Translate

domingo, 19 de março de 2017

Como lidar com a volatilidade da Bolsa de Valores no Brasil (BOVESPA).

De 25 de janeiro de 2016 até 04 de Março de 2016 o índice ibovespa aumentou 29%.
De 05 de março de 2015 até 04 de Março de 2016 o índice ibovespa a queda foi de -4,82%. (Resultado anual em tese).

Essa foi a última grande volatidade da bovespa semana passada, o índice subiu 30% em praticamente um mês e subiu 10% em dois dias. Há alguns dias eu tinha falado que a rentabilidade da minha carteira estava em -18% desde que comecei. Isso não é fácil e não é pra qualquer um.

O ser humano não foi feito pra bolsa, isso não é natural, é um processo sintético criado pelo capitalismo financeiro contemporâneo, mas não precisa se desesperar, apoiado em dados, estudos e ciência você pode saber onde está pisando.

Para o HOLDER que investe em boas empresas para o longo prazo o importante é ir aumentando o patrimônio em número de ações e da sua participação em cada empresa. Minha carteira agora está em -5% de rentabilidade, o "ganho" foi impressionante, em 3 anos da bolsa eu nunca havia visto algo assim, "ganhei" U$ 11 mil (dólares) em dois dias em valor da minha carteira, o que trás até um certo alívio, mas que na verdade não significa nada e não muda NADA!

E é por isso que fiz esse post. Você pode fazer seu próprio estudo apenas comparando ativos no Google Finance, que é muito bom. Lembre-se de sempre olhar o grande quadro, as décadas passando e você lá dentro.

Simulei em duas imagens o que aconteceu entre os índices IBOV, SP500 (EUA) e SMI (Suiça).
No primeiro quadro de um mês: Suiça caiu 3,47%, Brasil subiu 29% e EUA subiu 5,21%.
No segundo quadro temos dados de um ano: Suiça caiu 11,47%, Brasil caiu 4,82% e EUA caiu 4,87%. Veja que aqui foi "prejuízo" pra todo mundo.
Captura de Tela 2016-03-05 às 09.10.40Captura de Tela 2016-03-05 às 09.11.17

Essa última rentabilidade está bem parecida com a da minha carteira. Veja que rentabilidade é um quadro muito vago para medir o valor do seu patrimônio. Patrimônio não tem que ter rentabilidade, tem que gerar renda.
Aprenda uma coisa, se você quer VIVER DE RENDA, e esse é o objetivo da maioria das pessoas que investem , você NECESSARIAMENTE irá morrer milionário. Os seus MILHÕES juntados com tanto trabalho, estudo, renúncia e frugalidade ficarão para alguém, pra seus filhos, esposa, pais, irmãos e também pro governo, seja lá em que país você estiver.

Não tem jeito, se quer viver de renda vai ter que ter milhões em algum investimento rendendo dinheiro. E não precisa ser em ações, pode ser em imóveis, renda fixa ou fundo imobiliário também. Por exemplo se você precisa de R$ 10 mil reais pra viver de renda vai ter ter que ganhar R$ 20 mil mensal passivo, pra ganhar isso com fundo imobiliário você deveria ter pelo menos um pouco mais que 2,5 milhões de reais em fundo imobiliário isso se render 1% ao mês ou menos.

Bem, então você já percebeu que vai morrer com 2,5 milhões lá dentro não é? Essa é a primeira parte do meu raciocínio.

A segunda parte é: imagina que esses seus 2,5 milhões caíram 10% em 15 dias. E agora valem 2,25 milhões - NOSSA VOCÊ PERDEU 250 MIL!
Não PERDEU NADA! Você só perde se fizer a venda!

Entenda uma coisa, se você compra uma ação a 80 reais e ela cai pra 50 reais, A SUA PARTICIPAÇÃO NA EMPRESA É A MESMA! Todo mundo tem a ação AGORA a 50 reais, TODO MUNDO, de você ao presidente da empresa, a ação vale a mesma coisa pra todo mundo. O holder de ações ou Fiis TEM QUE SABER disso, QUEDAS são eventos normais, assim como ALTAS também.

Se você tem 2,5 milhões em ações e ganha 10 mil por mês limpinho de dividendos, hoje a bolsa vai subir 10% e você fica com 2,75 milhões, o que você vai fazer? Vender suas ações? Pra fazer o quê com o dinheiro? Colocar embaixo do colchão? Comprar mais ações não né? Porque você já acabou de vender, e ainda deve ter pagado imposto por causa disso. Então o mais correto a fazer é não se emocionar com altas e baixas na bolsa.

O seu patrimônio não é medido no valor da cotação das ações, isso é o que as pessoas querem que você pense, não é a verdade. Se você tem 10% do Itaú, você vai ter 10% do Itaú seja lá qual cotação tiver, o que importa é que a empresa esteja indo bem e lhe pague os dividendos que você tem direito e que dê lucro. Veja agora o quadro dos últimos 10 ano comparando esses índices:

hh
Suiça subiu 44%, Brasil 34% e EUA 80% em 10 anos.

A partir daqui você percebeu que pode diverficar no longo prazo em outros países para se proteger da volatilidade da bolsa brasileira, pra se proteger caso a nossa moeda derreta e também para buscar um crescimento maior da carteira e também diversificar o seu patrimônio no exterior, não é? Isso será assunto para um próximo post.

Grande abraço,
Frugal.

Nenhum comentário:

Postar um comentário