Translate

sexta-feira, 24 de março de 2017

Como montar o seu portfolio e estimar a sua taxa de retorno

Vou mostrar nesse post como montar o seu portfolio e quais os retornos que você pode esperar.
É um exercício muito, MUITO teórico mesmo, mas serve como uma base pra você se guiar.
Existem três coisas que você tem que levar em consideração pra montar o seu portfolio:
1) Os retornos esperados.
2) O desvio padrão desses retornos.
3) A correlação entre esses retornos.
Pra não ficar muito na teoria, vou agilizar uma forma mais fácil pra fazer isso, e é assim que eu faço para mim, calcule o seu dessa forma para experimentar:
Meu portfolio BRASIL:
60% ações
25% renda fixa
15% fundos imobiliários
Espero ter um retorno de 12% ao ano com ações, 11% ao ano com renda fixa e 10% ao ano com fundos imobiliários.
Colocando na conta e pela proporção de cada um:
Pra ajudar no cálculo multiplique por exemplo 60*12 e o resultado divida por 10.000 (dez mil).
60%*12 (ações) + 25%*11(renda fixa) + 15%*10 (fundos imobiliários)
0,072 + 0,0275 + 0,015 = 0,1145 ou +11,45%
Meu portfolio no exterior:
90% stocks
10% REITS
Espero ter um retorno de 8,5% ao ano com stocks e 6% ao ano com REITS:
90%*8,5% (stocks)+ 10%*6 (reits)
0,0765 + 0,006 = 0,0825 = +8,25%
Agora meu portfolio global:
50% Brasil
50% Exterior
50%*11,45 + 50%*8,25 =
0,05725 + 0,04125 =
0,0985 = +9,85%
Esse valor de +9,85% é o valor que espero de rentabilidade anual da carteira montada da forma como apresentei, porém lembrando que minha alocação no momento não está bonitinha conforme o modelo teórico pois ainda não tenho REITS e minha renda fixa e fundos imobiliários não estão nessa proporção representada ainda, e além do mais meu portfolio no exterior ainda está muito no comecinho e não chega nem a 5% da carteira ainda, quem dirá 50%.
É uma estimativa bastante prudente e conservadora.
Por exemplo, comecei o ano de 2017 com R$1 milhão investido, se tivesse já tudo feito conforme essa proporção que defini acima eu esperaria poder ver o patrimônio ser corrigido em pelo menos R$ 98,5 mil ao longo do ano para chegar nessa rentabilidade que estimei, incluindo claro todos os aluguéis, rendimentos, proventos e dividendos sendo reinvestidos no montante.
O caso é que no momento ainda estou muito concentrado em ações n0 Brasil. Atualmente minha alocação está assim:
Brasil
75% ações
10% fundos imobiliários
15% renda fixa
Exterior
100% stocks
Pelas proporções citadas acima dá pra perceber que deve dar mais de 10% esse ano de rentabilidade esperada, ou seja, espero que o portfolio aumente seu valor em pelo menos mais R$100.000,00 naturalmente sem aporte novo algum, claro que isso às custas da enorme volatilidade da bovespa e da carteira que continua com risco alto devido essa alocação.
O meu plano é ir diminuindo gradativamente esse risco durante esse ano, aportando em renda fixa, fundos imobiliários, stocks e reits.
Depois posso complementar mais o post e adicionar mais informações úteis.
Estou com um resfriado por aqui e preciso repousar.
Grande abraço!
Frugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário