitda superior a 1 bilhão , margem líquida maior que 12% e ROE de 22,5% nesses 3 anos acho que a situação se acalmou um pouco, os lucros em si são cheio de não recorrentes, e não tem uma linha de base sustentável para consolidar uma média, chegou a dar prejuízo de 200 milhões no 2T14 e depois lucrou 549 milhões no 2T15, é uma amplitude muito grande. Essa volatilidade muito grande de lucros e prejuízos não me agrada muito, um semestre você acha bom um lucro de +100% e no outro semestre do outro ano um prejuízo de -200%, não é muito pra mim que não quero tanta emoção assim, ademais o EBITDA não está crescendo tanto assim.
Vamos ver se esses lucros ficam mais estáveis e consistentes e se esse EBITDA consegue crescer também. Não me interesso tanto por receita financeira nesse tipo de empresa, o que ultimamente veio impactando alguns balanços mas um dia essa maré pode virar contra a empresa. A dívida atual de 3.7 bilhões está quase equilibrada com o caixa de 2.4 bilhões + o lucro líquido de quase 1 bilhão do último ano. A empresa segue com novos investimentos, combate aos desperdícios, ao “gato” e tentando melhorar a eficiência. Os quadros não são tão agradáveis mas vou colar aqui do release pois tem gente que não se importa e gosta mesmo de ver.
Esses estados PA e MA são estados bem pobres e têm muito a crescer e a melhorar, e com isso o consumo de energia elétrica também, caso forem feitos boas políticas na economia desses estados podemos ver um crescimento bastante expressivo no consumo de energia, muito maior do que outras regiões do Brasil poderiam crescer.
Screenshot 2016-05-28 13.21.01
Vemos aqui a eficiência melhorando e diminuindo as perdas dos roubos e das ligações clandestinas. Ainda temos muito roubo de energia no Brasil. 12,4% de roubo.
Screenshot 2016-05-28 13.22.12
Outro indicador de qualidade é o número de horas interrompidas. Quanto menor melhor. Veja como era um lixo em 2008 e melhorou continuamente até aqui.
Screenshot 2016-05-28 13.23.11Screenshot 2016-05-28 13.23.24Screenshot 2016-05-28 13.24.27Aqui é o que interessa, o lucro líquido, mas veja que o salto gigantesco no lucro pode não ser tão bom. E o Ebitda também não foi tão legal, caindo 14%.
Screenshot 2016-05-28 13.25.53
Aqui abaixo vemos um salto gigantesco no lucro, preciso esperar pra ver se isso vai manter. A cotação aumentou muito, o mercado gostou do resultado.
Screenshot 2016-05-28 13.26.31Screenshot 2016-05-28 13.28.39
É impressionante o tanto de imposto que incide sobre as empresas brasileiras, ali numa área carente de investimentos o que poderia ser feito pra melhorar a empresa e o capital em si se não fosse tudo pro bolso do governo.
Screenshot 2016-05-28 13.28.46
Por enquanto é isso.
Eu tinha entrado bem animado na empresa, mas agora depois de ler o Release com mais calma vi que não era tão boa assim, empresa apenas distribuidora e ainda mais em dois estados pobres e muito corruptos fica bem difícil, mas nada que precise sair ou se preocupar tanto, agora é acompanhar e reavaliar melhor na hora de comprar.
Por enquanto é isso.
Abraços.


Frugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário